quarta-feira, novembro 14, 2018

A RELAÇÃO ENTRE A DESCONSTRUÇÃO DOS VALORES CRISTÃOS E O NATAL


Vivemos dias extremamente complicados onde de forma acintosa a chamada Nova Ordem Mundial tem tentado desconstruir os valores judaicos-cristãos. Nessa perspectiva tem sido comum encontrarmos na sociedade ocidental uma forte pressão para erradicar das famílias conceitos que até outrora eram inegociáveis. 

Um exemplo claro disso tem sido a desconstrução das chamadas festas cristãs,  e o motivo é obvio: Se a sociedade tem retirado de si os marcos que delineiam suas práticas e comportamentos, automaticamente desconstrói-se a reboque os conceitos oriundos de uma cosmovisão cristã. 

Ora, isso tem sido feito com o NATAL e o pior que alguns crentes tem se deixado levar pela a ideia de que a festa que relembra o nascimento de Cristo, deve ser extinta, contudo, o que esses cristãos não percebem, é que ao agirem dessa maneira, acabam sendo usados como massa de manobra por um sistema absorto em malignidade que tem por objetivo final ERRADICAR tudo aquilo que lembra Cristo e o Cristianismo. 

Querendo ou não, os que odeiam o Natal, precisam entender que ela é uma festa cristã (para ler mais sobre o assunto, clique aqui) e como já escrevi anteriormente o Natal nos oferece uma oportunidade impar em proclamar as verdades eternas de que um "menino nos nasceu..." Ademais, acredito também  que como portadores da Verdade Eterna, devemos aproveitar toda e qualquer oportunidade pra semear na terra árida dos corações a semente da esperança. Jesus é esta semente! Ele é a vida eterna! O Filho de Deus, que nasceu, morreu e ressuscitou por cada um de nós. A missão de pregar o Evangelho nos foi dada, e com certeza, cada um de nós deve fazer do natal uma estratégia de proclamação e evangelização.

Pense nisso!

Renato Vargens
Luciana DeVito disse...

Concordo plenamente! Tenho visto isso muito nos E.U. E aos Cristãos que ajudam ao mundo a erradicar qualquer lembrança do nascimento do nosso Salvador eu digo "se o mundo não o celebra, quem celebrará?" Isso é coisa do inimigo! É óbvio. Devemos manter Cristo no centro das nossas Festas, sem dúvida!

Rodrigo Toni disse...

Concordo plenamente com você, Pastor Renato. Os ataques ao Natal começam de forma sutil, suprimindo a própria palavra "Natal" dos cumprimentos de final de ano. Em vez de falar-se 'Feliz Natal', fala-se boas festas. A supressão do Natal é só mais dos vários fronts da guerra do marxismo cultural contra o cristianismo. Deus nos ajude a lutar contra essa ideologia cuja origem é a mente do diabo.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only