07 constatações de que a igreja divorciou-se da Bíblia


Parte da igreja brasileira está cada mais distante da Palavra de Deus e das verdades nela contida. 

Pensando nisso, resolvi elencar sete constatações de que a igreja deste país divorciou-se das Escrituras, senão vejamos:

1-  A Bíblia deixou de ser a única e exclusiva regra de fé.

2-  A Bíblia foi substituída pelos princípios, doutrinas e conceitos da psicanálise e psicologia.

3- A Bíblia teve o seu ensino relativizado. Nessa perspectiva, ela deixou de ser a inerrante Palavra de Deus, passando a "conter" uma não tão inerrante  Palavra de Deus.

4- A exposição das Escrituras deixou de ter a centralidade no culto.

5- O Estudo sistemático e expositivo das Escrituras perdeu o seu espaço na comunidade da fé, que em nome de uma espiritualidade sensitiva, trocou a Palavra pela música.

6- Nos cultos públicos  os pastores deixaram de ler, pregar e explicar a Bíblia preferindo usar o precioso tempo do culto com teatro, dança e apresentações musicais.

7- Em nome de uma espiritualidade antropocêntrica, o ensino da Bíblia foi mudado, fazendo que o homem seja honrado e não o Senhor Todo-poderoso.

Pense nisso!

Renato Vargens

1 comentários:

Verdade pastor Renato,

A queda da "igreja" foi trocar a Escritura por emoções. E neste emocionalismo desenfreado, vale tudo para somar mais sensações ao portifólio de experiencias e impressões "espirituais".

Em minha congregação certa vez, dois jovens rapazes foram participar do famigerado "encontro com Deus" promovido por uma grande denominação adepta do MDA. Lá nesta denominação tem um cantor que antes atuava no meio secular, e é bem famoso na região. Quando eles retornaram do evento, presenciamos parte das praticas psicologicas, um dizia ao outro: "fecha os olhos, relaxa... agora você está vendo fulano (o referido cantor)" o segundo rapaz respondeu como se de fato estivesse vivenciando os mesmos momentos que tiveram durante o evento.

Fiquei abismado com a falta de discernimento... já não basta mais a hipnose e regressão para o que elea chamam de "quebra de maldições". Agora precisam de hipnose até para gerar o que eles chamam de adoração. Chorei em casa de tanta ira contra a apostasia.

Eles promovem rituais que alegam ser essenciais para a libertação de perdidos e de crentes. Quando as Escrituras nos ensiam a necessidade de conhecer, e a verdade liberta. Primeiramente Cristo é a verdade, e toda Palavra de Deus é verdade. E esta verdade não nos ensina nenhum ritual, antes a cruz de Cristo nos livra do ritualismo.

Na verdade percevemos que estas praticas em ultima analise nem possuem o objetivo final de santificar o povo. Mas de fugir das consequencias do pecado. Ou seja, são apenas formas de buscar conforto terreno.

Cristo e Sua Palavra está sendo ultrajado.

Que Deus tenha misericórdia!

25 de junho de 2016 10:07 comment-delete