Carta de um diabão a um diabinho sobre os apóstolos brasileiros

Por Renato Vargens

Odiado e maldito sobrinho.

Espero que esteja comendo o pão que eu amassei. Desejo a você todo tipo de desgraça e sofrimento, até porque, diabo bom é diabo que sofre e faz a humanidade sofrer.

Amaldiçoado diabinho, precisamos atormentar os filhos do Inimigo. Eu bem sei que não podemos fazer nada contra aquele que morreu na cruz, cujo nome eu não consigo pronunciar. Só de pensar dele sinto calafrios. Argh! Odeio esse nome! Entretanto, podemos infernizar a vida de seus seguidores. 

Tenho pensado em estratégias para isso, e uma boa coisa a ser feita  é influenciar negativamente seus líderes.  Isso mesmo cramulhão júnior, precisamos atacar os pastores e uma forma maquiavélica de fazê-lo é levá-los a cometer o mesmo pecado que o nosso senhor satanás. 

Maldito Coisa Ruim, minha ideia é brilhante! Vamos fazê-los acreditarem que são apóstolos. Se eles acreditarem nisso faremos um grande estrago na Igreja. Leve-os a pensar que possuem autoridade maior que Paulo ( esse homem nos trouxe muitos problemas). Pra a coisa ficar melhor leve alguns deles a pensarem que são mais que apóstolos. Malvado sobrinho, que tal incutir na cabeça de um desses "ungidos" a mentira do patriarcado apostólico? Iludiremos muitos com isso,  caro encapetado do inferno!

Desgraçado capeta, vamos aproveitar que eles não lêem a Bíblia e enganá-los com mentiras e heresias. Para tanto, ordinário filho do cão, vamos induzi-los a acreditarem que os novos apostolos tem poder para amaldiçoá-los, bem como desgraçar suas vidas.

Espero que cumpra com esmero minhas recomendações.

Termino esta carta, desejando todo tipo de maldade,

Com ódio,

Seu tio diabão

Outros posts sobre a "Carta de um diabão:

1-) Carta de um diabão ao seu sobrinho sobre o Natal (aqui)
2-) Carta de um diabão sobre a teologia da prosperidade (aqui)
3-) Carta de um diabão ao seu sobrinho sobre o carnaval ( aqui)
4-) Carta de um diabão ao seu sobrinho sobre o dia 31 de outubro (aqui)
5-) 10 dicas de um diabão a um diabinho para desvirtuar um pastor (aqui)
6-) Carta de um diabão a um diabinho sobre namoro cristão (aqui)
7-) Carta de um diabão a um diabinho sobre missões (aqui)
8-) Exclusivo: Vazou na internet um documento satânico ( aqui)
9-) Carta de um diabão ao seu sobrinho sobre C.S.Lewis e J.R.R Tolkien (aqui


Nota explicativa:

Há alguns anos, o conhecido autor evangélico C. S. Lewis, professor da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, escreveu uma série de artigos sob o título: "The Screwtape Letters" , ou seja, "Cartas do Inferno" , Edições Vida Nova SP, e os publicou no jornal "Guardian", conhecido órgão da imprensa britânica, lá pelos idos de 1940. Depois, essas cartas foram reunidas em um livro com o mesmo título, que se tornou a obra mais popular desse eminente escritor de temas cristãos. Nessas cartas, o autor imagina uma série de conselhos que Roldão, experiente oficial da hierarquia diabólica, envia a seu sobrinho Lusbim, um diabo neófito que recebeu a incumbência de corromper a fé de um homem que se tornara cristão. Visto que, daquela época para cá, tem-se multiplicado as artimanhas satânicas, é lícito imaginar mais alguns terríveis conselhos enviados pelo sinistro oficial ao seu infernal emissário, em plena ação diabólica para desviar os fiéis do caminho estreito. Usando os mesmos personagens, apenas mudamos os nomes, e tomando emprestado o gênero literário do autor mencionado, aqui apresentamos aos amados leitores uma nova carta imaginária, vinda dos abismos infernais.

1 comentários:

Verdadeiramente pastor, a insistência destes de quererem equiparar suas "revelações" ao texto bíblico tornam estes "apóstolos" reprováveis diante do Senhor da seara, principalmente aqueles que ousaram "profetizar" uma data para a volta do Senhor. Esquecendo de se contentar com o que disse Cristo: Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.(Mt 24:36);
Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. (Mt 24:42); Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis. (Mt 24:44); Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir. (Mt 25:13). Então, estejamos vigilantes.

31 de março de 2015 10:53 comment-delete