Mar calmo nunca fez bom marinheiro

Por Renato Vargens

Ninguém gosta de experimentar situações adversas não é verdade? Qual de nós sente prazer em encarar problemas? Ninguém obviamente, mesmo porque, se pudéssemos viveríamos a vida na mais absoluta tranquilidade. Contudo, Deus permite com que enfrentemos mares bravios a fim de que aprendamos a depender exclusivamente dele. 

Pois é, existem momentos na caminhada em que Deus permite com que tempestades venham sobre as nossas embarcações levando-nos a sensação de que devido a nossa fragilidade corremos o risco de naufragar. 

Caro leitor, talvez você esteja passando momentos extremamente difíceis em sua vida, é possível  que os ventos da insegurança estejam dando com impeto contra o seu "barco" trazendo-lhe a sensação de desespero total. Quem sabe você esteja experimentando situações onde a impressão que tem é de que nunca mais desfrutará de momentos alegres e felizes.

Prezado irmão, em meio ao mar bravio quero incentivá-lo a nutrir o coração de esperança, bem como da certeza de que o Deus o qual servimos está acima de tudo e de todos, e que como o sol ele continua brilhando acima de nuvens e tempestades.

Lembre-se: Deus é bom e é na tempestade que aprendemos a ser "bons" marinheiros.

Quem tem ouvidos para ouvir ouça!

 Pense nisso!

 Renato Vargens

3 comentários:

Amém!

Linda mensagem!
Deus te abençoe.

HP
21 de março de 2014 18:18 comment-delete

Amém.

25 de junho de 2015 00:35 comment-delete

Amem

8 de setembro de 2015 16:35 comment-delete