quarta-feira, outubro 30, 2013

O departamento infantil, o descaso da Igreja e algumas dicas àqueles que desejam uma EBD relevante

Por Renato Vargens
Antes de qualquer coisa julgo que seja importante afirmar que não estou generalizando em denunciar  que os departamentos infantis de muitas igrejas encontram-se em crise. Bem sei que existem igrejas sérias que tem desenvolvido um profícuo trabalho com crianças, todavia, também sei que existe um número considerável de comunidades cristãs que tratam nossos pequeninos como estorvo. 
Um claro exemplo disso é a forma com que muitos pastores vem lidando com a estrutura de ensino infantil. Para nossa tristeza e vergonha existem igrejas que não valorizam o ensino bíblico na Escola Dominical, muito pelo contrário, para estes, a EBD não passa de um espaço físico, muitas das vezes mal aparelhado onde as crianças são depositadas. Na verdade, para muitos deste pastores, o objetivo final  em tirar as crianças do culto é não atrapalhar os pais em sua adoração a Deus, bem como desenvolver uma liturgia leve sem os barulhos causados pelas crianças.
Pois é, a consequência direta disso são crianças despreparadas biblicamente, desprovidas de temor e sem o menor conhecimento das doutrinas bíblicas.
Observe por exemplo o que Charles Spurgeon costumava dizer sobre a Escola Dominical Infantil:
"Vejam, suas escolas dominicais são louváveis, mas qual é o propósito delas se vocês não ensinam nelas o evangelho? Vocês reúnem as crianças e as mantêm quietinhas por uma hora e meia, e depois as mandam para casa; mas qual é o proveito disso? Pode dar um pouco de sossego aos pais e as mães, e é por isso talvez, que eles os mandam para a escola; mas todo o verdadeiro bem está naquilo que é ensinado às crianças. A verdade mais fundamental deve ser colocada como a mais importante, e qual será ela se não for a cruz?" 
Prezado amigo, por favor, pare, pense e responda: De que maneira a sua igreja tem lidado com a Escola Dominical Infantil? Por acaso ela tem ensinado as verdades do Evangelho ou tem sido ela um lugar de simples entretenimento? Tem sido ela um lugar pedagógico onde Cristo e sua Palavra são pregados ou um local  em que os pequeninos são despejados e esquecidos?
À luz destes questionamentos ouso afirmar que se fizermos algumas perguntas as crianças que frequentam algumas das nossas classes infantis sobre temas fundamentais a fé cristã como salvação, pecado, condenação eterna, Cristo,  além de outros mais, constataremos que parte delas não conseguirão responder com propriedade em virtude do desconhecimento das Escrituras.
Isto posto, gostaria de dar algumas dicas àqueles que desejam uma Escola Dominical infantil relevante:
1- Prepare, treine e forme professores capazes de ensinar as Escrituras;
2- Invista em material didático de boa qualidade doutrinária;
3- Conscientize sua igreja de que criança não é estorvo e que deve ser tratado com dignidade e respeito;
4-  Invista em salas de aula com qualidade e conforto;
5- Valorize o professor;
6- Incentive aos pais a apoiarem o trabalho desenvolvido pela igreja na educação religiosa de seus filhos;
7- Promova a integração entre Igreja, família e crianças;  levando a todos os membros da Igreja a entenderem que o culto infantil é tão importante quanto o culto no templo.
Pense nisso!
Renato Vargens
Renato Abreu disse...

Excelente Pastor Renato, um dos maiores problemas para minha comunidade é encontrar material de boa qualidade, que ensine sobre Cristo, a Cruz , a salvação, a condenação e outros temas bases para a fé cristã. O senhor teria fontes para nos indicar? Agradeceria muito.
Forte abraço.
Em Cristo.

https://www.facebook.com/renato.aopedaletra?ref=tn_tnmn

Bruno Barroso disse...

www.brunobarroso.com

oitavaigreja/ministérioinfantil

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only