Uma mensagem de bom dia a todos aqueles que estão preocupados


Por Renato Vargens

Há pouco recebi a foto de um alpinista dormindo tranquilamente pendurado por cabos no alto de uma montanha. Confesso que fiquei impressionado com a tranquilidade do rapaz. A fotografia nos mostra que mesmo diante do perigo eminente, o moço dormia o sono dos justos na mais absoluta paz.

Caro leitor, por muito menos nós perdemos o sono não é verdade? Quantas não as vezes que somos vencidos tanto pelo medo como pela ansiedade, não é mesmo?

Pois é,  o "sono"" do alpinista nos ensina algumas coisas, das quais pontua pelo menos duas:

1-) Mesmo diante do perigo precisamos aprender a confiar em Deus.

2-) Mesmo diante da  possibilidade da morte, somos desafiados a descansar no Senhor.

Isto posto, lembre-se que Cristo é aquele que cuida de cada uma das nossas necessidades, sustentando-nos e tomando-nos em seus braços de amor e misericórdia. 

Que o Senhor lhe conceda um dia de paz! 

"como se avoluma o número dos meus opressores, numerosos os que se rebelam contra mim! São muitos os que dizem a meu respeito: Deus jamais o socorrerá! Mas tu, SENHOR, és o escudo que me protege, minha glória e o que me ergue a cabeça. Em alta voz eu clamo ao SENHOR, e do seu monte sagrado ele me responde. Eu me deito e logo adormeço. Desperto de novo, pois é o SENHOR que me sustém. Não temo os milhares de inimigos que me cercam por todos os lados. Ergue-te a meu favor, SENHOR! Salva-me, Deus meu! Quebra o queixo de todos os meus inimigos, e arrebenta os dentes dos ímpios. Do SENHOR vem a salvação! E sobre aqueles que são teus, a tua bênção"(Salmos 3)
Senhor, muitos são os meus adversários! Muitos se rebelam contra mim!
São muitos os que dizem a meu respeito: "Deus nunca o salvará! " Pausa
Mas tu, Senhor, és o escudo que me protege; és a minha glória e me fazes andar de cabeça erguida.
Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde. Pausa
Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém.
Não me assustam os milhares que me cercam.
Levanta-te, Senhor! Salva-me, Deus meu! Quebra o queixo de todos os meus inimigos; arrebenta os dentes dos ímpios.
Do Senhor vem o livramento. A tua bênção está sobre o teu povo. Pausa

Salmos 3:1-8
Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.
Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)
Porém tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
Com a minha voz clamei ao Senhor, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)
Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou.
Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.
Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.
A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.

Salmos 3:1-8
Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.
Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)
Porém tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
Com a minha voz clamei ao Senhor, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)
Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou.
Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.
Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.
A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.)

Salmos 3:1-8
Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.
Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)
Porém tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
Com a minha voz clamei ao Senhor, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)
Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou.
Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.
Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.
A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.)

Salmos 3:1-8

Pense nisso!

Pr. Renato Vargens

3 comentários:

Me levantei agora 1h 11m porque não estava conseguindo dormir, esta leitura venho bem a calhar, vou ler um pouco a Bíblia e voltar a deitar e confiar no Senhor.

20 de agosto de 2013 01:12 comment-delete

Amém!

20 de agosto de 2013 01:35 comment-delete

Sabe Pastor Renato!...
Eu queria colocar como comentário algo que me foi como desabafo depois de um longo tempo de angustias das mais profundas...

Acredito que vai ajudar a quem o ler.

********

Hoje eu me sinto como alguém que lutou desesperadamente para não se afogar, mas ao perder suas forças, permitiu que alguém mais capacitado o resgatasse.

Esta é a condição que eu me encontro em relação a Deus.
Ele me tirou do mais terrível poço de angustia!...

A ansiedade em ver meus sonhos realizados, prejudicaram em muito a minha maneira de ser e de viver, e por mais que tivesse a plena consciência de que Deus sempre tem tudo sobre controle, subjetivamente e até mesmo de forma inconsciente, neutralizava a eficácia deste mesmo Deus ao valorizar muito mais os meus problemas do que a capacidade de Ele resolvê-los.

Como pude viver tanto tempo sobre este cadafalso cuja corda apertava-me o pescoço à medida que eu o forçava a abrir sobre os meus pés?

Minhas idéias, minhas convicções infantilmente sobrepujavam a hegemonia soberana de Deus que por causa disto sucumbia-se as minhas ilusões que se convertiam em frustrações desilusões...

Era como ser eu tentasse a todo tempo nadar contra uma enorme correnteza que arrastou o meu barco para o meio do mais funesto mar de angustias até que submergido senti a minha vida se esvair paulatinamente.

Hoje, envergonhado, após sentir as potentes mãos me soerguer encostei-me tímido e tremulo no canto do barco que é a minha vida e vejo Deus, o meu Senhor Jesus Cristo tranquilamente firmemente segurando o leme guiando-o, para onde eu não sei!

Mas não me importa...

Aprendi a lição!

20 de agosto de 2013 22:16 comment-delete