Uma breve consideração sobre a chamada "cura gay"

Por Renato Vargens

Parte da imprensa está sendo extremamente tendenciosa quanto ao sentido e significado daquilo que chamam de "Cura gay". 

Antes de qualquer coisa  é necessário com que entendamos o Projeto de Lei em si. Na verdade, o PDL 234/2011 não faz nenhuma referência a cura, mesmo porque, a homossexualidade não é uma doença e sim um comportamento aprendido. Portanto, a imprensa ao chamar o projeto em questão de “cura gay” o faz de forma tendenciosa mentindo descaradamente  tentando com isso manipular a opinião da população brasileira. 

Isto posto, vamos aos fatos:  o que o projeto diz é que o Conselho Federal de Psicologia não pode  impedir que psicólogos ajudem os homossexuais que decidirem por vontade própria pedir ajuda sobre a sua sexualidade. 

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? Nenhuma entidade de classe profissional, religiosa ou quem quer que seja, pode tolir uma pessoa de buscar ajuda se ela assim desejar e decidir. O que o Conselho Federal de Psicologia tenta fazer ao impedir com que psicólogos tratem de homossexuais  é uma afronta a Constituição Brasileira. 

Por favor, pare, pense e responda: Por que um heterossexual pode pedir ajuda a um psicólogo sobre sua sexualidade e um homossexual não? Ora, um heterossexual pode buscar ajuda psicológica para "assumir" sua homossexualidade, mas um homossexual não pode fazê-lo para sair dela? Dois pesos, duas medidas?  É isso?  

Prezado amigo, cada um é o que quer. As pessoas são livres para fazerem o que quiserem na vida, no entanto, elas não possuem o direito de cercear a vontade daqueles que desejam por exemplo abandonar a homossexualidade. Portanto, o PDL não  trata de uma cura gay e sim de permitir a quem quer que seja o direto de ser ajudado profissionalmente. 

É isso!

Renato vargens

17 comentários:

"Parágrafo único - Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.

Art. 4° - Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica."

26 de junho de 2013 12:25 comment-delete

Sim caro Rodolfo e esses artigos são inconstitucionais pois isso esse projeto vem a derrubar esse artigo e paragrafo unico.

26 de junho de 2013 12:39 comment-delete

Isto nem é iniciativa do Pr. Marcos Feliciano, os oportunistas da imprensa estão com malícia nesta causa.

26 de junho de 2013 13:43 comment-delete

É muito importante este esclarecimento pois tenho visto muitos, sem conhecimento de causa, destilarem seu ódio contra o referido pastor e o projeto. Recentemente Mara Maravilha, em um programa televisivo defendeu a posição do Pastor Marcos Feliciano e no outro dia recebeu uma chuva de xingamentos e ofensas por manifestar sua opinião. Precisamos estar atentos e com o senso critico apurado para não sermos levados por reportagens tendenciosas.

Abraços Pastor!

26 de junho de 2013 14:14 comment-delete

O x da questão e se existe comprovação cientifica de qual é a origem da homossexualidade? Que eu saiba não, existe muita especulação sobre o assunto, muito acreditam que seja de origem genética, mas não é comprovado, e outros acreditam que seja algo aprendido, e outros por ambos.

Então como o Conselho Federal de Psicologia, arbitra sobre os psicologo algo que não é comprovado cientificamente?

26 de junho de 2013 14:34 comment-delete

Livia,

Homossexualidade não é doença e sim um comportamento. A proposta não é curar ninguém e sim oferecer ajudar terapeutica a todo aquele que pedir e necessitar.

Isso é muito claro.

Pr. Renato Vargens

26 de junho de 2013 14:37 comment-delete

Rapaz, comportamento aprendido !? você esta viajando? você é hétero porque viu seu pai com a sua mãe ou porque você sente atração por uma mulher ? A grande maioria dos Homossexuais tem pais héteros então eles aprenderam a ser gays na rua ? Psicólogo nenhum vai "tirar" alguém da homossexualidade, isso é tão escolha pra o homossexual quanto o seu heterossexual é uma escolha pra você. Por favor pare de tentar defender algo que é apenas uma desculpa para tratar algo natural como uma doença mental.

26 de junho de 2013 18:22 comment-delete

Gabriela,

Vc não entendeu nada! Se preferir eu desenho.

Renato Vargens

26 de junho de 2013 20:01 comment-delete

Acontece que não existe "sair" da homossexualidade. Ou se é, ou não é. A homossexualidade é uma condição natural do ser humano, assim como acontece com muitas outras espécies. Faz sentido um heterossexual (de fato) procurar ajuda psicológica porque simplesmente quer deixar de ser hétero. Não. O que os psicólogos devem fazer não é ajudar o homossexual a "virar" hétero porque ele quer. O que deve acontecer é a ajuda para o indivíduo se aceitar do jeito que é. Ajuda para que ele veja que não há absolutamente nada de errado com ele. Homossexualidade não é tratável, amigo. O que é tratável é a aceitação, é o fazer o outro ver que não há nada melhor do que ser você mesmo.

27 de junho de 2013 01:30 comment-delete

Desenhar é preciso...

27 de junho de 2013 08:35 comment-delete

a palavra de Deus nunca tratou a homossexualidade como sendo uma doença, nem tão pouco trata como uma opção de escolha e sim como uma questão da depravação total por conta da natureza humana. A bíblia trata do homossexualismo da mesma forma que trata do adultério, da mentira, da fofoca da idolatria etc, ou seja, a biblia trata homossexualismo como um pecado. Pecado não tem cura, pecado se luta contra ele. Sabe meus amados, o assunto hamartiologia deveria ser levado mais a sério no meio Cristão no qual vivemos. Deveriamos tratar o assunto em nossos pulpitos a ponto de vermos as pessoas que frequentam nossas igrejas, sairem de lá com uma unica certeza; sou um pecador miserável e preciso desesperadamente de Cristo para ser salvo. Eles deveriam entrar na porta já se sentindo pecadores e sairem de lá com seus corações arrependidos e dispostos a se estregarem a nova forma de doutrina que a palavra de Deus nos orienta. Temos que tratar homossexualismo como sendo um pecado, jamais como um doença.

27 de junho de 2013 12:09 comment-delete

Artigo sobre o que se quer perpetrar contra a liberdade individual.

http://alexprocesso.wordpress.com/2012/05/20/famoso-psiquiatra-pede-desculpas-por-estudo-sobre-cura-para-gays/

27 de junho de 2013 12:26 comment-delete

Citação retirada deste artigo: http://alexprocesso.wordpress.com/2012/05/20/famoso-psiquiatra-pede-desculpas-por-estudo-sobre-cura-para-gays/
Cabe agora a todos lerem e tirar suas próprias conclusões. Mas sem desonestidade intelectual, por favor!

"Famoso psiquiatra pede desculpas por estudo sobre “cura” para gays

O fato foi simplesmente que ele fez tudo errado, e ao final de uma longa e revolucionária carreira, não importava com quanta frequência estivesse certo, o quão poderoso tinha sido ou o que isso significaria para seu legado.

O dr. Robert L. Spitzer, considerado por alguns como o pai da psiquiatria moderna, que completa 80 anos nesta semana, acordou recentemente às 4 horas da madrugada ciente de que tinha que fazer algo que não é natural para ele.

Ele se esforçou e andou cambaleando no escuro. Sua mesa parecia impossivelmente distante; Spitzer sofre de mal de Parkinson e tem dificuldade para caminhar, se sentar e até mesmo manter sua cabeça ereta."

27 de junho de 2013 12:30 comment-delete

“Você sabe, é o único arrependimento que tenho; o único profissional”, disse Spitzer sobre o estudo, perto do final de uma longa entrevista. “E eu acho que, na história da psiquiatria, eu não creio que tenha visto um cientista escrever uma carta dizendo que os dados estavam lá, mas foram interpretados erroneamente. Que tenha admitido isso e pedido desculpas aos seus leitores.”

Ele desviou o olhar e então voltou de novo, com seus olhos grandes cheios de emoção. “Isso é alguma coisa, você não acha?”

A ciência é uma ferramenta poderosa, mas feita por homens e não deuses! Quando é pra legitimar preconceitos e ideologias, apegam-se a ciência, mas quando ela segue seu curso natural e se corrige, a ignoram. ISSO é desonestidade intelectual.

27 de junho de 2013 12:34 comment-delete

E DOENÇA SIM!´E DOENÇA SIM! MAS NÃO DE NATUREZA GENÉTICA E NEM PSICOLÓGICA E SIM ESPIRITUAL.É PECADO E POR ISSO JESUS DECLAROU: "OS SÃOS NÃO PRECISAM DE MÉDICO E SIM OS DOENTES. EU NÃO VIM CHAMAR JUSTOS, MAS PECADORES, AO ARREPENDIMENTO."

28 de junho de 2013 08:56 comment-delete

Homossexual é uma coisa, homossexualidade é outra!

se vcs soubessem ler, n escreveriam tantas besteira sobre um assunto o qual vcs n tem nenhum respaldo para falar!

2 de julho de 2013 14:16 comment-delete

saint spirit

Aponte cada besteira que existe no post em vez de ficar usando truquezinhos e argumento ad hominem ok?

12 de julho de 2013 12:26 comment-delete