Carta aberta a presidente Dilma Rouseff

Por Renato Vargens

Prezada presidente Dilma Rousseff,

Ontem eu assisti com grande expectativa o seu pronunciamento a população brasileira. Confesso que torci para que  a senhora obtivesse êxito em seu posicionamento, todavia, para minha tristeza, a senhora não conseguiu convencer o povo brasileiro de sua capacidade de controlar, bem como reverter a crise política que tomou conta de nossa nação.

Presidente, (recuso-me chama-la de presidenta) o seu discurso foi no mínimo infeliz. Ora, a senhora até começou bem, no entanto, com o desenrolar da sua fala confesso que fui tomado por uma profunda inquietação, mesmo porque, suas colocações e percepções foram no mínimo descabidas. Por favor, pare, pense e reflita, a senhora verdadeiramente acredita que o problema encontra-se no fato de termos poucos médicos no Brasil? Cara Dilma, a quantidade de médicos não é o nosso maior problema e sim a forma com que o seu governo tem tratado a saúde. Médicos nós temos e os temos aos borbotões, o que não temos são equipamentos públicos de qualidade. E  quanto a educação? Sinceramente a senhora foi simplista demais em afirmar que resolverá o problema da educação brasileira com os royalties do petróleo. Ora, todos sabemos da complexidade do tema e vamos combinar uma coisa? A senhora tirou a responsabilidade de si mesma e jogou para o Congresso Nacional. 

Prezada Dilma, senti falta em seu discurso de posturas mais firmes. Por que a senhora não falou da PEC 37? Por que não se posicionou contra essa aberração que o congresso nacional deseja impor ao povo brasileiro? E a corrupção? Senti falta no seu pronunciamento de um combate mais efetivo a essa corja engravatada que insiste em roubar a nação. Por que a senhora não falou contra os mensaleiros e os crimes cometidos? E mais, por que a senhora não falou toda a verdade sobre os gastos com a construção de estádios para a Copa do Mundo? 

Cara presidente, lamento profundamente os rumos tomados pelo seu governo. Infelizmente o Brasil possui uma das taxas tributárias mais altas do mundo; nossos serviços públicos são da pior qualidade; nossa educação é pífia; nossos hospitais falidos; nosso Congresso nacional ou caso prefira “casa de tolerância” é um dos mais inoperantes de todo planeta, onde dia após dia se multiplicam o número de escândalos fazendo-nos ruborizar diante de tanta desonestidade.

Presidente, termino essa missiva afirmando que tenho orado pela senhora e rogado ao Eterno para que lhe conceda sabedoria diante do momento nevrálgico que vivemos, no entanto, suas atitudes, bem como os rumos defendidos pelo seu governo apontam para o fato inequívoco de que o seu governo caminha para um nostálgico fim.

Renato Vargens 

6 comentários:

Quanta sabedoria nas palavras, pastor!
Que Deus continue iluminando seus passos...

22 de junho de 2013 14:52 comment-delete

Parabéns Pastor!
Faço de suas palavras o desejo de milhões de brasileiros!

23 de junho de 2013 00:23 comment-delete

APESAR DE TER PÂNICO, MEDO E REVOLTA DE PESSOAS QUE DIZEM SABER A VONTADE DE DEUS, E NÃO SEJA MUITO DE DEFENDER "PASTORES" NEM SUAS "OVELHINHAS",ADMITO QUE TENS SÁBIAS PALAVRAS E POSICIONAMENTO. PARABÉNS! TALVEZ SE TODOS OS LIDERES RELIGIOSOS, DEFENDESSEM E SE UNISSEM EM PROL DE CAUSAS MAIS HUMANITÁRIAS, AO INVÉS DOS PRÓPRIOS INTERESSES, ESTARÍAMOS EM CONDIÇÕES MELHORES EM TODO O PLANETA.

23 de junho de 2013 12:33 comment-delete

Mano,

Sabedoria, lucidez, coragem e mansidão.

Vc conseguiu sintetizar com elegância o que todos os cristãos, e não cristãos, de bem, pensam.

Obrigado pelo texto.

23 de junho de 2013 13:44 comment-delete

Faltou responsabilizar tb o governo anterior, a política partidária que defende todos esses equivocos, a subserviência ao seu mentor político, e em qq referência, a mim me ojeriza chama-la não apenas de presidenta, mas de cara e prezada, tratamentos imerecidos por ela. As soluções em que calcou seu discurso demonstram que ela acha que tudo que esta fazendo esta certo, então não há esperança para ela nem para o PT e para a escumalha da base aliada que lhe dá suporte.

23 de junho de 2013 18:23 comment-delete

Parabéns pela sua colocação pastor. Faço minhas as suas palavras.
Vamos unir forças em oração para que os nossos governantes sejam tocados por Deus e tenham temor de Deus para governar o País. Com essa carta (e espero sinceramente) que Sr. Dilma tenha lido e ficado corada de vergonha por tentar fazer os seus compatriotas de tontos.
Obrigada pastor.
Helenive Maria Viveiros Freire
Itu/SP - Igreja comunidade Evangélica Vínculo da Paz.

23 de junho de 2013 21:12 comment-delete