Uma mensagem para aqueles que estão divorciados de seus pais

Por Renato Vargens

Amanhã é dia dos pais. Milhões de pessoas em todo Brasil desfrutarão de um dia especial em família juntamente com seus pais. Todavia, um número incontável de pessoas passarão esta data longe de seus genitores, não porque estes morreram, mas sim pelo fato de estarem brigados ou por se sentirem magoados em virtude de alguma coisa acontecida no passado.

É possível que ao ler este texto o seu coração esteja encharcado de mágoa e decepção pelo fato do seu pai ter sido ausente nos momentos mais difíceis de sua vida. Talvez, você esteja dizendo consigo mesmo, meu pai não me entende e eu não entendo ele, conviver com ele é impossível. 

Pois é,  será que você já parou pensar que seu pai não é culpado de todos os seus problemas? Já se deu conta que talvez você também tenha culpa no cartório e que talvez seja necessário que você se aproxime dele oferecendo-lhe amor, carinho e perdão?

Caro leitor, a vida é efêmera e passa com uma rapidez enorme e talvez sem que você se perceba ela chegará ao fim, e aí será tarde demais para se reconciliar com seu pai.

Diante disto lembre-se daquele que o poeta disse: "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã."

Pense nisso e se reconcilie com seu pai, Cristo será glorificado nisso!

Renato Vargens


0 comentários: