Torcer pra um time de futebol é coisa do diabo?

Por Renato Vargens

Hoje, logo ao final do jogo entre Vasco e Botafogo recebi o seguinte comentário no meu  Facebook de uma leitora que recriminava meu gosto pelo esporte: -"Pastor peça para o Senhor te mostrar a entidade demoníaca que está a frente dos times de futebol."

Como é que é? Pensei com meus botões: Demônio do futebol?

Pois é, sinceramente eu não sei mais o que esse povo vai inventar. Infelizmente alguns evangélicos têm promovido ensinamentos absolutamente antagônicos as Sagradas Escrituras. Tais pessoas movidas por uma espiritualidade esquizofrênica atribuem o bem a Deus e o mal a Satanás. Para elas o mundo se divide em duas partes, cujos governantes são Deus e o diabo. Os que creem nisso, ensinam que tanto Deus como o Coisa Ruim, possuem poderes independentes, e como titãs que são, lutam pelo domínio do universo. Para estes, o mundo também foi dividido entre o bem e o mal, cujos ambientes apontam para o domínio e senhorio de Deus ou de satã. Nesta perspectiva, o templo é santo, o teatro pagão, a casa de show lugar de promiscuidade, e o estádio de futebol morada do capeta.

Volta e meio ainda ouço alguém dizer que o esporte tal é o do Capeta e que crente que é crente não se contamina com manjares do cão. Segundo estes, um cristão verdadeiro jamais irá assistir a um jogo de futebol, até porque, aquele lugar é antro de pecado.

Segundo esta perspectiva tudo aquilo que não esteja aparentemente relacionado com o sagrado é espúrio. Em outras palavras, os adeptos do dualismo cristão preferem viver a vida em guetos espirituais, “satanizando” tudo aquilo que Deus nos deu para o prazer.

Caro leitor, praticar futebol, assistir um jogo no estádio, ou torcer por um clube de futebol não é pecado, e nem tampouco ofende ao Criador. As Escrituras nos ensinam que somos seres inteiros e livres, e como tais somos chamados a viver uma devocionalidade equilibrada e saudável. É claro, que não convém no domingo você deixar de ir ao culto de sua igreja para ir ao Maracanã, entretanto, não existe nenhum problema em celebrar a vida, a família e os amigos indo ao estádio torcer pelo seu time do coração em datas alternativas.

Infelizmente o dualismo dos evangélicos “ budificou” a existência, transformando qualquer atividade que se faça fora da igreja como pérfida e sem “graça” . Sem que percebamos parte da Igreja de Cristo demonizou todo tipo de lazer, excluindo da agenda da fé qualquer atividade que possa implicar em risos, festas e celebração.

Prezado amigo, Cristo não nos escraviza nem tampouco nos aprisiona em um mundo burrificado onde a festa e a alegria é proíbida. Antes pelo contrário, por sua graça somos livres e não precisamos mais viver manietados a dogmas e conceitos do farisaísmo moderno.

A Ele toda glória!

Renato Vargens

32 comentários:

bom post pastor, é triste ver o rumo que as coisas tomaram...
fica na Graça e na Paz pastor...

Michael
29 de abril de 2012 23:21 comment-delete

Diabólica é a proporção que a "paixão" do brasileiro toma em algumas situações! Não devemos deixar de admitir o fato de que o diabo tem "aproveitado" de toda a devoção que é dedicada a qualquer outra "coisa" que ocupe o lugar de Deus no coração do ser humano! Satanás toma para si toda a adoração idólatra que esteja disponível! Valendo-se inclusive algumas vezes do sacrifício humano! Se você analisar "friamente" os acontecimentos sem o zelo de quem é torcedor verá que a cada partida temos um grande ajuntamento que proclamam toda a sua devoção a um time e adoram durante noventa minutos seus "ídolos", eventualmente alguém tem sido sacrificado ao final! Quem estaria mais satisfeito com tudo isso? Sem contar os ídolos e seus patrocinadores responsáveis "espetáculo", que estão com suas contas recheadas? Todos merecemos momentos de lazer saudáveis, mas isso não deve nos tornar tão céticos a ponto de negar aquilo que acontece bem diante de nossos olhos!

30 de abril de 2012 00:44 comment-delete

A pessoa tem que esta muito bem preparado para saber separar as coisas, pois o gosto exagerado, ou amor em demasia, pode se transformar em idolatria.

Anônimo
30 de abril de 2012 07:27 comment-delete

Meu amigo, nem evangélico sou, mas acho que o futebol assim como todos os esportes são coisa do diabo, tentando ele colocar o esporte no lugar de Deus, pesquise sobre o real significado do futebol, vc verá que ele teve suas origens fundadas na marçonaria, quando uma bola entra naquela panorâmica representa algo totalmente repugnado por Deus, Pesquise, veja bem que numa partida, quantos palavrões são falados e que tipos de sentimentos nós é despertado em determinados momentos do jogo, como Deus pode ao mesmo tempo fazer alguns felizes e outros tristes? acho uma tremenda falta de conhecimento de um jogador marcar um gol e oferecer o mesmo há Deus, como se ele fosse Deus apenas dele e não dos demais adversários, há ai uma brecha para que o senhor reflita um pouco. Abraço a todos, fiquem com a paz do Eterno!!!

30 de abril de 2012 09:13 comment-delete

Creio que assistir futebol , ir há um estádio não é pecado . Mas ir ao estádio de futebol creio que não é bom , ravenhill disse uma vez , há muita profanação . Gosto muito de ftebol também , mais acho meio perca de tempo ficar assistindo essas coisas , como nós comos Cristãos temos que andar remindo o tempo poderiamos gastar este tempo assistindo futebol , com coisas mais importante oração estudo biblico e etc... Não que seja pecado ou alguma coisa demoníaca , mas bem poderiamos está fazendo coisas bem mais proveitosas e úteis para edificar um a outro e glorificar a Deus .

30 de abril de 2012 09:34 comment-delete

Alguns pontos interessantes a perceber a partir da perspectiva do José :

- Sobre a origem do futebol, se a informação (que eu desconheço) confere, deve-se também aceitar que pastores precisam, urgentemente, abolir as gravatas, posto que estas foram criadas para identificar homossexuais na frança;

- Sobre o que acontece nos estádios, mantendo o mesmo raciocínio, precisamos, urgentemente, tirar todas as crianças cristãs das escolas, tendo em vista as atrocidades que acontecem em TODAS!

- Já sobre o fato de Deus deixar uns alegres e outros tristes, é uma afirmação tão infeliz que eu nem vou comentar... Mas e preciso lembrar que Deus não é técnico, jogador ou dirigente de clube algum!

Forte abraço e Deus continue nos abençoando e permitindo que cresçamos juntos através das nossas diferenças.

"Se discordas de mim, me enriqueces". Dom Helder Camara

30 de abril de 2012 14:48 comment-delete

Certa vez um cristão chinês viajava em um trem. Naquele vagão alguns homens jogavam cartas e faltava uma pessoa para a partida. Chamaram aquele cristão para participar. O homem crente respondeu:
- Não posso. Não estou com minhas mãos.
- Como?! Você está zombando conosco?
O homem cristão passou então a explicar-lhes que ao ser comprado pelo Sangue de Jesus Cristo ele já não pertencia a si mesmo, mas ao Mestre.
Penso que a discussão pode ser mais interessante ao se considerar esse princípio: Gl 5,13 - I Co 8, 9 - I co 7,35 - Rm 14,22

Francisco
30 de abril de 2012 14:49 comment-delete

Confesso ficar surpreso com o envolvimento do Renato Vargens com futebol não imagino um reformado como Augusto Nicodemos com este envolvimento, logico que não é do diabo o futebol é criação de homem, apenas não convém a um santo, se envolver de tal forma, falo com propriedade porque já sai dos campos de futebol.

30 de abril de 2012 14:56 comment-delete

Elke e José Vieira,

Desculpe se o decepcionei, no entanto, como afirmei não vejo nenhum problema em torcer para um time de futebol. Ha! Vamos combinar uma coisa? Pergunte aos reformados se veem problema nisso! Outra coisa: Quando tiver tempo pergunte ao Rev. Augustus Nicodemus, que time ele torce.

Abraços,

Renato Vargens

30 de abril de 2012 15:00 comment-delete

Diante de alguns comentários aqui feitos, tenho temido pelo futuro dos cristãos deste país!

Liberdade é castração para eles!

Uma boa lida do livro de Gálatas e Romanos, já ajudaria!

Auto-Salvação e Auto-Justificação enojam o Senhor!

Deus nos livre desta turma...

30 de abril de 2012 16:22 comment-delete

Não tenho nada contra quem gosta de futebol,mas acho que temos que ser equilibrado,outro dia o senhor postou no face a frase " que venha a cachorrada" ao meu ver não pega bem para um Pastor de tamanha responsabilidade, como o senhor,isto posto digo que lhe acompanho e gosto muito de sua teologia. em Cristo Israel Correia.

2 de maio de 2012 16:15 comment-delete

Israel,

Agradeço seu comentário, todavia, preciso fazer ma resalva. Cachorrada não é um apelido pejorativo. Deixe-me explicar porque. Então, o botafogo durante muitos anos teve como mascote um cachorro.O nome do animal era Biriba http://pt.wikipedia.org/wiki/Biriba, daí os torcedores do Botafogo serem gentimente de cachorrada. Em São Paulo os torcedores do Palmeiras são porcos, em Minas os do Cruzeiro são raposas, do atlético do Galos, e do América Coelhos. Entendeu?

Abraços,

Renato Vargens

2 de maio de 2012 20:47 comment-delete

Blz meu Pr.Explicado não sabia desse detalhe, sou do NORDESTE e mais ASSEMBLEIANO por mais que agente tente muitas vezes nossas raizes falam mais alto,entendo um pouco de contexto cultural,por isso não me assusto tanto.E a doutrina reformada é de fato a mais correta. Graça e Paz.

2 de maio de 2012 23:39 comment-delete

"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém".

Embora o futebol não seja em sí pecado, pois praticar esporte é benéfico, a influência e o poder que o futebol tomou neste país é equivalente às arenas romanas. Eu pessoalmente não gostaria que meu filho fosse influênciado por muitos ídolos do futebol atual. Muitos desse ídolos tão admirados do futebol deixam muito a desejar como homens, pais, filhos, e até mesmo como profissionais, se envolvendo muitas vezes com todo tipo de marginalidade. Não são admirados só pelo seu bom futebo, mas por não respeitarem as mulheres, não respeitare, seus filhos e suas famílias. Posso citar recentes epsódios lamentáveis. como goleiro que fatiou namorada e jogou para os cãoes, jogadores envolvidos com traficantes, jogadeiros bêbados envolvidos em acidentes de carro, jogador envolvido com travestis, e até mesmo muitos que não conseguem um bom desempenho profissional por ter uma vida pessoal totalmente desregrada. Não vejo em muitos deles, bom exemplo bom exemplo para nossos garotos. Mas o esporte, em sí, eu aprovo, pois faz bem à saúde e diverte.

O simples fato de usarem a palavra "ídolo" já demonstra que há idolatria, que é pecado. O futebol é uma grande idolatria brasileira que preciça ser derrubada.

11 de maio de 2012 23:26 comment-delete

O Rev. Nicodemus deve torcer pelo Sport Recife. Mas Pr. Renato tudo bem que não seja pecado, mas torcer pelo flamengo é mais que uma abominação! Kkk

Um abraco.

4 de maio de 2013 02:06 comment-delete

Criticamos os católicos por adorar seus idolos,e indiretamente adoramos os santos padroeiro dos times q torcemos.Expliquem isso ai?

26 de setembro de 2013 20:53 comment-delete

Quais são os santos padroeiro de cada time?Criticamos os católicos por adorar imagens,e quem torce para um time,está adorando seus santos ocultamente.

26 de setembro de 2013 20:56 comment-delete

hipocrisia querer tal porcaria sirva p/ um cristão

4 de outubro de 2013 22:48 comment-delete

Um ambiente de idolatria ,de xingamentos ,ofensas ,apostasias ,violencia ,de mentiras com certeza é otimo p/o cristão vc esta de parabens com esta doutrina !Foge da aparencia do mau e eu concordo com a irmã até nisso o crente é idolatra se ja nao bastasse os cantores !A Paz

4 de outubro de 2013 22:54 comment-delete

Marciano, de fato percebo que não és deste planeta.

Deus o abençoe!

Pr. Renato Vargens

5 de outubro de 2013 00:01 comment-delete

Me desculpa pastor, mas o crente que se preocupa em SALVAÇÃO DE ALMAS não estaria argumentando sobre futebol, e nem tão pouco criando um blog para abordar este assunto...
como você vai ganhar almas para o reino de DEUS dizendo que não tem problema em torcer para um time de futebol ?
como vai acontecer CONVERSÃO DE ALMAS ?
Como seremos imitadores de Cristo, como a palavra pede ?

JESUS ou os apóstolos formavam um timinho para praticar esporte ? Ou está na Bíblia que Jesus deixou o futebol e as concupiscência da carne para aproveitarmos ?
procure o significado de concupiscência no dicionário !

Vejam o que diz em 1 João 2:15-17;
Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.
E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

O FUTEBOL NÃO É BÍBLICO !

CUIDADO IRMÃOS ! Se JESUS voltar e você estiver em um estádio de futebol torcendo, perigoso você ficar ! A não ser se estiver pregando...

Podem me chamar de quadrado ou do que quiser, mais o Espírito Santo de DEUS é uma pessoa e o mais, é SANTO !
Por favor, respeitem a DEUS DE VERDADE meus irmão, e pastor, dobra o seu joelhinho 1 horinha por dia e se puder sobe o monte para orar que você vai descobrir se Jesus se agrada disso !

LARGA MÃO DESSE NEGÓCIO CRENTE !
E mais uma coisa, crente que fica brabo, tem que orar e pedir misericórdia pra JESUS !

A gloriosa paz do SENHOR JESUS !



14 de abril de 2014 14:23 comment-delete

O marciano está certo...e você também pastor !
Como vamos estar perdendo o tempo idolatrando times sendo que podemos estar orando !
E ele não pertence a este mundo, mais sim ao reino do céus !
Você precisa é de uma boa e tranquila leitura bíblica...
Creio que se alguém apontar a arma para você, te ameaçando, acho que você até chora !
veja o que Paulo diz em Filipenses 1:21

"Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho."

14 de abril de 2014 14:51 comment-delete

Marlon

Jesus não formava time para jogar futebol porque na época dele o futebol não existia... assim como não existia a internet. Portanto, pelo seu raciocínio QUADRADO, ninguém aqui, incluindo você, está sendo imitador de Cristo por acessar esse blog, pois "não estava na bíblia que Jesus acessava a internet". Eu exerço a minha fé e torço para meu time, sem temer ser castigado por Deus, pois é errado termos em mente a imagem de um Deus punidor, pois Ele é amor e não vingança.

Então, pense antes de lançar mão de alguns tipos de argumento.

2 de maio de 2014 03:43 comment-delete

Respeito sua opinião, porém fico com a Bíblia, e apesar de não existir futebol nem internet, você acha que se fosse da vontade de Deus, Ele não teria capacidade de inventar uma bola no antigo testamento e mandar Moisés disputar a liberdade do povo de Israel com faraó num jogo de futebol, e quem ganhasse ficaria com o povo ?
Hoje a internet, tv e rádio são meios de comunicação, que na Bíblia fala que a ciência iria se expandir, porém Deus manda Paulo escrever em 1 Coríntios Capítulo 9 e Versículos 24 e 25: fala para corrermos como atletas, mas atrás da coroa incorruptível, e não corruptível ! E o que você acha disso? Deus se agrada com o investimento da copa e os miseráveis que estão por trás disto, enquanto meu filho demora mais de meses para conseguir um exame de sangue, e o pior, milhares de pessoas morrendo em corredores de hospital, por CORRUPÇÃO... Deus se agrada da JUSTIÇA, e não da INJUSTIÇA...Deus é amor, mas também é justiça, e Jesus fala em Mateus Capítulo 10 e Versículo 34 que Ele não veio trazer a paz a terra, mas a Espada, que é a Palavra Sagrada... sem contar que por trás disto tudo estão investindo milhões, os ingresso vão custar o olho da cara, e no final nenhum torcedor vai ganhar nada !!!

Que Deus abençoe tua vida e te aconselho, leia a Bíblia e faça bastante oração, pois Jesus está voltando !!!

2 de junho de 2014 10:34 comment-delete

Pastor quero deixar meu comentário acerca desse assunto, se possível quero ser respondido! Primeiro: entendo que ser um cristão é ser escravo de Cristo. Segundo: Ser Escravo é servir ao seu Senhor. Terceiro: Se ser Cristão é ser escravo, logo o cristão não direito as suas escolhas, pois ele é escravo e os seus direitos são abolidos. Isso vai de encontro quando o sr. afirma: " As Escrituras nos ensinam que somos seres inteiros e livres..." pois sabemos que somos livres da condenação do pecado, do furor de Deus... isso não significa que somos livres para irmos ao estádio e assistir uma partida de futebol. e depois o sr. afirma que:" como tais somos chamados a viver uma devocionalidade equilibrada e saudável" pr. o futebol é do mundo, ok? me diga aonde está esse verso na bíblia que devemos ter uma vida equilibrada e saudável com o mundo (futebol)?

"Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente?
De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele?" Romanos 6:1-2

13 de junho de 2014 12:24 comment-delete

É isso ai abençoado, Deus nos chamou para andar na contramão do mundo e pra chamar que quiser vir conosco, e não para dar a mão para o mundo e caminhar com ele !!!
Vamos fazer a diferença em nome do SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO !!!

Tem um vídeo no youtube que meu tio pregou no oeste de SC, coloca lá Congresso Formosa do Sul ,é o primeiro link !!!

Paz do Senhor, que DEUS abençoe e ilumine e tua vida !!!

14 de junho de 2014 07:31 comment-delete

pr se vc adora um time entao nao pode criticar quem adora santo ,qual a diferença pode idolatrar time no estadio onde sai muito palavroes contenda mortes por discussoes maes de juizes sao ofendidas , agora prova pra mim onde Deus é glorificado num jogo ,todas as coisas me sao licitas mas nem todas convem.

14 de junho de 2014 15:05 comment-delete

pr se vc adora um time entao nao pode criticar quem adora santo ,qual a diferença pode idolatrar time no estadio onde sai muito palavroes contenda mortes por discussoes maes de juizes sao ofendidas , agora prova pra mim onde Deus é glorificado num jogo ,todas as coisas me sao licitas mas nem todas convem.

14 de junho de 2014 15:07 comment-delete

Achei bem interessante essa postagem pastor e muita coragem a sua por publicá-la, pois pelo que li, muitos o criticaram por isso. Então acho que posso dar meu humilde parecer também.
Primeiro, precisamos aprender a ser CRISTÃOS e não FANÁTICOS RELIGIOSOS! Por favor, parem de rotular isto ou aquilo como sendo de Deus ou do diabo quando não é nem uma coisa nem outra! Imagino então que os irmãos que disseram que o futebol é do diabo e que crente que é crente não torce por time e etc; bem, então quando vcs realizam acampamentos nas igrejas de vcs em lugares que tem quadra de futebol, volei, piscina, ninguém se aproxima de nada disso, né? Todo mundo fica o dia inteiro só orando, cantando louvores e lendo a Bíblia, certo?
Irmãos, o problema não está no futebol(que é cultura brasileira geral, pois todo brasileiro gosta de futebol, seja pra falar bem ou mal dele, rs), ou qualquer prática de esporte. Eu por exemplo, torço para o São Paulo(sou de Sampa, né!). O problema está no ser humano que inverte as coisas, e faz de uma coisa que deveria promover harmonia e união em meio as diversidades(de times e torcidas), faz do esporte paixão nacional um ídolo e comete barbaridades em nome desse ídolo! Quanto a essa questão do futebol em particular que a Bíblia não fala nada a respeito, assim como também não fala sobre tantas outras coisas como "musica gospel, culto disso ou daquilo" e tantas outras crendices que até brigamos pior até que torcedor fanático do Corinthians, prefiro seguir a recomendação de Paulo aos coríntios quando ele disse que Todas as coisas são licitas, mas nem todas convém. Todas me são licitas, mas EU NÃO ME DEIXAREI DOMINAR POR NENHUMA DELAS.
O que nós devemos nos preocupar mesmo; é até onde um time de futebol, um programa de TV, uma igreja, uma pastor, uma banda ou cantor gospel e tantas outras coisas que poderia citar aqui tem prioridade maior do que Deus na minha vida e no meu coração! Isso sim é importante, porque a Bíblia defende o EQUILIBRIO NÃO O FANATISMO RELIGIOSO! Pensemos nisso. Deus te abençoe a cada dia pastor Renato!

7 de junho de 2015 16:33 comment-delete

So sei de uma coisa pra que discutir sobre isso..Deixa cada um viver a seu modo..so quem pode dizer se eh certo ou errado eh Deus..esperem até o julgamento ora

17 de outubro de 2015 18:12 comment-delete

Querido Pastor acho que o Senhor nunca teve um verdadeiro encontro com Deus,futebol é disputa, é coisa do diabo.

2 de março de 2016 16:34 comment-delete

Pelo amor de Jesus Cristo, em que planeta alguém esta ofendendo o criador por gostar de um time de futebol? Paulo usa um atleta como exemplo a seguir tendo nós a disciplina de um atleta no que tange a nossa vida espiritual, ele se domina pela coroa corruptivel (Sim corruptivel porque um prêmio um dia vai acabar seja uma medalha, um troféu ou uma coroa como os atletas ganhavam na época são materiais e não são eternos, e a coroa da salvação é mais importante e o tempo não a corrompe) e nós nos dominamos pela coroa incorruptivel, a biblia em nenhum momento condena futebol ou outro esporte e Paulo chega a usar um atleta como um bom exemplo, respeito a fé de cada um mas infelizmente tem gente que não vive por questões muito mais religiosas do que Cristãs, pra quem não sabe o futebol tem sido um instrumento de evangelização na terrivel China comunista nos tempos atuais, em face o grande respeito que o mundo tem pelo futebol do Brasil alguns jogadores Brasileiros Cristãos tem entrado com a palavra de Deus no dia a dia lá na China, eu respeito a fé de todos mas o fanatismo doentil me deixa ligeiramente incomodado.

19 de dezembro de 2016 12:31 comment-delete