A pastora, a globo e o evangelho sincretizado.

Por Renato Vargens

Acabei de assistir o vídeo (veja abaixo) onde uma pastora evangélica juntamente com participantes de outras religiões dançavam e cantavam pra GEZUIS. 

Pois é, o que fizeram do Evangelho do Senhor? Ora,  lamentavelmente estão transformando o Evangelho de Cristo em Macumba!

Se não bastasse esse episódio lamentável de domingo, o comportamento de algumas das igrejas chamadas evangélicas, cada vez mais se aproxima dos rituais espíritas. Do jeito que a coisa anda daqui a pouco ouviremos em nossos cultos expressões como “Eparrei Jeová” ou " louvado seja Deus em nome de missifio". Ora, vamos combinar uma coisa? Infelizmente algumas das liturgias evangélicas estão tão miscigenadas que um desavisado qualquer ao entrar em um de seus cultos pode pensar que entrou no centro de macumba. Ouso afirmar que o sistema comportamental e doutrinário do neopentecostalismo brasileiro se deve em parte ao famigerado sincretismo religioso. O que nos leva a entender que mais do que nunca, precisamos em nosso país resgatar os valores da Reforma Protestante, retornando a Bíblia, fazendo dela a nossa única regra de fé.

Isto posto, afirmo categoricamente que em hipótese alguma experiências mágicas esquizofrênicas, como supertições inequívocas e burrificadas devem nortear o comportamento de nossas igrejas, até porque, somos e fomos chamados pelo Senhor a vivermos um cristianismo equilibrado, racional, apaixonante e apaixonado por aquele que por sua infinita graça e misericórdia nos salvou.

Como inúmeras vezes afirmei neste blog, confesso que estou absolutamente perplexo e preocupado com os rumos da igreja evangélica. Chego a conclusão de que mais do que nunca a igreja brasileira precisa URGENTEMENTE de uma nova reforma.

Soli Deo Gloria,

Renato Vargens

15 comentários:

Credo, que nojo!!!

6 de janeiro de 2012 20:31 comment-delete

"Todas as coisas foram feitas por intermédio Dele; sem Ele, nada do que existe teria sido feito." João 1:3

Este verciculo diz tudo; Tudo que existe foi feito por Ele e Para Ele. e nesse "Tudo" estão os ritmos músicais, o diabo é que tenta se apossar alguns ritmos.. Porém "Tudo o que tem vida louve o Senhor! Aleluia!" (Salmos 150:6) e louvem com todos os ritmos..

Shalon Adonai!

Marcelo Siqueira (@CelloSiqueira)

6 de janeiro de 2012 20:46 comment-delete

Pastor acabeir de colocar uma matéria onde tem um vídeo talvés pior que esse no meio do post. Isso é um absurdo! http://pregaioevangelho.blogspot.com/2012/01/ana-lucia-de-pastora-para-celebridade.html#.Twd7_VZsiSo

Que Deus nos guarde dessas aberrações.

6 de janeiro de 2012 20:59 comment-delete

Isso que vem ocorrendo é o processo de união das religiões. Esse sincretismo cada vez mais irá se tornar comum. Em minha opinião é um cenário da manifestação da igreja apostata, ou a igreja do Anticristo.

6 de janeiro de 2012 23:35 comment-delete

Realmente quando vi este video pela primeira vez [e nas demais vezes] algumas coisas me veem a mente:

1- A igreja não sabe dialogar com a cultura do Brasil. Por isso existe tanta esquisitice. Temos um legado de miscigenação que, creio eu, alguns teólogos reformados deveriam se debruçar para ajudar numa releitura da cultura brasileira. Assim teríamos uma real contribuição para a cosmovisão cristã em nossa pátria. Deixaríamos de demonizar o que não deve ser e ao mesmo tempo não seríamos 'tão abertos' a tudo. A Palavra é o filtro

2- Sou reformado, mas não nasci em Genebra. Sou brasileiro. É impossível ouvir isto e ficar impassível. Minha crítica não esta na forma[música] mas no modo[letra e discurso]. Algumas vezes parecemos negar quem somos e onde nascemos. Ai, cremos que a 'música certa' nasce nos corais, quartetos, sinfonias e toda a cultura implantada por nossos amados missionários que vieram de seus países pregar o Evangelho da Salvação em nosso país.

3- Alguém percebeu, que em meio a total Samaria cênica, esta senhora falou algo extremamente relevante em certo momento?
Quando ela fala de como era e seu encontro com uma senhora crente que a colocou no inferno com sua pregação. Anos depois ela reencontrou a mesma senhora e lhe falou algo que precisamos refletir: Precisamos pregar a Salvação!
Quando vejo um video como este, não quero ser como esta senhora que a colocou no inferno.
Quero crer que esta irmã é alguém que precisa de discipulado e acompanhamento. Só que isto dá trabalho...
Sim, ela pode não querer e achar que é suficiente para a empreitada que quer seguir.

Bom é isto que queria compartilhar com os irmãos!

Paz de Cristo!

7 de janeiro de 2012 09:34 comment-delete

Pára que eu quero descer!!!

Eu já fiz um comentário em outro post: NÃO ESPEREM MELHORAS... NÃO VAI MELHORAR!

Preguemos o evangelho sem mistureba e sem o dedo do cão (que aliás deve ter gostado às pampas deste programa...). Só faltou emendar com o show das promessas...

7 de janeiro de 2012 14:58 comment-delete

Definitivamente o Brasil caminha a passos largos rumo ao completo sincretismo religioso.

Observa-se que cada vez as diversas religiões - incluindo os evangélicos - interagem entre, não com o intuito de convencer a outra parte sobre a veracidade de determinado credo ou sistemas de valores.

O que se percebe atualmente, como se vê no vídeo deste artigo, é a tentativa de destacar as semelhanças, de por em evidência o que é comum. A única coisa que diferencia a pastora Ana Lúcia dos pagodeiros, dos candomblecistas e demais participantes do programa "Esquenta" é muito mal o conteúdo da letra da música que canta. O restante é bastante homogêneo: o ritmo da música, os trejeitos, o gingado.

Será que os participantes do programa em algum momento puderam perceber, na música da pastora Ana Lúcia, um chamamento à conversão?? Creio que não

Um grande abraço

Cristiano

Pensa um trem complicado, esse evangelho moderno! Eu só fico feliz, porque sei que Deus, apesar de tudo, está no controle de tudo e nada escapa de Sua soberania!

7 de janeiro de 2012 19:17 comment-delete

Irmão Renato.
Tive a oportunidade de olhar esse episódio e digo quee assisti com um olhar bem crítico dos fatos...
A princípio me lembrei de todos os comentários que li sobre o sincretismo e tals... Mas não pude condenar as atitudes desta pastora.. Talvez por falta de conhecimento bíblico e teológico... Gostaria que você como estudioso das santas escrituras nos mostrasse onde esta o erro de tal atitude desta pastora ao testemunhar de Cristo em rede nacional...
Nos mostre livre de conceitos humanos o que você afirma ser errado através das escrituras...
Peço isto pois sinceramente busco a verdade livre de opiniões meramente humanas.
Em Cristo Paz.

8 de janeiro de 2012 23:39 comment-delete

A minha oração, ao vislumbrar o contexto ao qual estamos atrelados é por todos aqueles que andam em dúvidas. Que possamos, parafraseando o Pastor Renato,"...resgatar os valores da Reforma Protestante, retornando a Bíblia, fazendo dela a nossa única regra de fé". Somente assim saberemos que fomos chamados para anunciar ao mundo a vida daquele que é Santo, Eterno, Todo-Poderoso e que não compactua ou possui laços com aqueles que cultuam a demônios. Infelizmente, a maldade não é uma coisa que "está só na cabeça dos outros".

9 de janeiro de 2012 09:25 comment-delete

Eu não iria postar comentário nenhum, por que eu já havia falado sobre esse programa em outro post. Mas eu tive a infelicidade de assistir esse programa, e estou, sinceramente, perdendo a minha paciência com toda essa palhaçada. Testemunho???? No meio de um bando de endemoninhados-filhos-do-capiroto, que não querem a JESUS???? Fala sério!!!! O pessoal da Dona Bola só quer afrontar a inteligência do povo, e o povo gosta. Pastor Renato, agora eu sei porque o senhor não acredita em mulheres pastoras. Elas estão muito mais sujeitas a "trair o movimento, véio".

Ungidos de "Gezuis". Não os toquemos. Enfiemos a bordoada neles.

VAMOS NOS CONVERTER!!!!

9 de janeiro de 2012 18:37 comment-delete

AMULETOS PARA CEGOS

Meus Deus!...

É tanta alienação
vejo tanta ilusão
neste povo tão sincrético
estas almas tão carentes

povo néscio e deprimente,
como a oferta vai para o mar
tanta oferta vai pro altar,
tantos altares sem ter oferta.

Vejo tantos patuás
inserido nas religiões
amuletos para os cegos
que estão fora do contexto.

Vejo a igreja convertida
em uma celeuma enrustida
não se prostra a uma imagem
mas ninguém tem a coragem

de quebrá-la no coração
pois se dizem tão cristãos
mas inventam soluções
analógicas aos ídolos

é fitinha com dizeres
ou cajado de Moises
21 dias de Daniel
num jejum sabor de fel

em que visa a ambição
em ofertas escabrosas
que promete enriquecer
e depois se esquecer
do que foi feito lá na cruz

amam ao ouro negam esta cruz
pois ofuscam com a ganância
todo brilho desta luz
que ofuscou todas as trevas
pelo sangue de Jesus

O evangelho em algo tão mítico
tão cheio de misticismos
pragmático e tão sincrético
tão distante de meu Deus
que não vê nada poético.

Tenho medo do amanhã
de perder a minha fé
e viver só da religião
retirando Deus de dentro
como sempre acontece.

Mal se acaba uma campanha
logo já se começa outra
e de campanha em campanha
entra ano e sai ano
este povo que diz crente
vai vivendo só de engano

e num vil proselitismo
se afundam num abismo
mudaram só de religião
mas não mudaram o coração.

10 de janeiro de 2012 11:32 comment-delete

Eu tambem tenho um blog evangélico http://biblianeles.blogspot.com e achei uma vergonha o que essa pastora fez,nem o Silas Malafaia faria isso

22 de janeiro de 2012 10:31 comment-delete

Será que não mesmo, irmão JV???? Se fosse a 20, 25, 30 anos atrás, eu poderia até concordar contigo. Hoje, de repente nem tanto.

30 de janeiro de 2012 14:36 comment-delete

Aqui não somos nos que vamos jugar.mais sim a palavra de DEUS.porque essa pastora não vai ler a bíblia? que ela vai ver a diferença entre DEUS e a baal,ela esta se misturando com pessoas que ta adorando baal...CUIDADO PASTORA

Anônimo
18 de maio de 2012 15:35 comment-delete