Coisas que todo comunista deveria saber.

Por Renato Vargens

Confesso que estou perplexo com a quantidade de irmãos em Cristo que se dizem comunistas. Como bem disse o pastor Euder Faber, presidente da VINACC é totalmente incompativel a visão cristã com a perspectiva do socialismo, mesmo porque, somente negando aquela pode se aceitar essa. Na verdade, do ponto de vista cristão existe um enorme ABISMO entre o Evangelho da Salvação Eterna e os ensinos marxistas.

O pastor Judicley Santos em seu Blog O Cristão e a Cultura  tem combatido veementemente as doutrinas comunistas. Há pouco, no seu perfil no twitter (@judiclay) , ele afirmou que na sua perspectiva só existem dois tipos de comunistas, os ignorantes e os desonestos. Aliás, Judicley, que já trabalhou como  professor em um seminário em Cuba foi quem escreveu um texto extremamente interessante sobre HOLODOMOR o qual reproduzo INTEGRALMENTE:

""Existem alguns excelentes livros que revelam a natureza genocida do comunismo. O Livro Negro do Comunismo é um dos principais livros sobre o assunto. Trata-se de uma obra irrefutável que coloca o machado da verdade na raiz do engano. A referida obra foi escrita por seis historiadores europeus, que tiveram acesso a arquivos soviéticos. Roberto Campos, em um artigo na Folha de São Paulo, definiu o livro como sendo “uma espécie de enciclopédia da violência do comunismo. O chamado "socialismo real" foi uma tragédia de dimensões planetárias, superior em abrangência e intensidade ao seu êmulo totalitário do entreguerras - o nazifascismo”.

Qualquer pessoa, intelectualmente honesta e que tenha o mínimo de bom senso vai concluir que o comunismo cometeu os maiores crimes contra a humanidade, sendo responsável direto pela morte de milhões de pessoas em todo mundo.

Um dos crimes mais horrendos e, lamentavelmente ignorados, foi o massacre dos ucranianos.

HOLODOMOR: O EXTERMÍNIO DOS UCRANIANOS.

A “Grande Fome (1932-1933), também chamado de Holodomor, foi um dos mais trágicos acontecimentos. Estima-se que entre 3 a 7 milhões de ucranianos morreram em consequência de uma fome “fabricada” pelos facínoras soviéticos.

Luís Ribeiro, brilhante professor de história, esclarece os bastidores desse horror.

Numa clara demonstração dos seus intentos criminosos, o Governo da União Soviética executou de forma implacável as seguintes medidas:

• confiscação das colheitas e das reservas alimentares dos camponeses ucranianos, recorrendo a todo o tipo de violências e abusos e colocando em grave risco a sua sobrevivência;

• repressão de qualquer forma de resistência (deportação de populações; detenção em campos de concentração e fuzilamentos);

• encerramento, pela polícia, das fronteiras da Ucrânia, impedindo que os camponeses procurassem alimentos na Rússia e em outras regiões, ou os transportassem para a Ucrânia;

• proibição da venda de bilhetes de comboio e instalação de barreiras policiais nas estações ferroviárias e nas estradas que levavam às cidades. Centenas de milhar de famintos foram assim obrigados a regressar às aldeias, morrendo de fome;

 • revogação dos direitos de autonomia cultural, linguística e política da nação ucraniana, incluindo as comunidades que viviam nas outras regiões da União Soviética.

• repressão da elite cultural e política (escritores, sacerdotes, dirigentes políticos, artistas, etc.), sob a acusação de nacionalismo.

Milhões morreram como resultado direto desse ato de inominável crueldade. Portanto é inaceitável que haja tantas pessoas que acreditam que o comunismo é apenas uma “forma de governo”.

Caro leitor, encorajo você a assistir o vídeo sobre o extermínio dos ucranianos. Trata-se de uma verídica e comovente amostra dos horrores do comunismo.

Naquele que vive e reina.

Renato Vargens


31 comentários:

Se for colocar a história da igreja e quantos foram mortos, terá quase o dobro de mortes! Não defendo nenhum tipo específico de regime político, se for colocar quantas pessoas morreram por conta do sistema capitalista, nossa, vai ter centenas de milhões do mesmo jeito! O que mais me deixa decepcionado com as matérias desse blog contra o comunismo, etc, é a defesa de que o capitalismo é um regime melhor... isso sim é burrice! Sinceramente, defender o capitalismo é defender o sistema miserável desse mundo, e acietar toda a podridão!
O comunismo não foi feito por cristãos, nem com a visão cristã, muito menos o capitalismo... a teoria comunista tende a ser bem mais humanitária do q o capitalismo, e tem muitos fundamentos que batem sim com a biblia! "E tinham tudo em comum" em atos, Jesus mesmo foi contra o sistema de sua época, e o socialismo/comunismo nasceu em um contexto de exploração extrema! Outra burrice, é falar dos exeplos acima e dizer que foi "comunismo", nenhum desses países conseguiu colocar na vida real o que o comunismo falava no papel, assim como o cristianismo na história da humanidade não conseguiu se colocar, sendo dominado por impérios, sistemas, e matando muitas pessoas, assim como o capitalismo!
Capitalismo é demoníaco, comunismo foi uma tentativa de lutar pelos ideais do povo que foi mal feita, mal administrada, oportunistas no poder que mataram milhares mesmo! E o "cristianimo falseta" entra nessa lista tbm! O verdadeiro cristianismo é o que não passa na TV, que não faz parte do sistema, sinceramente leia: "Jesus quer salvar os Cristãos", onde Rob Bell crítica o modo de vida americano, que se diz cristão e faz o mundo apodrecer, matando milhões...
Se quer focar as críticas dessas mortes, foque no pecado humano, pq defender o capitalismo e falar mal do comunismo é trocar as bolas!

8 de junho de 2011 18:31 comment-delete

O Holodomor foi tão cruel quanto o Holocausto. Deveria provocar indignação a todos os cidadãos de bem. A questão é que a maioria das pessoas desconhecem esse genocídio comunista. Hitler e Stalin eram filhotes da mesma Serpente. Quem condena Hitler e defende Stalin é incoerente ou...

8 de junho de 2011 18:42 comment-delete

Alguém precisa avisar ao leitor William Bus que ele só está usando a internet por causa dos "capitalistas" que ele odeia. Se ele fosse depender dessa raça miserável de comunistas estaria isolado em seu mundinho tupiniquim.

8 de junho de 2011 18:45 comment-delete

Me respondam só uma coisa: que contribuição o comunismo legou ao mundo? (exceto as tiranias, as torturas, as mortes, os genocídios)

8 de junho de 2011 18:49 comment-delete

Alguns problemas em posts que tenho visto de "defensores do comunismo" (inclusive os que dizem "não defendo sistema político algum"):
1o Comunismo é mais que um sistema político, sua raíz esta firmada no pressuposto de que Deus não existe (ou que o estado pode substituí-lo)

2o Todos que comentaram falam dos problemas do capitalismo que conhecem (todos ou quase todos moram no Brasil) e fazem elogios a sistemas de pensamentos implatados em nações que foram ou são comunistas, onde nunca viveram, ou estiveram uma vez sequer.

3o Partem do pressuposto que todos que expõe as inegáveis atrocidades cometidas por e em nome do comunismo defendem sem críticas o capitalismo (o que não é verdade)

4o Afirmam que o comunismo idealizado (que acham ser superior) nunca foi vivido na prática, mas esquecem que nenhum movimento e/ou sistema ideológico será aplicado na prática exatamente como "sonhado" e que nós vivemos é "na prática" não "na teoria"

5o Para acabar. Afirmar que o que Cristo, o Deus encarnado, pregou e ensinou aos seus discípulos é igual, parecido ou tem alguma semelhança com as idéias comunistas é BRICADEIRA

Fábio Luciano

Fábio Luciano
8 de junho de 2011 19:11 comment-delete

Alguns problemas em posts que tenho visto de "defensores do comunismo" (inclusive os que dizem "não defendo sistema político algum"):
1o Comunismo é mais que um sistema político, sua raíz esta firmada no pressuposto de que Deus não existe (ou que o estado pode substituí-lo)

2o Todos que comentaram falam dos problemas do capitalismo que conhecem (todos ou quase todos moram no Brasil) e fazem elogios a sistemas de pensamentos implatados em nações que foram ou são comunistas, onde nunca viveram, ou estiveram uma vez sequer.

3o Partem do pressuposto que todos que expõe as inegáveis atrocidades cometidas por e em nome do comunismo defendem sem críticas o capitalismo (o que não é verdade)

4o Afirmam que o comunismo idealizado (que acham ser superior) nunca foi vivido na prática, mas esquecem que nenhum movimento e/ou sistema ideológico será aplicado na prática exatamente como "sonhado" e que nós vivemos é "na prática" não "na teoria"

5o Para acabar. Afirmar que o que Cristo, o Deus encarnado, pregou e ensinou aos seus discípulos é igual, parecido ou tem alguma semelhança com as idéias comunistas é BRICADEIRA

Fábio Luciano

Fábio Luciano
8 de junho de 2011 19:12 comment-delete

Quem já ouviu falar de um marxista que no leito de morte tenha pedido que lhe fosse lido O Capital? - Stephen Travis

Anônimo
8 de junho de 2011 19:24 comment-delete

é uma pena que um professor que deu aula em Cuba não saiba a diferença entre ideologia e história.

Anônimo
8 de junho de 2011 19:36 comment-delete

Gostaria de apenas colocar algumas questões: Primeiramente, o dito professor já leu alguma coisa de Karl Marx? É muito importante deixar claro alguns fatos; uma coisa foi o que Marx escreveu, e outra coisa totalmente diferente, foi o que escreveram a respeito do que ele escreveu, isto é, as interpretações que fizeram dos seus inscritos. Há uma frase muito interessante que diz assim: "Marx, não era marxista" e verdadeiramente não era. Digo com muita certeza, não existiu alguém que tenha feito um crítica mais profunda do sistema capitalista do que o sociológo, historiador, economista etc. Karl Heirinch Marx fez. É verdade que a proposta que Marx apresenta como solução para o mundo é uma utopia, ele que tanto criticou os socialistas utópicos. O comunismo marxista é uma utopia, nunca vai acontecer, é impossível. É importante frisar, que uma coisa é o marxismo e outra coisa é o marxianismo.
Ninguém conseguiu implantar o que Marx idealizou para o mundo, o que vemos em Cuba, URSS, China, não foi o que Marx ensinou, na verdade foi aquilo que chamamos de marxismo vulgar, poderiamos chamar estes sistemas, por exemplo, da antiga União Soviética, de Leninismo, Stalinismo, Trostkismo, mas nunca de Marxianismo, o que aconteceu em Cuba, por exemplo, poderiamos chamar de Fidelismo, porque em nenhum desses países foi implantado o que Marx idealizou para a sociedade. Esses regimes implantado nestes países foram sistemas totalitários, muito aquém do que Marx propôs.
Desculpe-me, mas o professor não sabe nada de Marx.
O Sistema Capitalista é um sistema opressor, baseado no Lucro. O Capitalismo é um sistema em que os bens e serviços, inclusive as necessidades mais básicas da vida são produzidas para fins de troca lucrativa; em que até a capacidade humana de trabalho é uma mercadoria à venda no mercado, acima de tudo é um sistema em que o grosso do trabalho da sociedade é feito por trabalhadores sem posses obrigados a vender sua mão-de obra por um salário, a fim de obter acesso aos meios de subsistência. Quem defende o Capitalismo são os burgueses, os donos do Capital, os donos dos meios de produção, cuja função é explorar os trabalhadores, dando o mínimo para que eles possam sobreviver. O professor para poder falar de Comunismo e de Capitalismo tinha que ler um pouco mais, para não falar coisas sem fundamento.
Muitos erros foram praticados em nome do Marxismo, assim também como em nome do Cristianismo e até hoje tem-se praticado. Esse papinho que é por causa do capitalismo que estamos usando a internet é pura bobagem, o que adianta uns poucos usarem um computador e milhares viverem na miséria, morrendo de fome, e é isto que o sistema capitalista produz, desigualdade social, desemprego, miséria, exploração, pastores que só visam o lucro, que usam o nome de Deus para ficarem ricos, isso é capitalismo.

Anônimo
8 de junho de 2011 21:53 comment-delete

Rapaaaaazzzz,

Como o tema Comunismo x Capitalismo gera discórdia!!!!

Acredito que o que o Pr Renato quis levantar nos dois últimos Posts foi o Comunismo (Regime autoritário) x Democracia. E visto sob esta ótica, o Comunismo é mesmo uma droga.

Os 'simpáticos' ao Comunismo também tem alegações pertinentes. Afinal não é Cristã a Alemanha que pariu o Nazismo? Ou não eram Cristãos (Católicos) os Homens do Tribunal do Santo Oficio, nome oficial da Inquisição, do século XIV? Ou não são Cristãos (Protestantes) os membros das Classes Sociais Abastadas que nadam na prosperidade e no conforto que a Civilização Capitalista Moderna pode oferecer, mesmo tendo milhões de semelhantes na miséria?

EU sei de mim. EU sou um miserável PECADOR. Provavelmente um dos maiores dentre todos. Sou um consumista em AUTO-TRATAMENTO. Vou confessar uma coisa: "ESTOU ME SEGURANDO PRA NÃO COMPRAR UM CELULAR SAMSUNG GALAXY S 2, UNS R$2200,00. MISERICÓRDIA!!! DEUS ME PERDOE!!!". Eu sou capitalista! Na verdade todos os "comunistas" que escreveram aqui são! ehehe

Shalom Pr Renato Vargens!

8 de junho de 2011 22:00 comment-delete

"O Sistema Capitalista é um sistema opressor, baseado no Lucro. O Capitalismo é um sistema em que os bens e serviços, inclusive as necessidades mais básicas da vida são produzidas para fins de troca lucrativa; em que até a capacidade humana de trabalho é uma mercadoria à venda no mercado, acima de tudo é um sistema em que o grosso do trabalho da sociedade é feito por trabalhadores sem posses obrigados a vender sua mão-de obra por um salário, a fim de obter acesso aos meios de subsistência."

Caro Anônimo (das 21:53), como você demonstra discordar desta "lógica maldita" do sistema de troca nas relações humana, e da cobrança por bens e serviços básicos, gostaria muito que você aplicasse a lógica comunista aqui em casa. Tenho privadas para serem limpas, além de pratos e cuecas e também a comida precisa ser preparada. Todas são necessidades muito básicas minhas. Concordo com você e não estou disposto a pagar nada por estas "necessidades mais básicas". Isso é algo opressivo mesmo.

Aguardo o contato para te passar meu endereço. Abraços.

P.S.: Traga um exemplar no Manifesto, para o caso de eu ficar entediado enquanto você faz a "revolução" aqui em casa.

8 de junho de 2011 22:38 comment-delete

Pessoal,
Vocês estão sendo muito inocentes. Esse blog é sobre apologetica ou sobre politica? Pois ultimamente está mais para politica do que apologetica, está até se tornando anti-biblico. Deixe-me explicar

O que a biblia fala sobre este mundo? Quem é o senhor dele? Vocês realmente acreditam que um dos sistemas é do capiroto e o outro é de Deus?

Eu concordo que o sistema comunista da maneira como foi implementado na Russia e China principalmente são malignos. Mas não sejamos ignorante! Hitler era capitalista!!!!!! Preciso realmente contra argumentar? Está bom, vou continuar! Alguém procura ouvir o que o Oliver Stone fala sobre quem financiou Hilter? Foram as mesmas grande multi-nacionais que hoje em dia estão aí. Quem argumentou que usa esse sistema graças ao capitalismo, te digo que você, usando esse sistema chamado internet está dando dinheiro para uma empresa que financiou (e lucrou muito!!) com Hitler. Procure ler sobre a IBM e o Holocausto.

Lembram de Martin Luther King? Sabe quem foi ele? Leiam mais sobre ele. Na epoca dele existia um sistema nos EUA que era tão preconceituoso quando o Nazismo de Hitler.

Leia um pouco sobre a ditadura brasileira, e como alguns cristãos apoiaram um regime opressor: http://www.genizahvirtual.com/2011/05/em-busca-do-equilibrio-perdido-relacao.html

Nesse comentario eu falei Leiam, sabe porque? Porque vocês pecam falando do que não entendem! O sistema capitalista foi proposto por Marx, e ele só propunha que toda a sociedade (que continuaria uma sociedade de consumo) deveria ter seus lucros divididos entre os mais humildes. Essa era a essência do comunismo. Quando vocês generalizam e falam que a ideia do comunismo é demoniaca, vocês estão pecando. Pois leiam atos e vão ver que ela era usada lá!!!! Ou seja, a Primeira Igreja Cristão de Jerusalém era uma comuna, aos moldes das comunas francesas que foram inspiradas no trabalho de Marx e ainda existem! Ah, esse é um dado que não havia citado, né? Existem comunas, ou seja, cidade onde o comunismo existe faz muito tempo e funciona, dentro de democracias. Vocês sabiam disso? Não! Porque? Porque vocês não leêm. Vocês não se informam!!!

Vocês leêm a veja e assistem o JN e tomam conclusãos: "A China é má. A China é comunista. Logo, o comunismo é mau. Então é do capeta!" Isso é o que os empresarios que lucra milhares de dolares vendendo coisas que vocês não precisam, mas compram como idiotas (eu sei do que estou falando, sou engenheiro!).

Bom, eu sempre voto em partidos de esquerda por um motivo biblico, os partidos de esquerda sempre são os mais preocupados com os pobres: "O justo toma conhecimento da causa dos pobres; mas o ímpio não tem entendimento para a conhecer." Pv 29:7

Não sejam ignorantes!

8 de junho de 2011 23:35 comment-delete

Os esquerdistas não acreditam em milagre, mas fazem milagres. Eles são capazes de transformar um ser humano em uma ameba, incapaz de pensar e indisposta a aceitar a verdade. Se isso não bastasse, tais criaturas, subjugadas por uma paixão suína e refratária, ficam nas tocas do anonimato achando que seus resmungos inconsistentes serão ouvidos.
Consideremos alguns pontos que o Dr. anonimato ignora.

Karl Marx, o papa infalível dos tolos, depende virtualmente do que ele leu, chupou, perverteu ou adaptou do pensamento dos outros, a começar por Demócrito (460-370 a.C.) e Epicuro (341-270 a.C.), na sua tese ateísta de doutoramento em Jena, em 1841, passando por Hegel (1770-1831) e o próprio Fuerbach, ainda no campo filosófico, além de Rousseau (1712-1778), Saint-Simon (1760-1825), Fourier (1772-1837) e Proudhon (1809-1865), entre os reformistas sociais franceses, até chegar nos economistas clássicos ingleses Adam Smith (1723-1790), Mill (1773-1836) e sobretudo Ricardo (1772-1823), cuja concepção da teoria do valor-trabalho, mais tarde destroçada pelo austríaco Bohm-Bawerk (1851-1914), serviu de modelo para Marx - aqui também escorado no "erro de conta" de Proudhon - extrair sua célebre mais-valia e acirrar os ânimos da luta de classes, idéia, por sua vez, a ser creditada ao falangista Blanqui (1805-1881), francês considerado inventor da barricada e autor da expressão "ditadura do proletariado".

O fundador do marxismo/comunismo e autor intelectual da revolução que levou a Rússia ao regime comunista durante mais de 70 anos foi considerado o maior filósofo de todos os tempos. Os “erros” são culpa daqueles que não entenderam o marxismo, dizem os defensores daquela besta barbuda. Quando se expõe as atrocidades comunistas, as viúvas de Marx seguem a argumentação gelatinosa de Francis Wheen: "Na verdade, Marx foi enterrado por líderes comunistas como Stalin e Kim Il-Sung durante quase todo o século vinte. Foram eles que desacreditaram o comunismo, mas as idéias de Marx continuam viáveis e influenciadoras".

Bobagem! Tolice!

Um filósofo de verdade, o Eric Voegelin vai ao cerne da questão sobre Marx:
"A função histórica de Marx foi a criação de um formidável sistema doutrinário que poderia servir como as 'Sagradas Escrituras' pelos seus apóstolos" ("From Enlightenment to Revolution" - Eric Voegelin)
E como estas "Sagradas Escrituras" foram criadas? Eric continua – em The Voegelinian Revolution, sobre a questão fundamental do Marxismo – como tratar a realidade:

"A posição Marxista não é uma posição anti-Hegeliana, é de fato anti-filosófica; Marx não refuta a dialética de Hegel, ele simplesmente se recusa a teorizar.."

"Sobre tudo, Marx não era um falsário comum.. A menos que queiramos desistir neste ponto, devemos transferir o problema para o nível da pneumopatologia (doenças do espírito). Marx era doente espiritualmente e podemos identificar o sintoma mais crítico de sua enfermidade, que é o seu medo de conceitos essenciais e da filosofia em geral. Poderemos criar o termo 'logofobia' (medo do conhecimento) para este sintoma".

Marx é a estrela dos sem vida.
Sugestão: Vai estudar e muda de vida!

9 de junho de 2011 00:49 comment-delete

Victor,

"Mas não sejamos ignorante! Hitler era capitalista!!!!!! Preciso realmente contra argumentar?"

Se você pesquisasse e lesse um pouco mais, como você manda os outros fazerem, saberia que NAZI é a abreviatura e Nacional Socialismo.

Para você ver como ambos são frutos da mesma coisa veja aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=ZWEBxhOUyMs

"Quem argumentou que usa esse sistema graças ao capitalismo, te digo que você, usando esse sistema chamado internet está dando dinheiro para uma empresa que financiou (e lucrou muito!!) com Hitler. Procure ler sobre a IBM e o Holocausto."

Isso que você está falando é corporativismo, onde o estado intervém e utilizando o poder que lhe é conferido cria monopólios. Isso é o que foi feito pelo Nazismo, e pelo Fascismo italiano, ambos sobre o mesmo fundamento ideológico Marxista. A união do poder estatal e da economia é uma prerrogativa esquerdista, não da economia de livre-mercado.

"Ou seja, a Primeira Igreja Cristão de Jerusalém era uma comuna, aos moldes das comunas francesas que foram inspiradas no trabalho de Marx e ainda existem!"

Não consigo entender o que você considera comunismo. A igreja de Jesus Cristo no primeiro século pregava o polilogismo das classes? Ou a deificação estatal? A revolução proletária por meio da violência? O determinismo dialético histórico? A rejeição da moral judaico-cristã? O fim da propriedade privada? A expropriação?

"Bom, eu sempre voto em partidos de esquerda por um motivo biblico, os partidos de esquerda sempre são os mais preocupados com os pobres."

Então confira os resultados da igualdade comunista nos países onde ele foi implantado - além dos 100 milhões de mortos que o Pr. Renato está mostrando. Todo mundo ficou igualmente miserável, exceto os "políticos profissionais", esses eram sempre mais iguais que os outros.

9 de junho de 2011 01:09 comment-delete

Acho que essa postagem foi muito pertinente, pois expõe, através dos comentários, a idolatria que alguns cristãos possuem pelo esquerdismo e comunismo. No entanto, eles se esquecem que o capitalismo também é muito bonito na teoria, basta ler os teóricos do Iluminismo e Adam Smith. O capitalismo também surgiu em um momento hostil para a sociedade, durante a servidão na Id. Média, onde o destino social dos indivíduos era definido no nascimento. A servidão na Id. Média também foi apoiada pela Igreja através do Direito divino dos Reis. Da mesma forma, o comunismo é muito bonito no papel, critica os males do capitalismo, expõe os erros da Igreja e propõe uma alternativa. Mas na prática nunca funcionou como no papel, assim como o capitalismo. Simplesmente porque todo sistema econômico sempre irá recorrer nos mesmos erros, na ganância e torpeza do coração humano. O problema não é o comunismo ou o capitalismo, mas o PECADO no coração do homem. Por isso, espante-me ver cristãos apostando todas as suas fichas em um sistema que nega e promulga a não-existência de Deus, acreditam que uma proposta bonita no papel possa funcionar na prática, quando na verdade toda a injustiça, miséria e ignorância ao nosso redor é consequência exclusiva do pecado. Tais males continuarão a existir enquanto houver pecado. E nenhum sistema humano, nem mesmo a Igreja institucionalizada, pode nos livrar do pecado, apenas a MARAVILHOSA GRAÇA DE DEUS pode fazê-lo.

Lílian
9 de junho de 2011 05:11 comment-delete

Rev.
gostaria de lhes parabenizar pelos posts sobre política! é de extrema importância para igreja, que os teólogos falem mais sobre esse tema. pois vivemos em tempos onde nossos irmãos cada vez mais se deixam seduzir pelas cosmovisões mundanas, as quais vestidas de falsa piedade ensinam principios os quais vão de encontro com as escrituras. como é o caso do socialismo-científico!
O sistema Marxista é impraticável, pelo simples fato, de que sua forma simplista de interpretar a historia através das lutas de classe não oferece uma ampla visão de individuo e sociedade, as quais acredito serem necessárias para a construção de um sistema político e econômico. Ele é anti-bíblico pq estabelece uma relação entre os indivíduos e o estado totalmente diferente da que encontramos no ensinamento bíblico.
rev.
percebi, que a grande insatisfação da parte do leitores do seu blog(os simpatizastes do comunismo)foi pq o senhor atacou o chamado socialismo real e na verdade eles defendem o ideal proposto por max. eu não me admiro, que tantos cristãos sejam simpatizantes dessas doutrinas, visto que, o atual ensino nas igrejas tem sido muito superficial. os ministros tem espiritualizado tanto o ensino escriturístico, que o cristianismo de muitos tem se aproximado cada vez mais do gnosticismo! É como se as escrituras não oferecessem respostas claras sobre questões práticas, os conceitos de amor, justiça são mostrado como algo subjetivo, enquanto que, as escrituras claramente nos aponta o caminho para tais principios serem aplicados em cada área das nossas vidas. A omissão dos ministro tem levado a cristandade, buscar em outros lugares respostas para as mais variadas perguntas.
Peço ao Sr. que nos escreva uma refutação (com base bíblica) ao sistema ao invez de uma critica a prática. se for do seu agrado!

soli deo glória!


Luciano Cavalcanti

Anônimo
9 de junho de 2011 11:05 comment-delete

"O problema não é o comunismo ou o capitalismo, mas o PECADO no coração do homem. Por isso, espante-me ver cristãos apostando todas as suas fichas em um sistema que nega e promulga a não-existência de Deus, acreditam que uma proposta bonita no papel possa funcionar na prática, quando na verdade toda a injustiça, miséria e ignorância ao nosso redor é consequência exclusiva do pecado. Tais males continuarão a existir enquanto houver pecado. E nenhum sistema humano, nem mesmo a Igreja institucionalizada, pode nos livrar do pecado, apenas a MARAVILHOSA GRAÇA DE DEUS pode fazê-lo."
E toda essa ignorância serve pro capitalismo tbm!

Acho que a Lilian ja resumiu esse debate! Da pra ver as milhares de interpretações sobre o tema, e como cada um demoniza o do outro. O que me deixa mais abismado, é como uns odeiam o esquerdismo de qualuqer tipo, e defendem o sistema lixo que está agora, isso que me fez entrar no debate! O CARA DEMONIZA UNS REGIMES E "ADORA" E DEFENDE OUTROS, ISSO PRA MIM É UMA TROCA DE DEMÔNIOS.
Na história da humanidade secular, não tem espaço para "maniqueísmos", da pra ver que pelo menos aqui tem disso, uma visão super simplista e ingênua da história "comunismo=mal, capitalismo=democracia" isso é uma piada! È isso que me indigna! Assistam: "Capitalismo uma história de amor!" de Michael Moore, onde mostram padres e reverendos falando sobre capitalismo e cristianismo e como isso não bate, leiam "Jesus quer salvar os cristãos" de Rob Bell, uma crítica aos impérios eclesiáticos que aderem ao sistema e como todos, visam o lucro. Esses são os debates modernos, e ainda continuo com essa frase:

"O Socialismo(ou teria sido Comunismo) só existiu graças a incapacidade da Igreja (ou teria sido Cristianismo)de produzir uma Sociedade justa."

Eu não defendo nenhuma atrocidade que o dito "Socialismo Real" fez, assim como tbm não defendo nenhuma atrocidade da Igreja Cristã na história. Se vcs tem tanta raiva desse regime, deviam culpar os cristãos da história por não serem luz, por não fazerem a diferença, etc... talves o comunismo surgiu como uma forma humana e pecadora, mas tentando acabar com uma opressão, que foi o capitalismo. Agora faça um post falando dos males do capital tbm, pq não? Faça um para igreja tbm! pq não? Ai a gente pode comparar e ter mais noção, e não falar como crianças!!

"Deixe o capitalismo reinar que tudo ficará bem, a revolução não será televisionada mesmo, pq vai ter tanto programa de "crente" enganando as pessoas na TV, que Jesus virá, como num piscar de olhos e ninguém vai perceber... viva o capitalismo! Viva a demôniocracia!"

9 de junho de 2011 13:17 comment-delete

Bota algum link nos posts pra compartilhar com o Facebook também, assim facilita a distribuição! Blz?

10 de junho de 2011 01:56 comment-delete

Bom dia, amado.

Concordo plenamente com você que tanto o socialismo como o comunismo não são formas bíblicas de governo. Apenas a título de esclarecimento, Cuba não é comunista, e sim socialista - antes fosse comunista. Comunismo é onde "tudo é de todos" (em teoria). Já no socialismo tudo é do governo e nada é do povo (Cuba).

Espero ter ajudado.
Um abraço!

Filipe Luiz C. Machado
www.2timoteo316.blogspot.com

10 de junho de 2011 08:39 comment-delete

Pr Renato

A argumentação dos assinatos cometidos pelo comunismo/socialismo é boa, calcula-se que as tentativas de implemetação do marxismo no mundo é responsável direta por mais de 100 milhões de mortes. mas quero me deter na questão Biblica:

1. O comunismo em si é antibiblico, pois esta admite a propriedade privada em dois mandamentos o 7º e o 10º
2. Segundo o livro de Proverbios a riqueza deve ser produto de trabalho arduo e poupança. A indolencia e o sustento pelo estedo ou por qualquer outra pessoa não é admitida, pois quem não trabalha não come.
3. As que não podem trabalhar seja por limitação corporal ou social, caso das viuvas nos tempos biblicos, que são os necessitados,devem receber assitencia da sociedade civil e não do estado (vide lei da debulha, caso de Rute)
4. O caso da igreja primitiva em Jerudalem não é normativo para todos, pois aqueles crentes resolveram vender suas propriedades para ter com que acudir aos irmãos necessitados por amor e não por imposição estatal, tanto é que Pedro diz a Ananias que ele podia ter ficado com parte da venda sem necesseriamente mentir ao Espirito Santo. O exemplo de Jerusalem foi ótimo para o desenvolvimento da doutrina Crista, pois, quando os crentes de Jerusalem passaram necessidades,em parte porque não tinham mais bens, Paulo organizou uma coleta nas Igrejas da Galacia e escreveu para os Irmãos em Corinto de como a disposição do coração deve guiar a doação.
5. Paulo diz que o critão deve pagar tributo ao estado para que este lhe garnta a vida e a propriedade, como descrito em Romanos 13, esta estória de estado social é criação do socialismo.
Mais, fica para uma próxima

Abs

Cleber Leite - Teresina/PI

10 de junho de 2011 09:18 comment-delete

Luis Henrique,

Mas eu consigo entender o que vocês consideram comunismo!
Primeiro, vcs confundem o Comunismo em si, com o que foi implantado na China e Russia. Pra vcs valem mais o nome Comunismo do que a ideia Comunismo. Era esse o meu argumento. A ideia do comunismo é boo, o que não é bom é a forma como ele foi implantado, que tem a mesma semente de corrupção do Capitalismo. Nós. Somos todos pecadores e qualquer sistema implantado por homens será tão maligno quanto o Comunismo e o Capitalismo (sendo que considero o segundo muito mais maligno que o primeiro, e hipocrita!).

Outra não é ignorancia ignorar o nome socialista no partido de Hitler, mas é conhecimento saber que ele de socialista só tinha o nome, tanto que não pensou em momento algum se aliar a Russia socialista, antes preferiu abrir duas frentes de batalha (usando a mesma estrategia que Napoleão perdeu a guerra) do que se aliar aos socialistas. Não confundam nomes com ideia.

Cleber Leite,

Não confunda admitir com concordar. A biblia admite isso nos 10 mandamentos, mas leia toda a lei e vai ver que os campos era do Senhor. E aqueles que plantavam não deveria colher as laterais, pois essas eram dos viajantes.

Todos,

Não estou defendendo um ou outro sistema. Estou fazendo apologetica. Vocês defendendo um e acusando outro estão se distanciando da Biblia, pois lá está escrito que todo o mundo está sob o maligno!

10 de junho de 2011 11:01 comment-delete

Victor,

se você tivesse pelo menos assistido ao vídeo não continuaria escrevendo bobagens. O que Marx propunha era uma revolução proletária que eliminaria a "classe dominante".

É desse derramamento de sangue que o vídeo trata, e comprova mostrando escritos originais de Marx nos jornais e sua convocação à classe proletária à guerra, e faz uma comparação com a ideologia do partido Nazi. Resultado: eram idênticos, o segundo era uma cópia do primeiro.

Não existe nada de bíblico no comunismo marxista, stalinista, leninista ou qualquer-outro-ista. Não é o caso de uma ideologia boa que foi deturpada por homens maus. Antes é uma das idéias mais perversas que a humanidade já viu, tendo em vista o número de pessoas que pensam que comunismo é o mesmo que "pregar igualdade" e desconhecem seus fundamentos e que suas vítimas são maiores do que os mortos na primeira e segunda guerra mundial juntos.

Outra: se você acredita no comunismo, não existe propriedade privada. Se não existe propriedade privada a ordem divina de não roubar é um absurdo, como alguém já citou antes. Mas talvez o comunismo seja uma idéia correta e a bíblia esteja equivocada, nesse caso eu passo logo na sua casa pra pegar esse computador que você diz que é seu, mas na verdade é nosso e eu quero usufruir deste bem que pertence a humanidade.

10 de junho de 2011 20:15 comment-delete

Luis Henrique,

Me adimiro como vcs distorcem o que eu disse. Eu não falei que concordo com Marx!!!! Mas também não falei que não concordo. Lembram do que Paulo disse, observai tudo e retei o que é bom? Porque desejamos que tudo seja branco no preto? Marx questionou o capitalismo, e propos um sistema "novo". Não coloco como novo, porque a biblia falava de um sistema que as terras era de Deus, que poderiam ser trabalhadas como deveria, mas que ao fim de 50 deveria voltar aos donos originais. Não consigo ver isso em um sistema capitalista! Isso se reaproxima mais de um sistema social (nao socialista!!!!). Teria um pouco de reforma agraria.

Vocês não estão vendo que essa dualidade, branco x preto, socialista x capitalista, é demoniaca (não quero colocar a culpa no demonio, a culpa é nossa, mas o termo é bom!).

Analisar esses sistemas a luz da democracia brasileira dos anos 2000 é muito facil falar que mataram cristãos e pronto. Agora analisem isso a luz do imperio russo dos anos 1910. Ou analisem isso a luz do regime anti-democratico de Cuba dos anos 40. Vejam que avanços sociais Fidel deu a Cuba. Leiam a história como a história deve ser lida, e não branco no preto. Usem a inteligencia. Retei o que é bom.

Marx viu o problema. Não tenho receio de dizer que Deus o usou. Não sei se ideias como Missão Integral existiriam sem o pontapé inicial de Marx (se Marx não desse outra pessoa daria, pois Deus está no controle da história)

A "luta" de vocês é burra e anti-cristã. Na verdade vocês nem estão defendendo interesses de vcs, estão apenas abraçando ideias do mundo ao nosso redor (Rm 12:1)

Deus os ilumine... ou melhor, PENSEM!!!!!

12 de junho de 2011 12:43 comment-delete

Francamente, o que se lê nos comentários e no texto do post é um excesso de bobagens sem fim!

Caro irmão Renato, esperava mais do senhor. Faça uma pesquisa mais aprofundada na história e na geopolítica mundial e quem sabe assim vc evita falar bobagens!

Essa criancisse da propaganda americana que o capitalismo é o salvador da pátria é no mínimo patético!

P.S: Não sou comunista, mas tbm não defendo o sistema opressor que mata todos os dias chamado capitalismo!

Daniel Leal
3 de julho de 2011 03:25 comment-delete

Sobre o Socialismo - e as idéias de Karl Marx recomendo que os que defendem esse sistema leiam o que o própio Marx disse: “Tenho a certeza de que perdi o céu por culpa própria. A minha alma que antes pertencia a Deus, está destinada ao inferno. Ah, a eternidade é o nosso tormento, o nosso martírio eterno.” ( D. blasse Maid, Seg. ME. Vol I-1. P. 55-57).
Outras frases do queridinho dos socialistas “Nada, senão a vingança, restou para mim." “Eu desejo me vingar contra Aquele que governa lá em cima.”
Apenas com essas declarações eu rejeitaria qualquer escrito desse herege, mas alguns ainda acham que a teoria dele era boa - a prática que foi errada. brincadeira né? Eu mesmo tenho conhecidos que são comunistas que afirmam que Marx nunca mostrou como deveria ser implantado o sistema, ou seja só ficou na teoria, ora de que adianta só a teoria sem a prática?
Não defendo o capitalismo como sendo o sistema perfeito, mas entre ele e o comunismo, sem dúvida prefiro o capitalismo. O Estado deveria ser como está escrito em Romanos 13, punindo os criminosos, e não querendo se tornar o própio Deus.
Pros esquerdistas e socialistas, aprendam com Winston Churchill "O vício inerente ao capitalismo é a distribuição desigual de benesse; o do socialismo é a distribuição por igual das misérias."

PS: Fico imensamente feliz por ter conhecido o Renato Vargens, e sou extremamente abençoado por ter junto a mim Pr.Judiclay Santos e Pr.Fabio Luciano. Deus continue a nos abençoar derramando sua graça, e nos dando sabedoria para continuar nossa caminhada.

Marcos Lourenço

7 de novembro de 2011 12:43 comment-delete

Existe uma tolice enorme dita por alguns que comentam a favor do comunismo: "o verdadeiro comunismo não foi aplicado na prática". Isso é uma ignorância sem tamanho. O que Marx dizia era que o sistema comunista chegaria inexoravelmente, não porque ele quisesse, mas porque as "leis da história" assim determinavam. Ele dizia que o comunismo só aconteceria depois de se passar pelo socialismo, que segundo ele, seria um sistema DITATORIAL, porém extremamente "justo" e "próspero".

Bom, vejamos o que realmente aconteceu. A URSS foi a primeira experiência de "socialismo marxista" e foi realmente ditatorial, e como toda ditadura foi bastante injusta (na verdade, foi muito mais injusta que as ditaduras de então). Além das injustiças e violência indizíveis, depois de alguns anos, ficou evidente para os próprios marxistas soviéticos que o socialismo não trazia mais prosperidade, porém pobreza. Para evitar que a produção caísse tanto ao ponto da economia implodir, fizeram um sistema meio misto, com cooperativas que competiam, sendo sua renda dos cooperados, pois as fazendas puramente estatais eram um fracasso. Além de tudo isso, era evidente que a ditadura não era o "proletariado" (a maioria da população) dominando as outras classes (a minoria) mas exatamente o contrário, a hierarquia do partido dominava a todos com sede de poder insaciável. Logo, falha outra previsão, a eliminação gradual das classes. Pelo contrário, a diferença de poder entre a classe dominante e o povão torna-se tão grande que lembra a situação dos antigos regimes orientais, inclusive na deificação do rei (agora chamado de “secretário geral do partido”). Então até aqui, três previsões fundamentais falhadas. Como sobrevivia uma economia assim? Com trabalho escravo (essa era uma das principais razões de existir o Gulag), com contrabando, com mercado negro, com a corrupção de empresários estrangeiros e com grandes doses de espionagem industrial.

Uma vez que até aqui as coisas não funcionaram, as outras previsões não se poderiam cumprir, e isso era evidente para os próprios soviéticos. Se o sistema produzia pobreza e não riqueza, necessitando dos regimes de livre mercado que estavam fora, é evidente que a sua aplicação no mundo inteiro (como a teoria previa) levaria à pobreza universal, e não à prosperidade universal. Desta forma, jamais se passaria à fase seguinte (o sistema comunista em si, com abolição do estado). Continua...

26 de dezembro de 2011 23:14 comment-delete

Havia mais uma razão que tornaria a implantação do comunismo impossível: A ditadura gerada pelo sistema socialista era da hierarquia do partido e não do "povão" sobre as outras classes. Ora, se a burocracia do partido, a polícia política e o exército exerciam o poder, eles eram a nova classe dominante, e não teriam interesse nenhum, mesmo que o mundo inteiro se tornasse socialista, em abdicar do poder, elimando a existência do estado (idéia que em si já é ridícula). Arrisco dizer que todos os "comunistas" inteligentes jamais acreditaram nessa fase final fantasiosa. Ora, mas essa fase final era o próprio comunismo. Portanto, o comunismo (o fim da história, sem estado) era, na mente de todos os que realmente entendiam o que estavam fazendo, apenas um mito que manteria indefinidamente uma ditadura da hierarquia do partido e o sistema de repressão.

Não cabe aqui discutir se a teoria foi "aplicada corretamente" porque ela não pretendia ser uma teoria prescritiva, mas descritiva. Marx afirmava que estava prevendo o inevitável fim alvissareiro da humanidade. Se as coisas não acontecem como ele previu, ele já está errado.

Por outro lado, aparentemente nem ele acreditava que suas previsões fossem verdadeiras, pois conscientemente fraudou a apresentação de dados estatísticos ingleses. Sua teoria, não crida como descritiva pelos seus seguidores mais inteligentes, foi na verdade usada como justificativa para a implantação de ditaduras totalitárias abomináveis e miseráveis. Nesse sentido, eu diria que o marxismo abortou o surgimento de uma era de mais paz e prosperidade, que a melhoria da tecnologia permitiria.

Alguém dirá então: O marxismo falhou.
Falhou nada. Os sedentos de poder tiveram sucesso em oprimir usando a luta contra a opressão como pretexto. Genial, diabolicamente genial. Uma história de lamentável sucesso...

26 de dezembro de 2011 23:15 comment-delete

Quanto àqueles que comparam o comunismo com a igreja de Jerusalém, temo que tais pessoas não seriam capazes de diferenciar sexo de extupro...

27 de dezembro de 2011 00:18 comment-delete

Caro Pr. Renato Vargens, sugiro que repense esta frase incluida em seu artigo acima: " Quanto aos pontos coerentes com a Bíblia, em qualquer ideologia política, estou pronto a admiti-los, já que toda verdade vem de Deus". É sabido de muitos que o PT está comprometido como partido com a Agenda Gay e a liberação do Assassinato de bebês no ventre da mãe, que se acostumaram chamar de aborto tambem. Isto posto existem pontos dentro da agenda do PT que casam com os princípios Bíblicos, mas devido a esta postura jamais um cristão deverá se filiar a um partido como este e bem como a seus coligados que o apoiam. O irmão deixou de considerar este ponto de vista, ou se esqueceu dele? Sinceramente, gostaria de saber de seu ponto de vista. Apreciei muito seu artigo e confesso que estou lhe conhecendo melhor agora e temos muito mais em comum. Basta o irmão rever sua postura contra os pentecostais que fui obrigado a escrever um artigo que foi publicado pelo Gospel+, com o titulo: GospelMais ou GospelMenos. Obrigado e um forte abraço. Rev. Alberto Thieme e gostaria que incluisse meu email defesa_hetero@yahoo.com. Aproveite para ver nossos blogs www.defesahetero.org(sobre familia, casamento sexualidade e gayzismo), e ajuda a homossexuais que queiram deixar a pratica homossexual; e o www.profichalimpa.org (sobre politica).No http://exgaysfalam.blogspot.com, oirmão vai encontrar cerca de 140 testemunhos em video e em artigos que tem sido muito acessado. Aproveite para conhecer nosso trablaho

29 de setembro de 2013 14:18 comment-delete

Obrigado pelas dicas irmão Alberto Thieme.

Eu repudio o comunismo, o Partido dos Trabalhadores e sua agenda anti-cristã.

Em Cristo,

Renato Vargens

30 de setembro de 2013 21:17 comment-delete

APÓSTATA
Membro de igreja evangélica que afaga o Comunismo é apóstata.

6 de março de 2016 00:18 comment-delete