quinta-feira, março 24, 2011

Pastores performáticos

Por Renato Vargens


Hoje pela manhã gravei um programa de TV na Rede Boas Novas cujo tema foi "Pastores Performáticos". Na ocasião, foi perguntado aos entrevistados se seria válido usar como subterfúgio diferentes tipos de manifestações "artísiticas"  com o objetivo  de alavancar o auditório.  Para exemplicar a coisa o apresentador do programa passou dois vídeos, os quais reproduzo abaixo.

Pois é, não precisa nem dizer que sou veemente contra a isso e que  repudio de forma  taxativa os que usam deste substerfúgio em seus cultos.  No entanto, lamentavelmente nos dias de hoje, ao contrário do que gostaríamos, percebemos que  em boa parte das igrejas ditas evangélicas, existe um número significativo de pastores que em vez de pregar a santa Palavra de Deus, transformaram-se em exímios animadores de auditório. Para prender a atenção do seu público, contam piadas, pulam, fazem caretas, caras e bocas e muito mais, isto sem falar nos jargões que sem dó e piedade são vomitados em nossos ouvidos.

Há pouco ouvi uma mensagem completamente bisonha. Usando um “polido” “evangeliquês”, um famoso pregador não falava “lé com cré”, antes pelo contrário, o pastor em questão abusava das expressões simplistas e típicas do neopentecostalismo.

- Fique de pé, meu irmão e dê um grito bem alto para que o inferno estremeça.
-Dê uma grande salva de palmas a Deus e zombe do diabo.
-Amém ou não amém?
- Somos "cabeça" e não cauda.
- Decrete, determine.

Caro leitor, lamentavelmente a Igreja deixou de ser a comunidade da Palavra para ser a comunidade do oba-oba! Triste não? Sem sombra de dúvidas o quadro em questão nos leva a seguinte indagação: Para onde a igreja brasileira está indo? 

Pois é, do jeito que coisa anda, Silvio Santos que se cuide, porque caso contrário, poderá perder o emprego.

Pense nisso!

Renato Vargens
 


Atalaia de Deus disse...

Querido pastor Renato, há pouco tempo pastoreava uma igreja em mossoro, meu ministério era específico, trabalhava com os Jovens. Uma grande dificuldade que tinha lá era o fato deles quererem que eu os animasse. Queriam pular, queriam dançar, queriam gritar em nome de Deus. Chegou o cúmulo de um lider, responsável pelo louvor dizer pra mim: "Pregações boas são as do André Valadão. Ele fala a língua dos jovens, ele pula, ele anima. Teve até uma vez que ele desceu de rapel na igreja. Muito bom. O senhor podia fazer assim também."
Essa é a mentalidade do povo que diz que é de Deus.
A fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus. Creio nisso de todo o coração.
Esse mesmo camarada, em outra oportunidade, disse: "Pastor, as vezes tenho vergonha de trazer alguns amigos descrentes que eu tenho, o senhor prega com muita dureza. Num gosto não. Eles pra se converterem precisam se sentir bem na Igreja."
Ai eu me pergunto: Onde vamos chegar assim?
Deus tenha misericórdia de nós!
Sola Scriptura!

Wilton Lima disse...

Olá pastor...
Sou grande admirador do seu trabalho!
Sempre posto alguns de seus textos no meu blog #Assuntados...
Gostaria mto de ter meu link aqui em seu blog, se possível!
Grande abraço!!

Wilton Lima

Pastor Edson Sobreira Alves disse...

É isso mesmo, caro pastor Renato, a visão mercadológica da Palavra de Deus tem aumentado ao longo dos últimos anos e infelizmente estas igrejas estão cheias de seguidores buscando algo que os façam sentirem felizes de qualquer forma. Mas, tudo isso é devido a falta de informação do verdadeiro Evangelho, talvez o povo de Deus têm negligenciado o verdadeiro testemunho, o evangelismo mais direto levando as Boas Novas de forma mais eficaz, de certa forma somos um tanto responsáveis, devemos chamar a atenção dos nossos vizinhos, parentes que frequentam estas igrejas com lideres que só querem arrembanhar números maiores de seguidores para atingir a cota de cada mês, para enriquecerem.
Um abraço.

Pastor Edson Sobreira Alves

Silenio de Sousa e Silva disse...

Reverendíssimo, Pastor;

Seria possível, o sr. me autorizar a postar algumas materias suas no meu Blog?

Grato,

Pr. Silenio de Sousa
Saquarema - RJ

Felipe(soldado de cristo) disse...

Atalaia de Deus


o pior é que tá assim...o uqe mais me preocupa é pq provavelmente nenhum deles são de fato convertidos( pois na verdade são convertidos a uma heresia que reduz igreja a um parque de diversão) mostrei um pedaço da pregação chocante para um amigo pentecostal e ele chamou a pregação de terrorista...não querem saber de bíblia querem saber só de se divertir( é claro que para quem tem a graça de Deus, ser bíblico é mais divertido que qualquer outra coisa)

principio regulador de culto, já!

Alexandre disse...

Paz seja com todos!

Esse assunto não é hodierno...
Spurgeon enfrentou esses colegas de ministério em seus dias e até foi inspirado a ministrar "Alimentando as ovelhas, ou divertindo os bodes".
Esse cassino do Chacrinha no qual transformaram os pulpitos tem total apoio dos administradores das igrejas, que têm suas metas de receita para alimentarem seus égos e enviar suas contribuições para suas fraternidades secretas!
A palavra de ordem é agradar para receber ($$$).

Que DEUS nos livre desse mal de terno e gravata!

Em Cristo,
Alexandre.

Cid disse...

Boa tarde Renato! Queria dar uma sugestão de postagem.

Infelizmente este material de coisas que parecem ofuscar a glória de Deus é abundante em nossa realidade. E confesso que deixei de ler alguns blogs por estar ficando estressado e evitar o risco de depressão.

Queria te apresentar a sugestão de falar sobre uma música, não musicalmente falando, mas seu conteúdo, pois vejo nele a realidade que DEVERIA ser a nossa realidade(acredito que pela falta da mesma, pessoas tomam rumos tão diferente), não digo sobre outras pessoas, mas de mim mesmo, que por me preocupar com estas demais coisas, acabo por não ver "coisas" simples que gritam pelo Amor.

Vendo o vídeo você entenderá, acredito que você tem facilidade em expressar isto que quero dizer.

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=W2AD68ObUm8

Para ver que o que ele canta é o que ele vive, vá neste site http://pt.wikipedia.org/wiki/Keith_Green e procure sobre seu ministério.

É só uma ideia, sua atenção em lê-la já me deixa satisfeito.

Obrigado!

fakiquite disse...

Jesus e Sua Verdade já não bastam... quanta infelicidade!

Renato Vargens disse...

Pr. silênio,

Por favor fique a vontade, peço somente que não esqueça de mencionar os créditos autorais.

Abraços,

Renato Vargens

Aline disse...

Pr. parabéns no Senhor Jesus pela participação no programa. Pude assistir e fiquei feliz pela sua postura e do Pr. Daniel.

Mas essa "palhaçada toda" e que podemos até chamar de "circo dos horrores" nos mostra cada vez mais a fidelidade do Senhor, pois sua palavra tem se cumprido,Maranata, Ora vem Senhor Jesus!!! Que Deus continue lhe abençoando.

Anônimo disse...

Aqui de Tabatinga-AM, assisti ao programa também. É verdade que tais "recursos"(ou sinais de falta de conteúdo?) estão sendo cada vez mais exigidos para o "sucesso" de um ministério. Por outro lado, não me imagino um sisudo poste que fala, ao pregar a palavra de Deus. Em busca deste equilíbrio, recorro ao Mestre. Ele "ensinava" como quem tem autoridade, e não como os escribas... Viram? E N S I N A V A ! É isso que a palavra tem que ser! Ensino! Quantas vezes perdi tempo indo a cultos onde o pregador apenas exaltou a situação dos presentes por serem cristãos, ou falou mais das coisas espirituais futuras do que sobre a aplicação prática da palavra! O Pr Silas Malafaia resumiu em uma frase, mais ou menos assim: "Nossas mensagens não devem elevar o povo a um estado de alegria espiritual, para logo em seguida, ao terminar o culto, a pessoa sair da igreja e perceber que a vida dela não é aquele culto maravilhoso. Nossas mensagens devem levar o povo a conhecer a Deus, e a sair da igreja decidido a mudar alguma coisa em suas vidas, para serem melhores PARA DEUS." Este é o nosso papel amados! Agora, não sejamos tolamente sizudos, antipáticos, autoritários. Antes sejamos gentis, mas firmes, simpáticos, mas verdadeiros, afáveis, mais inflexivelmente comprometidos com a verdade do evangelho! Que Deus nos abençoe em Cristo, para sermos todos uma nova geração de homens e mulheres que, deixando os modismos deste mundo, façamos a diferença entre aqueles que se proclamam servos de Deus, e de fato não são.
Presbítero Natanael R. Albuquerque - Assembléia de Deus em Tabatinga-AM

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only