sexta-feira, agosto 06, 2010

Uma Igreja Carente, mas Fiel.

Por Renato Vargens

A Igreja Haitiana já era pobre, depois do terremoto de 12/01, se tornou mais pobre ainda.

Durante os dias que estive no Haiti pude verificar que dezenas de igrejas evangélicas foram completamente destruídas. Na verdade, vi pouquíssimas igrejas cujas construções não haviam sido danificadas pelo cataclisma de janeiro. Contudo, apesar da dor e do sofrimento proviniente do desastre, em nenhum momento vislumbrei qualquer tipo de reclamação ou murmuração por parte da Igreja Haitiana.

Confesso que estou impressionado com a forma com que os haitianos cultuam a Deus. Os louvores cantados em seus cultos em momento algum exprimem valores antropocêntricos. Não vi, nem tampouco presenciei canções que fazem alusão a prosperidade terrena. Além disso, não presenciei nos momentos de louvor com música, apologia a quebra de maldições e confissão positiva. Na hora das ofertas não vi ninguém incentivando o povo a ofertar tudo o que tinha em troca da unção dos últimos dias. Não testemunhei ninguém comercializando a unção da nobreza, nem tampouco observei pastores reivindicando titulos patriarcais.

Caro leitor, de fato a igreja haitiana é pobre, no entanto, apesar da sua imensa pobreza pude perceber que ela continua fiel ao seu Senhor, e que ao contrário de parte da igreja evangélica brasileira que é rica, mantêm-se firme não negociando os valores cristãos.

Pense nisso!

Renato Vargens
Anônimo disse...

caro Pr. Renato,
O Haiti não é um país(mercado), para essas seitas da prosperidade. O povo é pobre e sendo assim, os crentes haitianos são incapazes de sustentar os projetos megalomaníacos dessa gente.
gde abço
Paulo

Ednaldo disse...

"Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico),..." Ap. 2.9a

Alberto Couto Filho disse...

Pr. Renato
Em paz
Alguém, provavelmente um sectário da malfadada teologia da prosperidade, comentou assim sobre um artigo em que se faziam alusões igualmente oportunas, pertinentes e inteligentes:
'Cada indireta que vocês jogam aumentam mais as dúvidas dos crentes. A inveja de vocês é flagrante e só serve para espalhar e não para ajuntar. Leiam a Bíblia com mais atenção" (????!!!!)
Esse alguém, quero dizer “ninguém’, até que tem razão - os incautos burlados já estão "pirados" com duas dentre “N” dúvidas criadas pelo não recebimento das bênçãos “negociadas”.
Vamos a um teste simples de múltipla escolha:
1 - Por quanto estamos comprando as bençãos?
a) 1000,00?
b) 900,00?
c) 610,00?
d)NRA
2 - Quando resgatar o valor investido, acrescido das bençãos?
a) antes de janeiro de 2010?
b) depois das eleições?
c)até a copa de 2014?
d)NRA
Pastor Renato, postagens como esta e as anteriores, alusivas à pobreza dos haitianos bem que poderiam estar levando dúvidas aos rufiões da prosperidade, tais como:
a) Por que separar "algun$" para os haitianos? Nós não oferecemos ajuda nem às vítimas do Morro do Bumba em Niteroi!
b) Por que não investir em 138 países, com a inclusão do Haiti? Ah, lá não tem TV.
c) até quando vou conseguir ludibriar os chamamos "trouxas"?
d) Onde foi que o JIM BAKKER errou?
Enganam-se os que imaginam que troco a indignação pelo bom humor. Estamos, realmente, indignados, ao tempo em que estamos permanentemente em oração para que tenha um fim esta perversa esfoliação espiritual nestas igrejas apóstatas, heréticas em que a Palavra é falseada em razão da sórdida ganância de falsos pastores/profetas.
Prossiga pastor Renato, pois Deus é contigo.
Eu também, seu conservo em Cristo
Alberto Couto Filho

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only