O povo tem os politicos que merece.


Por Renato Vargens


Nesta semana que passou dediquei parte do meu precioso tempo para assistir o horário politico gratuito dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Confesso que fiquei extremamente impressionado com o que vi e ouvi. Parecia que estava asssitindo um verdadeiro show de horrores, onde os  protagonistas tentavam convencer o eleitor de suas aptdões afim de representá-lo nas Assembléias legislativas e Congresso Nacional.

Candidatos como Maguila, Marcelinho Carioca, Romário, Vampeta, Netinho, Reginaldo Rossi, Tati Quebra-Barraco, Tiririca,  Ronaldo Esper, Pedro Manso, Dedé Santana, Mulher Melão, Mulher Pera dentre outros tantos mais, me trouxeram a convicção de que verdadeiramente o povo tem os políticos que merece.

Pois é, como bem disse o ex-presidente francês Charlles de Gaulle, "Le Brésil n’est pas um pays sérieux" 

Deixa a vida me levar, vida leva eu!

Renato Vargens

9 comentários:

Tenho que concordar..
Até nós mesmos, na nossa omissão, merecemos esse circo, de tanto a gente nao dar valor, tem quem aproveite...
Temos que nos importar sim, pq somos diretamentes afetados por quem está lá. Se nossos representantes são uns palhaços, logo, consentimos com isso, ficando calados, tornando-nos, também, uns palhaços

Graça e Paz

30 de agosto de 2010 09:08 comment-delete

Isto é democracia ! o pior é que nós participamos deste picadeiro.
Irresponsável público o show começou.

30 de agosto de 2010 11:09 comment-delete

faltou a Geisa.. uma personagem bem conhecida aki em sp!!!

e a frase " pior do que esta não fica" pronunciada por um candidato" uahauha

eh pior q esta pode ficar sim!!

30 de agosto de 2010 14:39 comment-delete

Eles não tem vergonha na cara.A politica virou a forma mais facil de se ganhar dinheiro hj em dia e sem trabalhar.Quer ganhar um bom salario, vantagens e etc.....Ganhe uma eleição! Seja pra que cargo for!Seja politico!Estou enojada com o que estou vendo e ouvindo desses oportunistas.

30 de agosto de 2010 16:23 comment-delete

Era mais fácil quando o Brasil era governado no Império? Ou na primeira República? Ou no Estado ditatorial de 30 e 64?
O sistema político brasileiro precisa de um aperfeiçoamento institucional. É preciso mostrar para os jovens que é imprescindível participar da vida política através do voto, mas além disso, da candidatura em cargos eletivos.
Não adianta acreditar que o problema está nesses candidatos hilários. O problema reside na descrença em mudanças.
Existem políticos em Brasília há cinco mandatos que estão lá para defender os empreiteiros, os evangélicos, os católicos, os banqueiros.
Não me sinto representado no congresso. Não por conta de Tiririca ou Mulher Pera, o problema está na descrença na política partidária. O espaço público esta deteriorado, com isso precisamos de alternativas.
Esses candidatos ajudam-nos a interrogar o que estamos fazendo para aperfeiçoar o sistema político no Brasil. Isso sim é importante.
A melhoria passa por uma formação política consistente nas escolas e universidades. Perpassa também pela participação na vida comunitária,onde compreende-se os problemas sociais; a vida cultural do bairro e das cidades; o problema da saúde pública e da segurança etc.
Não sei em que contexto Charlles de Gaulle falou isso sobre o Brasil. Mas a França conservadora do qual sua voz ecoava é exemplo do que havia de pior. As mulheres deviam pedir autorização aos maridos para emitir opinião. Acredita numa coisa dessas acontecendo na França do pós-guerra?! Não creio que Gaulle tenha autoridade moral para falar do Brasil. Na realidade, eu penso que os franceses põe muita fé em seu nacionalismo, mas esquece de que sua nação foi construída com o sangue das colônias na África.
O Brasil é uma sociedade jovem ao contrário da França. Nós estamos entre as primeiras nações que instituiu o voto feminino na década de 1930, quando boa parte dos países do norte ainda não ouvia a voz das mulheres em público.
Com isso não quero dizer que sou nacionalista. Só acho que o Brasil é um país normal, nem pior nem melhor que outras nações.
Claro que precisamos de novas perspectivas políticas. É nisso que eu acredito.

30 de agosto de 2010 17:14 comment-delete

Vou me conter, vou ficar calado.

31 de agosto de 2010 02:41 comment-delete

A culpa é nossa, transformamos a politica do nosso País nisto.
Antes os candidatos surgiam dos grêemios estudantis, das associações de moradores,vinham dos Sindicatos, pessoas que tinham ideais,eram pessoas que sonhavam com um País melhor.
Daí começamos a eleger Empresários,Médicos,Industriários,Palhaços, Comédiantes,Ladrões, Estelionatários, que surgiram para defender a classe deles.
Daí agora todo mundo quer ganhar uma grana no mole.
E o povo? o povo que se exploda!!!

Nascimento
31 de agosto de 2010 09:24 comment-delete

Política já foi coisa séria! Agora virou piada de vez! Imagino esses candidatos nas reuniões das assembléias, lidando com crime de colarinho branco e milhares de coisas e assuntos e linguagens totalmente desconhecidas para eles. Sem falar no monte de políticos mordidos com isso, vão colocá-los numa assadeira.

15 de setembro de 2010 10:17 comment-delete

OS RIDÍCULOS DOS DEPUTADOS, QUE O POVO IMBECIL OS ELEGERAM, ESTÃO BRIGANDO POR CAUSA DO SALÁRIO MÍNIMO, ESTÃO ACHANDO MUITO ALTO, MAS O SALÁRIO DELES, QUE TEVE AUMENTO DE 35%, FOI APROVADO NA CALADA DA NOITE, E FOI MUITO BEM ACEITO POR TODOS. ACREDITO QUE ESTÁ NA HORA DESSE POVO IDIOTA ACORDAR, E IR PARA AS RUAS, EXIGIR, QUE O SALÁRIO DOS PARLAMENTARES, SEJAM NO MÁXIMO 10MÍNIMOS, NÃO ULTRAPASSANDO ESTE VALOR. +/- 6.000,00 É UM EXCELENTE SALÁRIO PARA TODOS ELES, E APOSENTADORIA IGUAL A DOS TRABALHADORES NORMAIS.
VAMOS PARA AS RUAS PROTESTAR.

7 de janeiro de 2011 12:28 comment-delete