quinta-feira, março 25, 2010

Rádio Pirata Evangélica, benção ou maldição?

Por Renato Vargens

Uma rádio pirata é uma estação de radio-difusão em situação ilegal por não ter autorização de funcionamento expedida pelas autoridades governamentais competentes. As rádios-piratas são radio-difusoras cujo sinal tem alcance acima de 1000 metros e são exploradas comercialmente, além de não possuírem autorização para atingir potenciais ouvintes. No Brasil uma rádio é considerada pirata, portanto ilegal, quando não possui autorização (concessão) de serviço expedida pelo Ministério das Comunicações e licença para operar a radio-freqüência atribuída pela Anatel.

Caro leitor, assusta-me o fato de que nesta terra tupiniquim, inúmeros evangélicos achem extremamente natural a existência de rádios piratas. Se não bastasse isso, alguns pastores se aventuraram pelo caminho da clandestinidade, colocando no ar sem autorização do Estado, programas evangélicos em rádios ilegais. Ora, vamos combinar uma coisa? Evangélicos honestos e éticos cumprem e obedecem as leis de seu país. Isto posto, confesso que não consigo entender como aqueles que se dizem cristãos desobedecem escancaradamente princípios elementares da fé cristã. Sinceramente ao ouvir noticias sobre a existência de uma incontável quantidade de rádios evangélicas piratas, meu coração se enche de vergonha.

As vezes tenho a impressão de que a VACA foi paro o BREJO há muito tempo!

Rádio evangélica pirata? Eu tô fora, e você?

Renato Vargens

danalbino disse...

Eu tô fora também! Mas se a justiça fecha uma dessas rádios "evangélicas", eles entram nessa nova modalidade lançada por algumas seitas: A perseguição à obra

Joao disse...

Meu irmåo, nåo precisa de se encher de vergonha, porque, quem disse que seriam poucos a entrar pela porta estreita nåo foi o irmåo Vargens, mas sim, o Senhor Jesus Cristo. Por isso, meu caro irmåo Renato, esteja a vontade, pois, os que fazem parte dos poucos, lutam pela honestidade, mas, para a maioria dos chamados evangélicos, tanto faz, pirataria assim como legalidade, é mesma coisa. Certo que temos que lutar pela mudança, mas nåo vamos ter sonhos que contrariam o que já foi escrito.



JOAO MAPIE
MAPUTO-MOÇAMBIQUE

porele disse...

Isto é fruto de uma postura que já presenciei inúmeros "evangélicos" defenderem... O pragmatismo!

Dizem eles:

- "O importante é ganhar vidas para 'deus'..."
- "Eu até roubo pelo 'reino de deus'"
- "Eu até mato por Gezuis..."

Deus, definitivamente não é pragmático, não é só o resultado final que importa! A forma de chegar até este, devem seguir as orientações expostas na Palavra!

Abaixo o pragmatismo!

por Ele

OH ! GLÓRIA. disse...

" Nem todo usado, será aprovado."
As doutrinas individuais de cada um não fazem parte da Biblia, ensinamentos que DEUS nos deixou.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Diógenes Spartalis, diácono disse...

A Paz do Senhor Jesus.

A vaca foi pro brejo e corda foi junto. Aliás não só a corda mas a falta de censo, ética, responsabilidade, testemunho, e tantas outra coisas que os "cristãos" estão deixando de lado.
Mas, graças a Deus que a sua palavra se cumpre, dizendo que no meio do trigo há também o joio. Procuremos portanto sermos trigo, para que naquele Grande Dia sejamos recolhidos ao celeiro.

Em Cristo Jesus.

augusto elias disse...

Eu li que alguns acidentes de aviões,dentro do nosso espaço aéreo são consequências das rádios piratas.Já asssitir uma reportagem em que a transmissão de um sinal,via rádio de um aeroporto entrou em "choque" com a da rádio pirata e o fim da aeronave foi trágico!Morreram quase todos!Porque estavam conduzindo o avião pelo sinal da rádio no momento em que havia uma dificuldade que agora não me recordo se era de decolagem ou perdida na rota.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro pr. Renato Vargens,

Graça e Paz!

Parabéns pelo excelente artigo, com o qual concordo plenamente!

Hà exatamente um ano, postei artigo senmelhante no POINT RHEMA.
Se alguém quiser conferir, é só acessar o link abaixo:

http://pointrhema.blogspot.com/2009/03/radio-comunitaria-ou-pirata-gospel.html

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Pastor Jair Pedroso disse...

Graça e Paz
Como Pastor,radialista e jornalista profissional, envergonha-me a posição de certos líderes. Na nossa cidade surgiu há algum tempo atrás uma rádio pirata evangélica e a nossa postura foi de defender os evangélicos da falcatrua não compactuando com a situação. A rádio acabou fechando por determinação da Anatel. Arrumamos alguns inimigos, é verdade, mas hoje, pela graça de Deus, temos uma rádio comunitária legalizada, com 10 anos de concessão que tem sido, de fato, uma benção. É uma rádio que não executa somente programação evangélica, mas como o próprio nome diz, abre espaço para a comunidade.
Pr. Jair Pedroso
IBN Ebenézer
Casca-RS

Antonio Cruz disse...

Discordo totalmente e acho desnecessário. Alguns alegam que é uma forma de evangelização em massa, visto alcançar grande numero de ouvintes. minha pergunta é: NO BRASIL PRECISA DISSO ?. um pais onde em cada esquina tem uma igreja. em cada praça tem gente pregando. cultos familiares aos rodos. guerra por espaço pra pregar devido o grande numero de pregadores. Pastores se engalfinhando e "vasos" se chocando.

Não, o Brasil não precisa disso, nem o reino. o que está motivando a maioria não é nem o interesse pelo crescimento do reino. Mas, livrar também o seu cadinho, irresponsávelmente (diga-se de passagem)

Cadeia neles! Quer não temer as autoridades, anda correto e terás louvor delas. Rm. 13.3

Wanderson Rodrigues disse...

Ano passado, mas precisamente entre novembro e dezembro de 2010, abriu aqui na cidade Guapó-Go uma Radio pirata "gospel" alguns irmãos me perguntaram o que eu achava da nova radio evangélica, procurei ser sincero e verdadeiro em minha opinião e acabei sendo visto como um inimigo do reino de DEUS simplismente porque a minha resposta não foi exatamente o que eles queriam ouvir! E a minha resposta continua sendo a mesma: Não convém ao evangélico lançar mão de uma radio pirata para a pregação do evangelho, simplismente porque não é ético e é ilegal. Foi esta minha resposta! depois de alguns meses a radio foi fechada por motivo de denúncia e logo aqueles que estavam envolvidos e apoiando a tal radio "evangélica" pirata começaram a esbravejar e dizer que quem fez a denuncia estava persseguindo o povo de DEUS e seus ungidos, e que foram traídos por gente do proprio meio!!!!
Na minha opinião, o que importa se foi evangélico ou não a pessoa que fez a denúncia, o que importa é que o denunciante agiu correto. Imagine que você sabe da existencia de um carro furtado, então você liga para a policia e denuncia o local onde está o carro, resultado: errado é quem denunciou onde estava o carro roubado ou quem guardava o objeto de furto?
Hoje estamos vivemdo a inversão de valores, isso é resultado do tipo de evangelho que se anda pregando por ai, um evangelho diferente do EVANGELHO de Jesus Cristo.
Abraços,
Wanderson Rodrigues Silva

Alex Fajardo disse...

abaixo o link da dissertação que escrevi sobre os Evangélicos no Rádio, a atuação deles nas rádios oficiais, principalmente no quesito a conquistar as autorizações legais não são muito ortodoxas, a maioria são políticos que fazem politicagem para conseguir as concessões.

http://ibict.metodista.br/tedeSimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3032

Leandro Hüttl Dias disse...

Olá Pr. Renato.
Concordo com sua linha de pensamento, boa reflexão: NO BRASIL NÃO PRECISAMOS DISSO!
Entretanto, gostaria de saber sua opinião quando cristãos transgridem leis civis para a pregação do Evangelho ou distribuição de Bíblias, por exemplo.
Obrigado.

José Vanderley disse...

Em primeiro lugar , digo que não sou contra os evangélicos , católicos , etc . mas o que se vê , ou melhor , que se ouve hoje é um amontoado de rádios interferindo uma nas outras , acho que a faixa comercial de radiodifusão é para rádios comerciais , fazendo jus ao nome , A Anatel deveria fiscalizar , não somente as piratas , mas as legais que despejam harmônicas no espectro com altas potências impedindo a sintonia das emissoras de menor potência ...

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only