terça-feira, dezembro 08, 2009

O jogo só acaba quando o juiz apita

Por Renato Vargens
No dia 25 de outubro exatamente na hora do jogo entre Fluminense e Goiás, eu estava em um vôo do Rio de Janeiro com destino a Fortaleza. Ao chegar na capital cearense, telefonei para casa para avisar que havia chegado bem ao meu destino. Quem atendeu o telefone foi o meu filho mais velho que sem titubeios me avisou que o Fluminense tinha empatado e que segundo os matemáticos as chances de rebaixamento do FLU eram de 98,5%. Naquele mesmo instante fui tomado por um profundo desânimo que me levou a convicção de que tudo estava perdido. Meu filho, percebendo a minha incredulidade falou:

- Pai, o FLU não será rebaixado, acredite nisso.

Caro leitor, confesso que as palavras do menino entraram por um ouvido e saíram por outro, até porque, estava absolutamente convicto de que não haveria mais solução para o time de Álvaro Chaves. Lembro que não foram poucas as vezes em que afirmei que o fim havia chegado e que infelizmente mais nada poderia ser feito.

Bom, o final todo mundo sabe. O Fluminense de forma espetacular venceu quase todas partidas restantes frustrando as expectativas dos matemáticos mantendo-se na primeira divisão.

A odisséia tricolor no mínimo nos traz a lição de que enquanto se há vida há esperança e de que vale a pena lutar até que o JUSTO JUIZ assopre o apito final.

Siga em frente!

Renato Vargens

Joao disse...

Sei o quanto claramente os resultados negativos dos nossos times, podem nos levar a um daqueles desanimos......... Que as vezes nem as transgressoes contra o Divino atingem. Graças a Deus que consegui eliminar, ou melhor, minimizar esse impacto na minha vida.


JOAO MAPIE
MAPUTO-MOÇAMBIQUE.

Ricardo Mamedes disse...

É, meu amigo, agradeça ao Fred a recuperação do seu time. Na verdade foi uma reação espetacular, digna de registro. Embora lutando para não cair, quase que se pode comemorar como título.

De fato, nunca se pode desistir. Enquanto há fôlego há esperança. O fluminense que o diga!

Felicidades com o seu time e que venha mais fortalecido para o próximo campeonato brasileito.

Ricardo

Lino Rodrigues disse...

Também sou tricolor, também tinha convicção de que este ano o Fluzão cairia, estranhei muito a recuperação de um time cabisbaixo e combalido, mas na Bíblia há resposta para tudo.

Encontrei a explicação para tal "milagre" em Mateus 24:13.

Graça, misericórdia e paz.

Renato Vargens disse...

Prezado Lino,

Nem tanto, nem tanto...

abraços,

Gilbert Raposo disse...

Fiquei feliz porque nenhum time do Rio caiu, mas mais feliz pelo FLA ter sido campeão, na vida é assim não desanimemos nunca, um boxer entra no ringue preparado para ir até o último assalto, só desiste se fôr nocalteado, sejamos sempre alegres e otimistas.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Levi Bronzeado disse...

Não é porque sou torcedor do Fluminense, mas entre todos os times do brasileirão, foi o que teve mais fé, daquela inabalável que está escrita lá em Hebreus.

SALVE O FLUZÃO!!!!

Abçs,

Levi B. Santos

Antonio Mano disse...

A escapada do pó-de-arroz sem dúvida ficou para a história, principalmente, porque ganhou a simpatia nacional, inclusive dos principais rivais cariocas.

Saudações rubro-negras!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only