quinta-feira, janeiro 29, 2009

O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você.

Renato Vargens

Tenho ouvido alguns evangélicos cumprimentaram outras pessoas usando esta expressão. Entretanto, o que talvez estes não saibam, é que a frase em questão nunca foi uma expressão usada por nosso Senhor nem tampouco pelos apóstolos. Antes pelo contrário, este é um cumprimento ou uma saudação bastante comum no Sul da Ásia.

Nas culturas indianas e nepalesas, a palavra "Nemastê" é dita no início de uma comunicação verbal ou escrita. Quando dito a outra pessoa, é normalmente acompanhada de uma ligeira vênia feita com as duas mãos pressionadas juntas, as palmas tocando-se e os dedos apontando para cima, no centro do peito, a qual significa "O Deus que há em mim saúda o Deus que há em ti".

Pois é, além deste tipo de cumprimento nunca ter sido ensinado pelo Senhor e os apóstolos, usá-lo aponta exclusivamente para o desconhecimento das doutrinas fundamentais a fé cristã, isto porque, ao assegurar que existe um Deus em mim e outro em você, declaramos de modo quase que imperceptível a crença em um mundo panteísta e animista.

Carlo leitor, assusta-me o fato de a cada ano a fé evangélica se deixa levar valores, conceitos e ensinos absolutamente contrários a sã doutrina. De fato, nossa fé definitivamente foi sincretizada com doutrinas e ensinamentos das mais variadas religiões.

Creio veementemente que boa parte dos nossos problemas eclesiásticos se deve ao fato de termos abandonado a margem da existência as Escrituras. Não tenho a menor dúvida de que somente a Bíblia Sagrada é a suprema autoridade em matéria de vida e doutrina; só ela é o árbitro de todas as controvérsias, como também a norma para todas as decisões de fé e vida. É indispensável que entendamos que a autoridade da Escritura é superior à da Igreja, da tradição, bem como das experiências místicas adquiridas pelos crentes. Como discípulos de Jesus não nos é possível relativizarmos a Palavra Escrita de Deus.

Em tempos difíceis como o nosso precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento, até porque, somente assim conseguiremos corrigir as distorções evangélicas que tanto nos tem feito ruborizar.

Soli Deo Gloria,

Renato Vargens
Anônimo disse...

Pr. Renato, paz e graça da parte de Deus Pai e de nosso Senhor Jesus Cristo.
O interessante é que para os indianos não-cristãos, NAMASTE é o mesmo que bom dia, boa tarde ou boa noite para os brasileiros.
"Aproveitai as oportunidades, porque os dias são maus" - vide Efésios capítulo 5 e verso 16.

Anônimo disse...

Então quando Cristo disse: - "Se tiverdes fé como este grão de mostarda, farás as coisas que faço e ainda maiores..." - Quem faz as obras, nós humanos, Deus através de nós, ou possívelmente, Deus que habita nosso ser? Quando Cristo menciona: - "O Reino de Deus Habita em Vós..." - não estaria se referindo efetivamente a possibilidade de compartilhamos essa prerrogativa Divina, de possuírmos, todos nós, seres humanos, independente de religiões, filosofias e conceitos separatistas e individualistas, de sermos "Templos" de Deus? Como sermos Herdeiros, filhos de Deus, porém diferentes em sua Essência... E quanto a sermos imagem e semelhança? Se acreditamos ser Deus o criador de tudo que existe, pode a criatrura não possuir elementos do seu Criador? Inclusive irmãos que professam outra fé, em que com apenas algum estudo básico, podemos averiguar que todas, tem em sua liturgia a crença em um Ser maior,Único, maior que todas a "divindades" ou "demônios" (Daimon - raiz Grega, significa, "Deus", "poder divino", "gênio", "inteligência", e se emprega para designar os seres incorpóreos, bons ou maus, sem distinção), ou seja, podemos averiguar que independente da religião professada, todas levam ao mesmo Deus, com nomes, roupagens, aspectos diferentes, mas o mesmíssimo Deus, Pai ou mãe, Criador de tudo o que existe, e por tanto, sumariamente nos tornando todos irmãos, onde cada religião cumpre o papel do Religare... "Não julgueis para não serdes julgados...". Cristo nunca foi sectarista, muito pelo contrário, foi condenado por ser amigo das prostitutas, cobradores de impostos, e principalmente (claro que exclusivamente) por fazer o povo pensar e questionar os valores dos "sacerdotes", dos "religiosos" estabelecidos na época, os "donos da verdade" como muito temos visto nos dias de hoje sob a égide de escolidos e que somente aqueles que os seguirem ou sua religião é que são os eleitos, os que serão salvos.

Para entrar no Reino de Deus, basta - Amar ao "Seu" Deus de todo coração, toda alma, toda a confiança e ao seu próximo como a Si mesmo - ... Nesse ponto, creio que temos muito a aprender com nossos irmãos que professam outras religiões, que muitas vezes consideremos cultuadores dos "demônios", ou atrasados Espiritualmente, mas que não ficam tentando convencer ninguém a mudar de religião considerando que apenas a deles é a certa, que tem a extrema nobreza e humildade de amar, de enxergar a Divindade em cada ser, onde seu bom dia não é apenas um bom dia formal e indiferente... É uma verdadeira prece e um verdadeiro desejo em ver o bem do seu semelhante.

ghaidy disse...

A palavra do Senhor diz " Errais por nao conhecer a palavra e nem o poder de Deus "...nem precisamos falar mais nada ...
Deus abençoe a tdos !!!!

Anônimo disse...

"E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém."
Mateus 28: 18 - 20.

"Porque todos os deuses dos povos são ídolos; porém o SENHOR fez os céus."
I Crônicas 16: 26.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only