terça-feira, agosto 28, 2012

Pastor, eu não arrumo namorado, será que estou debaixo de maldição?

Por Renato Vargens

Não sei se você já percebeu, mais para algumas pessoas estar solteiro é estar debaixo de uma verdadeira maldição. Outro dia eu escrevi um texto sobre evangélicos desesperados para casar, (leia aqui) o que gerou quase uma centena de comentários agoniados.

Interessante é   que   os relatos destas  pessoas ,  apontam para o fato de que não são poucos aqueles que se encontram absolutamente desesperados para contrair matrimônio, na verdade, tem muita gente acreditando que só é possível experimentar felicidade se encontrar  um príncipe ou uma princesa encantada.

Se não bastasse isso, a pressão da sociedade, da família e da igreja pelo casamento é além do normal. Desde cedo, na adolescência, meninos e meninas são ensinados  que só poderão ser felizes se possuírem seus  namoradinhos e namoradinhas. Ora, vamos combinar uma coisa? Esse tipo de pressão é extremamente adoecedor. Para piorar a situação alguns evangélicos movidos por uma percepção adoecida das Escrituras,  tem satanizado todas as coisas, ensinando que algumas pessoas só casarão quando amarrarem o espírito da solteirice. (leia aqui)

Caro amigo, estar solteiro ou ser solteiro não significa estar debaixo de maldição.  O fato de você não está namorando alguém, ou até mesmo de não ter casado não significa que foi amaldiçoado ou que o capeta amarrou o seu destino.  Gostaria de lembrá-lo que existe um tempo estabelecido por Deus para todas as coisas.  Salomão em sua grande sabedoria afirmou: “Existe um tempo determinado para todas as coisas na vida”. Sim, isso mesmo, na vida existe momentos pra tudo! Há tempo de plantar e tempo de colher, há tempo para abraçar e deixar de abraçar, em outras palavras isso significa dizer que existe um tempo determinado por Deus para desfrutarmos de carinhos, afagos, abraços e beijos de alguém. Em contra-partida, isso significa dizer também que existem momentos na vida, que somos chamados a um momento de reclusão onde outros valores necessários a uma existência plenificada nos são trabalhados.

Diante disto tenho plena convicção que vale a pena esperar o tempo e o momento certo para desfrutar do prazer de namorar e que o melhor jeito para isso acontecer é o mesmo que levaram nossos avós, pais e amigos a encontrarem seus namorados. A espontaneidade!

Isto, posto, fuja da pressão e confie em Deus deleitando-se naquele que é o supridor de toda carência humana.

‎"Deus é mais glorificado em nós quando estamos mais satisfeitos nEle!" - John Piper

Pense Nisso!

Renato Vargens

PS: Quer saber mais sobre namoro cristão? Compre o livro "Namoro.com" do Pastor Renato Vargens.





favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only