quarta-feira, agosto 29, 2012

O jovem, o sexo, e o dilema do prazer

‎Por Renato Vargens

Lamentavelmente boa parte dos jovens cristãos relacionam-se sexualmente antes do casamento.  Infelizmente para esses ir para cama com o namorado não tem nada demais.

Pois é, afirmação de que sexo antes do casamento é pecado, sempre foi defendido por praticamente todas as igrejas protestantes. Todavia, por fatores dos mais diversos, tais princípios não estão sendo obedecidos por mais da metade da juventude evangélica brasileira. É exatamente isso o que diz um extenso trabalho de pesquisa entre 1994 e 2000 realizado pelo Ministério Lar Cristão.

Num levantamento inédito, que ouviu mais de cinco mil rapazes e moças, membros de 22 diferentes denominações, o resultado veio ao encontro daquilo que se suspeitava há muito tempo, mas nunca tinha sido comprovado assim, na fria lógica dos números:

Nada menos que 52% dos jovens evangélicos criados na igreja praticam o sexo pré-nupcial. Destes, a metade não fica numa única experiência e mantém vida sexual ativa com um ou mais parceiros. Segundo a pesquisa, a idade média da perda da virgindade é de 14 anos, para os garotos, e 16, para as moças, ou seja: para horror de pastores, pais e educadores, quando o assunto é sexualidade juvenil, a Igreja está se aproximando cada vez mais dos padrões liberais da sociedade moderna.

Caro leitor, toda vez que o crente peca deliberadamente relacionando-se sexualmente fora do casamento com outra pessoa, está dizendo em outras palavras que a sua satisfação está no pecado e não em Deus.  Na verdade, toda vez que comete o pecado da imoralidade o homem está confessando através de seus atos que Deus não lhe é suficiente. Todavia, ao contrário destes, muitos tem falado como o salmista dizendo:  "o pardal encontrou casa e a andorinha ninho para si, e nós encontramos os teus altares Senhor Deus Todo-poderoso."

Aleluia! O prazer do crente está no seu Senhor! Sua alegria está em servir ao Eterno, ele sente prazer em obedecer suas leis. Em virtude disso, ele aprende a confiar e a esperar o momento e a pessoa certa para relacionar-se sexualmente  dentro dos padrões e princípios do Senhor.

E você? Aonde está o seu prazer? No Senhor ou no sexo?

Pense nisso!

Renato Vargens

Fernandinha disse...

É verdade o que está escrito no artigo, infelizmente. É uma cauterização da mente, uma falta de temor, de amor a Deus e a si mesmo que me irrita. Misericórdia Senhor! Oro por isso sabe? É muito triste. Que possamos amar a Deus e encontrar nosso prazer Nele.

Geraldo Imóveis disse...

Parabéns Pr. Renato Vargens por ser "boca de Deus" ( como era conhecido os profetas no Antigo Testamento), para alerta o povo de Deus dos perigos que nos rodeiam.

Gleydson disse...

Graça e Paz Pr.Renato. Na Bíblia não especifica que o sexo antes do casamento é pecado já que o sexo era e é o próprio casamento.Então partindo disso vejo que na sociedade de hoje homens e mulheres não possuem valores morais como dos tempos bíblicos onde o homem poderia ser fiel a sua esposa sem existir uma cerimonia anterior. Haja em vista que a cerimonia diferentemente de nós ocidentais era depois do casamento(sexo) e não antes.

Johnatas Silva disse...

Uma triste e lamentável verdade!

Digo isso com conhecimento de causa, pois sou jovem (24) e já cometi este pecado: me relacionei sexualmente antes do casamento. Não tenho vergonha de expor isso porque é uma realidade entre a maioria dos jovens cristão.

Hoje falo disso como testemunho e como um alerta a outros irmãos meus que podem cair no mesmo erro. Conheço muitas astúcias que o Diabo trama pra nos pegar. Sou exemplo vivo de quem já viveu numa "montanha russa" espiritual. Ora firme, ora caído. Um dia servindo a Deus, outro aos prazeres da carne.

Oro pra que a mocidade de hoje desperte, e que seu seja -como disse o autor da postagem - em adorar e servir ao Senhor.

Em Cristo,


Johnatas Silva - Amazonas

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only