sábado, outubro 06, 2012

50 anos da Igreja Batista Betel


Toda glória ao Deus de toda a graça

Em uma época caracterizada por tantos enganos e distorções da verdade, gostaria de fazer uma das mais solenes e necessárias perguntas no contexto da fé cristã: “O que é uma igreja?” Alguns pensam que a igreja é clube religioso, uma espécie de associação beneficente. Todavia, a igreja não é uma congregação de pessoas que foram “consertadas” a fim de viverem um vida “melhor”. A Bíblia ensina que a igreja de Jesus Cristo é um milagre da soberana graça de Deus. A igreja é uma comunidade de pecadores redimidos no sangue de Cristo, Senhor e Salvador.

O Deus trino, Pai, Filho e Espírito Santo, planejou a salvação do seu povo amado desde a eternidade. Ao contrário do que alguns pensam, a igreja não foi projetada pelos homens nem nasceu da vontade humana, como se fosse um construto social. A igreja é a manifestação temporal da graça eterna, o resultado do plano de redenção de Deus para o seu povo eleito.

Como diz a Palavra: “Como amor eterno te amei, com benignidade te atraí” (Jeremias 31: 3). A obra da Redenção não foi um plano b, como se Deus tivesse sido pego de surpresa com a Queda do homem. O soberano Deus decretou a salvação da sua igreja. É obra dele, do início ao fim. Nem todos percebem, mas há uma história invisível por detrás da visível, e a invisível é muito mais importante. A igreja é a comunidade dos eleitos, salvos pela graça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo. Todas as bênçãos foram planejadas em Cristo e são oferecidas por Ele e por meio dEle somente. A genuína fé cristã é cristocêntrica, pois tudo que Deus planejou para o nosso bem e para louvor da sua glória, realizou por meio da pessoa bendita de Cristo.

O bispo John Ryle, um notável pregador anglicano do século 19, escreveu um lindo texto sobre a verdadeira igreja. Compartilho com os irmãos para nossa edificação.

Onde está a única igreja verdadeira? Com que se parece essaigreja verdadeira? Quais são os sinais pelos quais essa única igreja verdadeira pode ser conhecida? Estas perguntas podem ser muito bem feitas, e aqui estão algumas respostas. A única igreja verdadeira é composta de todos os crentes do Senhor Jesus. Ela é formada por todos os eleitos de Deus, todos os convertidos homens e mulheres, todos os cristãos verdadeiros.

Seja lá em quem for que possamos discernir a eleição de Deus Pai, a aspersão do sangue de Deus Filho e a obra santificadora de Deus Espírito nesta pessoa, vemos um membro da verdadeira igreja de Cristo. É uma igreja da qual todos os membros têm os mesmos sinais. Todos eles são nascidos do Espírito; todos eles possuem “arrependimento para com Deus, fé para com nosso Senhor Jesus Cristo” e santidade de vida. Todos eles odeiam o pecado e todos eles amam a Cristo.

Eles adoram de maneiras diferentes. Alguns adoram com uma forma de oração, e alguns com nenhuma; alguns adoram ajoelhados, e alguns de pé. Mas todos eles adoram com coração. Todos eles são conduzidos por um Espírito; todos eles estão construídos em um fundamento; todos eles tiraram sua fé de um único livro, as Escrituras.

Todos eles se reunirão em um grande centro, Jesus Cristo. Todos eles, agora mesmo, podem dizer com o coração, “Aleluia”; e todos eles podem responder com o coração e em uma só voz, “Amém e Amém”.

Esta é uma igreja cuja existência não depende de formas, cerimônias, catedrais, igrejas, capelas, púlpitos, fontes, batistérios, vestuários, órgãos, dons, dinheiro, reis, governos, magistrados, ou qualquer ato de favor, qualquer que seja ele, da mão do homem.

Ela tem muitas vezes vivido e continuado, mesmo quando todas estas coisas tem sido tiradas dela; ela tem muitas vezes sido levada para o deserto, ou para as covas e cavernas da terra, por aqueles que deveriam ter sido seus amigos.

Sua existência não depende de nada mais do que a presença de Cristo e Seu Espírito; e eles estão sempre com ela, assim a Igreja não pode morrer.

Louvado seja Deus pela vida de sua preciosa igreja, comprada com o sangue de seu Filho. O apóstolo Paulo lança luz sobre a verdadeira natureza da igreja. Diz o texto: “Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela para santificá-la, tendo-a purificado por meio do lavar da água mediante a Palavra, e para apresentá-la a si mesmo, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável” (Efésios 5.25). No dia do jubileu da FAMÍLIA BETEL, declaramos com muita alegria e louvor que somos frutos da graça de Deus e assumimos o solene compromisso de viver para glória de Deus: “Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Amém!” Rm 11.36

Pastor Judicley Santos


favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only