Nunca é tarde para começar!

Renato Vargens

O ex-presidente norte-americano George Bush, comemorou de forma surpreendente o seu 85º ano de vida saltando de pára-quedas.

Confesso que ao ler a respeito do pulo do ex-presidente fui tomado por um sentimento de admiração e respeito, isto porque, mesmo tendo vivido inúmeras experiências na vida, ele não deixou com que a idade avançada o impedisse de vivenciar novas experiências.

Caro leitor, infelizmente ao contrário de George Bush, inúmeras pessoas não desfrutam da beleza da vida simplesmente porque não possuem coragem de encarar o desconhecido. Na verdade, algumas destas pessoas preferem viver enclausuradas em seu “mundinho” a enfrentar novas situações. E você? Será que é daqueles que tem medo de tudo e de todos? Será que se intimida diante dos obstáculos, ou está disposto encará-los descobrindo que apesar das trilhas defeituosas desta vida, o final do percurso é extremamente gratificante.
Ora, o ex-presidente poderia dar todas as desculpas possíveis para não saltar de pára-quedas, entretanto, ele optou por enfrentar as dificuldades do que acomodar-se a vida esperando pacientemente a morte chegar. E você? Faria a mesma coisa?

Pense nisso!


Renato Vargens

5 comentários:

Pastor Renato, temos vários exemplos de vencer os limites e de bom ânimo, o nosso Oscar Niemayer, grande e inigualável arquiteto reconhecido mundialmente aos seus 101 anos de vida, ainda materializando seus projetos, essa semana ví rm reportagem que ele tinha sido internado para exames pois sentia dor nas costas, e o médico conclui que era apenas uma lombalgia, ou seja contração muscular, meu DEUS é fantástico, lembro do Roberto Marinho que começou o império Globo, quando tinha seus 58 anos, vejo em outro parametro jovens derrotistas, murmurosos e infelizes, sejamos alegres e otimistas e apliquemos em nosso viver o dom que DEUS nos deu, nosso limite somos nós mesmos, será ? talves ? pense nisso.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

GILBERT RAPOSO
12 de junho de 2009 20:56 comment-delete

Bem lembrado. O Niemayer com 101 anos continua trabalhando. A vida não para.

Renato Vargens

12 de junho de 2009 21:09 comment-delete

Pr. eu acredito que enquanto Deus nos mantén aquí na Terra, Ele não vai se agradar se ficarmos prostradão, dizendo: Eu tenho certeza da minha salvação, então vou sentar e aguardar com paciensia... "dá aquele bocejo espreguiça e volta a se balançar na rede"
Antes pelo contrário, estamos aquí para saltar obstáculos, matar um leão por dia e se o tempo for bem administrado, à tarde vou para beira do lago pescar, assim me divirto, re-organizo as idéias e se os peixes estiverem em sintonia levo o alimento pra casa

cleber
14 de junho de 2009 11:26 comment-delete

Pastor Renato,

Há uma pequena homenagem no Genizah para o seu blog. Na verdade mais uma forma de apresentar o seu blog a quem porventura ainda não o conheça (os tais dos selinhos).

Abs.

Danilo

http://genizah-virtual.blogspot.com/

15 de junho de 2009 08:15 comment-delete

Ha alguns dias me peguei falando comigo mesmo sobre a minha conversão.A questão que martelava a minha cabeça era o porquê que enc,ontrei Jesus tão tarde .Quarenta anos do deserto "é osso"!!!Vindo de uma pregação de Maricá aproximadamente 3 meses,através de uma conversa pude perceber que para Deus nada é impossível,Ele renova todas as coisas,faz o milagre acontecer,etc.Descobri que o tempo é Dele para que sejamos testemunhas,afim de sermos instrumentos nas Mãos do todo poderoso.Deus manda esforçarmos com bom ânimo porque certamente dos céus Ele irá nos ajudar.Deus nos capacita em nossos limites.

Augussto Elias
15 de junho de 2009 22:38 comment-delete