sexta-feira, março 27, 2015

Secretaria de Direitos humanos autoriza estudantes a frequentarem banheiros conforme sua orientação sexual

Por Renato Vargens

No dia 12 de março passado, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República publicou a Resolução no.12/2015, que autoriza estudantes, de qualquer idade, a usar nome social e frequentar banheiros e vestiário conforme sua orientação sexual. (assista o vídeo abaixo)

O documento garante que as instituições e toda rede de ensino, particular e pública, “em todos os níveis e modalidades“, reconheçam e adotem o “nome social” daquelas pessoas cuja identidade civil não corresponda a sua opção sexual. Conforme orientado, basta que o estudante se apresente como homossexual e que reivindique o nome social por escrito. A resolução orienta ainda que as escolas assegurem o acesso à vestiários, banheiros e todas as áreas segregadas por gênero, quando houver, conforme também a opção sexual.

Vários parlamentares têm manifestado indignação em relação à medida. Principalmente, em função do artigo 8º da Resolução, o qual retira dos pais e responsáveis o direito de acompanhar a conduta dos estudantes adolescentes nas escolas. A deputada distrital Sandra Faraj organiza, em Brasília, abaixo assinado pedindo a presidente Dilma Rousseff a revogação da medida. 

Pois é, diante tamanha aberração, resta-me manifestar minha indignação com essa resolução. Confesso que  esse governo me enoja. Sinceramente propostas como essa são absurdas. Ora, aonde já se viu permitir que meninos e meninas escolham os banheiros que desejam usar segundo suas vontades particulares? Aonde já se viu determinar que crianças possam escolher os banheiros que frequentarão sem a devida autorização dos pais?

Prezado amigo, essa medida afronta a família, bom senso, a dignidade e a moralidade.

Que Deus tenha misericórdia do Brasil.

Renato Vargens


favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only