segunda-feira, julho 30, 2012

Um falso profeta, filho do diabo que comercializa a graça de Cristo me tirou do sério

Por Renato Vargens

Eu odeio a teologia da prosperidade. Repudio veementemente esses falsos profetas que comercializam a fé.

Pois bem, no sábado, um pastor (que de pastor não tem nada) pediu no Facebook ofertas para comprar um data show para sua igreja. O problema e que o sujeito, na maior cara lavada disse que teve uma revelação de alguém que tinha um familiar em casa com câncer, e pediu a este, via Facebook, uma oferta para a compra do data show, em troca, ele oraria pelo doente com a promessa de cura.

Caro leitor, ao ver aquela maldita mensagem na minha timeline fiquei profundamente indignado o que me levou imediatamente a confrontar esse profeta da mentira.

Após a minha confrontação o "profeteiro de Genézio", retirou o post, no entanto, não satisfeito, e desejoso de tirar dinheiro de alguém, esse falso profeta escreveu outro post pedindo ofertas individuais de R$ 20,00 para a compra do data show, dizendo que todos aqueles que contribuíssem seriam abençoados, no entanto, para isso deveriam lhe mandar o comprovante de depósito, para que em troca ele pudesse fazer uma oração. O safado, disse que subiria ao monte e intercederia por aqueles que contribuíssem financeiramente.

Prezado amigo que loucura é essa? Como é que alguém pode fazer uma coisa dessa? Isso é desonestidade! Esse não é o Evangelho do meu Senhor!

Confesso que fico enojado com essa raça de gente que só pensa em dinheiro e que comercializa o Evangelho da Salvação Eterna.

Estou cansado deste plilantras fabricantes de falsas doutrinas e atos proféticos descabidos e burrificados. Estou cansado das invencionices apostólicas. Já não aguento mais, ouvir tanta bobagem. Sinto-me perplexo com inúmeras aberrações! Não aguento mais ouvir a cada dia a noticia de falsos profetas que vendem a fé e comercializam a graça de Cristo.

Pois é, isto posto, chego a conclusão que mais do que nunca necessitamos voltar as ESCRITURAS. O reformador João Calvino costumava dizer que o verdadeiro conhecimento de Deus está na Bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro. Em tempos difíceis como o nosso, precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento, mesmo porque agindo assim , desmascararemos esta corja de safados.


Soli Deo Gloria,

Renato Vargens
avoznodeserto disse...

Pr. Renato

Eu sinto o mesmo que você. Me dá nojo estas coisas. Fico muito chateado e triste.
É lamentável.

Eu fico irado. Ira santa, eu diria.

Sola Scriptura, Soli Deo Gloria.

Pr. Anderson

Ivan Duarte disse...

Pr. Renato Vargens, Deus o abençoe pela instrumentalidade nas mãos Dele!
Verdadeiramente hoje são poucos que pensam assim... Voltemos ao Evangelho... Voltemos às escrituras URGENTE!

Na graça de Cristo,
Ivan

Jean prostado aos pés de Cristo Jesus disse...

Irai-vos, e não pequeis...
Efésios 4:26

Nesta hora é que exercemos a Palavra. Diante de tanta nojeira.

Jean prostado aos pés de Cristo Jesus disse...

Irai-vos, e não pequeis...
Efésios 4:26

Diante de tanta nojeira e indecência é que exercitamos literalmente a esta Palavra.

Oremos!

Robson Lelles disse...

Irmãos: Um ESTELIONATÁRIO não respeita etnia, genero e muito menos CREDO. Simplesmente acautelai-vos de cair nas suas garras e DENUNCIAI-os, como bem faz nosso amado Pr. Renato Vargens.

apacont disse...

É a idolatria ao dinheiro. apacont.org.br

Zilton Alencar disse...

Pr. Renato, faço minhas cada uma das suas palavras. Pedir ofertas para comprar um datashow (ou até mesmo um ônibus!)para a Igreja é válido, pois dá quem quer. Entretanto, associar esta oferta a curas ou bênçãos é charlatanismo, picaretagem, pilantropia e falta de vergonha na cara! Que Deus tenha misericórdia de Sua Igreja, tão prostituída em nossos dias. O seu retrato mais fiel está em Ezequiel 16...

IEADAM SÃO JORGE - 3 disse...

Amado pastor Renato, é lastimável presenciarmos esses acontecimentos em nome da "fé". Acredito que dveria haver uma rigorosa análise na ordenaçao para pastores, o que nao mais acontece em nosso meio.
Fica meu repúdio a ësses "pastores"de meia-pataca que usam da fragilidade da fé de uns para se sobre sair. Denunciemos e confrontamos, para que possamos obter uma fé mais reformada a luz do verdadeiro evangleho.

Franklin Medeiros disse...

Caro Pr. Renato,
Ao ler este artigo fui arrebatado por duas dúvidas:
Sendo nossos dons concedidos por meio da Graça, não será uma óbvia comercialização da mesma se os utilizarmos para o enriquecimento material?
Considerando uma resposta positiva. Que embasamento bíblico encontraram os pastores, músicos e escritores cristãos, que certamente foram agraciados com a única finalidade de "enriquecer" (espiritualmente) a obra de Deus, para cercarem-se de luxos desnecessários tão claramente guiados por paixões desenfreadas, paradoxalmente, refutarem tais futilidades?

Desde já agradeço a compreensão e paciência.
Graça e Paz em nosso Senhor Jesus,
Franklin.

Marcos Lopes disse...

Pensei que o post era sobre o Silas Malafaia, que sábado agora (28/07/2012) zombou publicamente da Palavra de Deus em Pv 30:6 - "não me dês nem a pobreza nem a riqueza;", citando a passagem com voz sarcástica, dando a entender que o autor inspirado pelo Espírito Santo foi um 'trouxa', não aproveitando da prosperidade que Deus 'quer nos dar'.

Etc & Poesia disse...

Só há uma coisa para dizer: RAÇA DE VÍBORAS!

Lex Aleksandre disse...

Isso é igual a roubo de celular, meu caro. Só existe ladrão de celular porque existe que compre o roubo. Eles sabem que há quem proteste, mas sabem que há muitos mais quem caiam na deles.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only