sexta-feira, julho 20, 2012

As rádios evangélicas e o Jabá

Por Renato Vargens

Outro dia, um músico de excelente qualidade técnica me contou que procurou uma famosa e conhecida rádio evangélica no Rio de Janeiro. Ele me disse que foi a rádio com o intuito de apresentar um CD com suas obras. Ao perguntar qual seria a melhor forma de  suas canções fossem tocadas na famosa emissora, ouviu o seguinte por parte do responsável:

"- Primeiramente você precisa pagar R$ 9.000,00, depois disso, gravaremos dois spots de 30 segundos cada para divulgar o seu trabalho. Quanto ao CD, escolheremos uma música e a tocaremos duas vezes por dia, excluindo é claro, o final de semana." 

Como é que é? Eles te cobraram R$ 9.000,00 para tocar um música na rádio, perguntei a ele. 

Pois é, eu até entendo que deva existir por parte da rádio alguns critérios de avaliação quanto as músicas que lhe são trazidas pelos cantores gospel, no entanto, o que eu não entendo, é a Rádio Evangélica cobrar por fora para tocar qualquer canção. Ora, bem sei que essa prática é comum nas  rádios seculares, todavia, reproduzir o mesmo comportamento numa rádio evangélica é absurdo. 

Caro leitor, sinceramente o chamado mercado gospel me enoja!  Confesso que não suporto mais ver a paganização do cristianismo, nem tampouco a comercialização da fé. Para piorar a situação algumas destas  rádios chamadas evangélicas, "cartelizaram" a fé, tocando em seu dial somente as músicas dos artistas contratados por suas gravadoras. Junta-se a isso o fato, que tais rádios incentivam o estrelismo, levando boa parte do povo cristão a uma idolatria velada de seus artistas gospel. Em nome de Deus, cantores e cantoras, envolvidos por uma super-produção exigem tratamento VIP por parte daqueles que o contrataram proporcionando assim o surgimento de uma teologia musical non sense.

Prezado amigo, o Jabá me enoja e o fato de saber que rádios evangélicas cobram verdadeiras fortunas para tocar algumas canções me proporciona repulsa a este purulento e mal-dito movimento gospel.

NEle que reina e governa com justiça,

Renato Vargens
Página do Rodrigo disse...

Não é surpresa, pastor!
Vivemos num momento em que poucos evangélicos tem compromisso com a palavra (evangelho de conveniência), poucos pastores pregam, de fato, o genuíno evangelho (querem apenas agradar o pùblico consumidor e não perder dízimo, ou melhor, receita).
As músicas, não é de hoje, são para agradar o consumidor, sem nenhuma preocupação com seu conteúdo, falando apenas do ponto de vista teológico.
Então, O que poderíamos esperar das rádios "evangélicas"?
Glória Deus!

Pr. Mario "Alegria" de Jesus disse...

Graça, paz, amor e alegria do Senhor Jesus.

Pastor Renato, para o bem do Reino de Deus, dê nome aos bois.

Divulgue quem é o(a) artista.
Divulgue qual é a rádio.

Essas práticas mundanas devem ser trazidas à luz.

Esses tais, devem ser reprovados publicamente para que outros não pratiquem tais imoralidades.

Voltemos ao evangelho.
O show tem que parar.

Levantemos Elias, Natãns, João Batistas em nosso meio.

@PrMarioAlegria

Thales Madeiro disse...

Agora esta explicado a quantidade absurda de musiquinhas de péssima qualidade ocupando tanto espaço nas rádios. O "negócio" é tocar o que dá certo financeiramente e esquecer o que é certo espiritualmente. Obrigado pastor, foi como se tivessem caído escamas dos meus olhos.
Graça e paz!

vagner ribeiro disse...

ainda bem que tem radios evangelhicas piratas

Renato Morais disse...

Pr.
O Senhor se ficou indignado por qual motivo ? O fato de ser cobrado, ou pelo valor ser alto ?
Se for pelo valor concordo plenamente, mas se for por cobrar...
Daí os pastores deveriam também se enojar por receber salário!!
As rádios possuem custos e precisam dar conta deles. E outra, se um dia esse cantor ficar "famoso" cobrará rios de dinheiro para cantar também.

Hoje em dia quem quer cantar para agradar ou louvar a Deus e quer divulgar suas canções, não precisa gravar CD e procurar rádios famosas!! Basta colocar divulgar na internet e midias sociais.

Abs,

Renato Morais

ALBERTO disse...

de nomes aos bois pastor!!!!!!!!!EU MORO AQUI NO RJ(SAO GONÇALO)
NAO OUÇO A 93 FM,MELODIA,FM 105 ETC
POR QUE TOCA MUITA BABOSEIRA,PREFIRO NA INTERNET OUVIR ALGUMAS RADIOS WEB,BEM MELHOR

POR ISSO QUE OS LOUVORES AGORA NAO TEM MAIS CONTEUDO !!!!!!

Mujomello Produtora de áudio disse...

ixi... em SP.. eles pedem 25 mil reais por mes.. pra tocar uma vez ao dia. a desculpa é que precisam sustentar a rádio, engraçado é porque se pede tanta oferta nas rádios?

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only