segunda-feira, agosto 15, 2011

Gente, lágrimas, esperança e missões!

Por Renato Vargens

Desde o dia 09 de agosto estou na terra dos Incas pregando o Evangelho da Salvação Eterna. Durante estes dias tenho sido incomodado pelo Espirito de Deus em virtude da incontável multidão que sofre em virtude do pecado e da idolatria que os envolvem. 

Lamentavelmente o Peru está mergulhado em todo tipo de crendices, professando descaradamente uma fé sincrética, vivenciando o misticismo, servindo a deuses falsos, bem como praticando todo tipo imoralidade e promiscuidade social.

Caro leitor, ao andar pelas ruas, vilas e cidades da província de Piura, pude observar  desesperança nos o jovens, angustia no peito dos mais velhos, inquietude nos homens e sofrimento de muitas mulheres. 

Confesso que ao perceber a realidade daquela gente sofrida, lembrei-me das palavras do Apostolo Paulo: “Como Ouvirão se não há quem pregue?” Ora, meus amigos, ninguém precisa nos dizer que o mundo é mal, que a cidade é violenta e que as pessoas estão cada vez mais egoístas. Na verdade, estas realidades são marcas indeléveis desta geração. Nas ruas, nos becos, nos guetos, gente como estas estão clamando desesperadamente por uma mensagem de esperança e salvação. Agora, como crerão se não há quem os envie?

A pergunta é: O que temos feito? Temos anunciado o Evangelho de Cristo Jesus ou temos andado preocupados com a nossa satisfação e realização pessoal?

Pois é, com lágrimas nos olhos encerro este post rogando ao Senhor que nos livre de nós mesmos. Rogo também  ao Deus Todo-poderoso que coloque no coração dos pastores brasileiros o desejo de ultrapassar fronteiras e anunciar Cristo. E por fim, peço a Deus que nos desperte para a obra missionária levando-nos a investir em missões, anunciando aos povos o desejado das nações!

Naquele que vive e reina,

Renato Vargens

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only