segunda-feira, janeiro 19, 2015

Igrejas brasileiras são atacadas no Níger em protestos contra nova capa do Charlie Hebdo

A charge de Maomé na atual edição do jornal francês "Charlie Hebdo" provocou uma onda de protestos no Níger que destruiu duas igrejas presbiterianas brasileiras na capital do país, Niamey, no sábado (17). A comunidade brasileira no Níger – estima-se que seja de pelo menos 32 pessoas – foi orientada pelo Itamaraty a não sair de casa por causa dos protestos, que buscam símbolos cristãos e locais vinculados a franceses. De acordo com a Folha de S. Paulo, outras duas igrejas e uma escola sob o comando de missionários do Brasil, que pertencem a uma ONG protestante, também foram atingidas. A embaixada brasileira no Benin avalia retirá-los do país vizinho se a situação piorar, pois há informações de que o grupo extremista Boko Haram, da vizinha Nigéria, esteja ligado aos protestos.

Informações do portal Bahia Notícias 

Nota do BLOG

Diante tamanha onde de violência resta-nos orar pela igreja espalhada pelo mundo. Ainda não sabemos como estãos os brasileiros e outros que fazem parte destas igrejas. Oremos pelos nossos irmãos a fim de que o Senhor os proteja e livre de todo mal.

Agora, é impressionante que mesmo diante fatos tão inequivocos, a esquerda brasileira considere o ISLÃ como uma religião de paz!

Renato Vargens




favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only