quinta-feira, fevereiro 07, 2013

A juventude, o desrespeito aos mais velhos e as redes sociais

Por Renato Vargens

Louvo ao Senhor pelas centenas, talvez milhares de BLOGS evangélicos que surgiram nos últimos dois anos. Deus pela sua graça tem usado irmãos preciosos na propagação dos valores do reino, da defesa da fé bem como na evangelização de um número incontável de pessoas. Da mesma maneira bendigo ao Senhor por tudo aquilo que tem feito na e através da vida de jovens nas Redes Sociais. De fato é notório e louvável observar moças e rapazes servindo ao Senhor no Facebook e Twitter. Contudo, uma coisa me tem chamado a atenção. Tenho visto muitos jovens lidando desrespeitosamente com os mais velhos. Isso mesmo, lamentavelmente meninos e meninas que mal saíram do cueiro tem escrito textos, publicado vídeos e emitido comentários ridicularizando as opiniões de homens de Deus.  

Ontem enquanto nos dirigíamos para a cerimônia de abertura da décima quinta edição da Consciência Cristã, eu, o pastor Geremias do Couto da Assembleia de Deus do Rio de Janeiro e mais o Vinicius, editor do BLOG Voltemos ao Evangelho conversamos um bom tempo sobre o assunto. Fomos unânimes em concordar que parte da garotada tem ultrapassado os limites do bom senso.

Pois é, particularmente confesso que fico assustado com a forma autoritária com que alguns jovens se dirigem aos mais velhos no Facebook. Outro dia soube de uma caso de um rapaz que afrontou desrespeitosamente um dos mais capazes e saudáveis pastores brasileiros numa rede social. Noutra ocasião testemunhei um adolescente seminarista chamando atenção de forma áspera e desrespeitosa homens e mulheres com idades para ser seus pais simplesmente porque pensavam diferente daquilo que ele acreditava ser correto. Há pouco testemunhei outro adolescente com pouquíssimo tempo de conversão, sem conhecimento bíblico e teológico suficiente, corrigindo arrogantemente a postura de um dos mais respeitáveis teólogos brasileiros.

Prezado leitor, acho maravilhoso com que  os jovens emitam suas opiniões. Eu vibro com isso! O meu coração se enche de alegria em observar-los servindo ao Senhor. Contudo, acho que alguns destes estão pisando na bola ao tratar desrespeitosamente pessoas mais velhas.

Gostaria de ressaltar que o meu desejo em escrever este post não é cercear a garotada do direito de publicar textos ou vídeos na internet. Muito pelo contrário, me alegro por ver adolescentes e jovens dedicando suas vidas a Cristo. Todavia,  gostaria de sugerir aos jovens blogueiros e membros das redes sociais que meçam suas palavras ao se dirigirem a pastores, bem como as pessoas mais velhas.  Sim, você pode e deve emitir sua opinião, no entanto, evite a arrogância e o deboche, mesmo porque, as Escrituras nos ensinam a valorizarmos e respeitarmos as cãs dos mais velhos.

Isso glorifica o Senhor!

Fica a dica!

Renato Vargens
Gleidson Lacerda disse...

lêem tanto a Bíblia, estudam tanta teologia e não aprendem que a palavra "presbítero" significa ancião.

sandrowagner disse...

Além do que que estes mesmos jovens seja HUMILDES o suficiente em buscar MENTORES, homens mais velhos e com a devida experiencia ministerial para que possam aprender a ouvir e a se submeter a uma liderança de acordo com o que as Escrituras nos chamam a fazer.

Parabéns pelo post!

Anderson Cruz disse...

A paz de Cristo,

Bom, eu tenho 17 anos, e desde dos 15 me envolvi no meio de blogs com artigos e até mesmo debates teológicos. A verdade é que muitas vezes vejo textos ofensivos à meus ideais e crenças na blogosfera, como contra o Pentecostalismo, é claro que todos tem o direito de divergir em ideias, entretanto há realmente textos na blogosfera, que não defende a fé e sim ataca a fé de outrem. No início eu esquentava a cabeça e partia para a discussão, hoje, mesmo me remoendo de "raiva" prefiro ficar quieto, e aprender daquEle que é manso e humilde de coração.

Rafael Soares disse...

Muito bom esse post Pr Renato. Infelizmente, um traço que tem marcado a juventude de hoje é essa arrogância que os fazem sentirem-se os mais sábios deste mundo. Se inundam de tanta soberba que esquecem os preceitos básicos da fé cristã.

O Sandro falou acima sobre a questão da mentoria, e tenho sentido isso na pele, busco beber das experiências dos meus amigos pastores, que são mais velhos (tenho 25 anos) e tenho sido extremamente abençoado neste sentido. Inclusive, sugiro que você faça um post relacionado a este tema.

Que a nossa juventude "perdida" em meio à sua soberba reencontre o caminho da Escritura. Um caminho de humildade, respeito e cordialidade.

Jesus Dos santos disse...

Pastor Renato, concordo com a sabia advertência sobre conduta social.

Jesus Dos santos disse...

Esta sua advertência é valida nao somente para cristãos , mas para qualquer indivíduo de qualquer etnia ou comunidade. Em uma sociedade pluralista , a adesão a idéias e valores se dá mais pela admiração externa , que por imposição ou desqualificação dos conceitos pre-existentes.

Thiago Oliveira disse...

Sem querer desrespeitar, acho que para muitos líderes evangélicos, questioná-los já é um desrespeito...Tenho 27 anos, mas sempre que vejo algo que vá de encontro a Palavra, publico em meu blog, como por exemplo um "tele-pastor" que em recente entrevista tirou do contexto FL 3:14 para falar sobre uma tal "lei da recompensa" e assim defender a falsa e efêmera teologia da prosperidade...
Que ninguém despreze a juventude voltada para o Evangelho que prega a Mensagem da Cruz...todavia, saber usar bem as palavras é um bom conselho...

Paz!!!

Thiago Oliveira disse...

Sinceramente, para muitos líderes, só o fato de serem criticados já acham que é um desrespeito...
Mas é bom saber usar as palavras pra não perder a razão...

Rafael disse...

Concordo com o texto mais queria o referido pastor fizesse um texto inverso,mostrando a arrogância dos mais velhos perante os jovens.

caminhopleno.com disse...

Pr. Renato Vargens,

Concordo com você que muitos jovens tem exagerado em suas expressões de idéias. Contudo, muitos blogueiros mais experientes e intelectuais tem mantido sites com fortes medidas de deboche, palavrões e insinuações perversas à pastores e pessoas públicas pelo Brasil afora.
Sinceramente, creio que precisamos também revermos se é sensato mantermos blogs denominados "apologéticos" que tem, de certa forma, incentivado muitos desses jovens a terem posturas como supracitadas.

Abs.
Marcos Sampaio
www.caminhopleno.com/blog

Heverton Oliveira disse...

Muito bem explanado pelo senhor, Pr. Renato. O senhor foi muito claro, e tocou em um ponto bem atual. Confesso que já fiz muita idiotice no Facebook, e que não soube usar as palavras certas... Agora tomei jeito... heheh Mas o sr. tá certo. Mas em contrapartida concordo com o que o Thiago Oliveira disse: ''para muitos líderes evangélicos, questioná-los já é um desrespeito'' isso também é um fato. E o Senhor também já falou sobre o assunto, inúmeras vezes. A ideia do Rafael também é boa. Mas sobre o Testo que o Sr. escreveu a pouco: '' Sim, você pode e deve emitir sua opinião, no entanto, evite a arrogância e o deboche (apesar de o sr. concordar comigo que alguns líderes fazem coisas que não tem como não rir, afinal foge tanto da bíblia que gera duas reações em nosso consciente: riso e depois lamento), mesmo porque, as Escrituras nos ensinam a valorizarmos e respeitarmos as cãs dos mais velhos. Me senti obrigado e chamado a seguir cada vez com mais intensidade a palavra de Deus que lhe foi agora revelada. Deus abençoe.

Pastor Magdiel Anselmo disse...

Parabéns pela postagem! Concordo contigo. Muitos estão passando dos limites.

Maxwel Marinho (madmax77) disse...

Verdade caro Gleidson, graças a Deus que tenho tido sabedoria pra lidar com presbíteros retrógrados e que muitas vezes travam o crescimento da igreja com suas posições pessoais e não de interesse do reino. Mas certos ou não, são autoridades constituídas por Deus, devo todo respeito às pessoas, e vamos caminhando com nossas diferenças e nos aperfeiçoando cada dia N'Ele!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only