sexta-feira, setembro 16, 2011

03 razões básicas porque eu não creio que crianças possam ser pastores


Certa feita um amigo me trouxe um DVD cujo título era: "Cativeiro nunca mais." o problema é que a protagonista da mensagem era uma criança. Isso mesmo, um menino com tiques e trejeitos evangélicos que desesperadamente gritava invocando sobre os seus ouvintes as bênçãos de Deus. Em 2007 o jornal O Globo publicou a matéria "Pequenos Missionários". A reportagem tratava exclusivamente de meninos e meninas que nos últimos anos vem atuando como líderes e pastores de igrejas evangélicas no país. Se não bastasse isso, a matéria é enfática em afirmar que tais crianças atendem os desesperados e prometem cura aqueles que os procuram.  


Meu amigo, não dá para engolir essa história de crianças pastoras. Na minha perspectiva isto afronta diretamente o bom censo, a ética, a moral e principalmente a Deus. 

Pensando nisso  resolvi escrever escrever um post onde eu enumero três motivos porque uma criança não pode ser pastora: 

1- Criança tem que ser criança! A Bíblia diz que há tempo para todo propósito debaixo da terra. (Eclesiastes 3:1-8)

2- Criança  precisa viver como criança. Para tanto precisa desfrutar do lúdico, da fantasia, do riso, da alegria, mesmo  porque, quando isso não  acontece, a criança emocionalmente adoece. A criança deve se comportar como criança, isto porque é sendo criança, vivendo como criança, não queimando etapas, nem tampouco ultrapassando os limites naturais da vida é que poderá no futuro construir um mundo melhor. 

3- O padrão bíblico para ser um pastor é impossível de ser cumprido pelas crianças. Veja por exemplo, o que o Apostolo Paulo disse em sua primeira epístola a Timóteo sobre as qualificações de um pastor:  

"Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, , hospitaleiro, apto para ensinar; Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?) Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo." (I Timóteo 3:1-7)

Ademais, não encontramos um relato sequer nas Escrituras de que crianças podem ser pastores. Nosso Senhor nem tampouco os apóstolos referendaram essa prática circense adotada por algumas igrejas.

Isto posto, gostaria de lhe pedir um favor:

Não permita que ninguém explore ou use de nossas crianças para benefícios próprios. Nossos meninos e meninas não são artistas, nem tampouco, pastores mirins.  

Com lágrimas nos olhos e dor no coração!



Renato Vargens
JOELSON GOMES disse...

Quem assiste a isso e chama de pregação é mais criança do que essa pobre criança com um terno maior que ele, e tentando ser adulto é. Quem faz isso um menino deveria ser preso. Pobre dele.

Ednaldo disse...

Crianças podem ser pastoras... quando crescerem é claro!!

Estavamos comentando exatamente isso ontem, por causa de um documentário que será exibido no National Geographic na próxima segunda. É uma vergonha o que estão fazendo com estas crianças.

Cris disse...

Renato concordaria com você a uns 10 anos atrás quando crianças realmente eram crianças. Vi meninas com 10 anos grávidas, meninos que entraram na vida do crime aos 9,enfim, hoje todo mundo é muito precoce.
Aliás, uma de minhas ex-alunas de EBD "casou-se" aos 11 anos, por isso acho complicado fazer culto de crianças onde elas são apenas passivas se as crianças do mundo estão tão evoluídas porque não começar a dar pequenas responsabilidades as nossas?

v@nisi@ ferr@z disse...

Deus chamam os que não são para confundir os que são,deixai vir a mim as crianças por delas é o reino dos céus(MC 10.4)

I CORINTIOS 1 : 26 a 31.



(26) PORQUE, VEDE, IRMÃOS, A VOSSA VOCAÇÃO, QUE NÃO SÃO MUITOS OS SÁBIOS SEGUNDO A CARNE, NEM MUITOS OS PODEROSOS, NEM MUITOS OS NOBRES QUE SÃO CHAMADOS.

(27) MAS DEUS ESCOLHEU AS COISAS LOUCAS DESTE MUNDO PARA CONFUNDIR AS SÁBIAS; E DEUS ESCOLHEU AS COISAS FRACAS DESTE MUNDO PARA CONFUNDIR AS FORTES.

(28) E DEUS ESCOLHEU AS COISAS VIS DESTE MUNDO, E AS DESPREZÍVEIS, E AS QUE NÃO SÃO, PARA ANIQUILAR AS QUE SÃO;

(29) PARA QUE NENHUMA CARNE SE GLORIE PERANTE ELE.

(30) MAS VÓS SOIS DELE EM JESUS CRISTO, O QUAL PARA NÓS FOI FEITO POR DEUS SABEDORIA, E JUSTIÇA, E SANTIFICAÇÃO;

(31) PARA QUE, COMO ESTÁ ESCRITO: AQUELE QUE SE GLORIA, GLORIE-SE NO SENHOR.

Vinícius Ribeiro disse...

Olá, Pr. Renato!
Bom, vejo que além de estarem perdendo o lado lúdico da vida, nota-se que algo ainda pior acontece, são os sermões com erros doutrinários gravíssimos, e os pais (e até mesmo pastores) por acharem "bonitinho" contemporizam a situação, e não procuram ensinar os rudimentos da fé aos infantis.
Deus pode muito bem usar quem Ele quer, na hora que Ele quiser, contudo, não temos o direito de atribuir tolices a Deus, afinal, como afirma as Escrituras em I Co 14.40 "tudo deve ser feito com decência e ordem".

Parabéns pelo post!
Um abraço meu irmão!

André Sanchez disse...

Concordo, Pr. Renato!!

Postei uma critica a esse tipo de postura tempos atrás em meu blog e fui criticado ferozmente por pessoas que diziam que devia deixar a criança seguir sua vocação, que ela estava fazendo o bem e tal...

Respondi dizendo que se uma criança tem vocação para "vendas de balas no sinaleiro" é crime, pois a lei proíbe o trabalho infantil. Agora, criança trabalhar como pastor, pode? Um tremendo absurdo!!

Alem de em nenhum lugar da Bíblia encontramos respaldo para crianças pastoras.

Abs!!

Eduardo disse...

"Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, SEDE PRUDENTES como as serpentes e inofensivos como as pombas. Mateus 10:16"

"Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, APTO PARA ENSINAR; 1 Timóteo 3:2"

Graças a coisas desse tipo o Evangelho é blasfemado entre os homens como se pode ver no link a seguir:

http://ocruzadomissionario.blogspot.com/2011/09/batizar-crianca-nao-pode-mas-pastor-de.html

Deveríamos ser capazes de diferenciar ignorância de humildade e bizarrice de "loucura".

"Convém também que tenha BOM TESTEMUNHO DOS QUE ESTÃO DE FORA, PARA QUE NÃO CAIA EM AFRONTA, e no laço do diabo. 1 Timóteo 3:7"

"E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a HOMENS fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. 2 Timóteo 2:2"

"Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Hebreus 5:12"

Deus nos dê conhecimento para não sermos destruídos.

Maurilo e Vivian disse...

É uma pena ver adultos sem escrúpulos manipulando crianças para parecerem espirituais. Quando Jesus disse para deixar as crianças virem até Ele, em nada estava se referindo a esse tipo de deturpação do papel do pastor/pregador. Nós escrevemos um texto em nosso blog sobre as qualificações para um pastor e assim como é mostrado no texto aqui, uma crianças não possui tais qualificações.
Podemos fazer muito melhor que isso. O mundo já irá nos odiar por causa do evangelho, não precisamos tornar as coisas ainda mais difíceis do que já são.
Abraços.

Kesly disse...

É lamentável essa situação, estão transformando nossas crianças em papagaios ao invés de formarem Cristo nelas. Ensinam tudo menos serm Igreja!!!

Daniel Pontes disse...

Uma familia edificada em Deus os filhos nao se casa aos 11 e nem entra para o crime, e tudo isso faz parte da mídia gospel.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only