terça-feira, janeiro 04, 2011

o caçador, o conselheiro e a soberania divina.

Por Renato Vargens

Conta-se que um rei tinha o hábito de caçar na floresta,sempre acompanhado de um conselheiro muito querido. Um dia, porém, ao disparar a arma, a mesma explodiu, arrancando-lhe um dos dedos da mão direita. Inconformado, o monarca perguntou ao companheiro de caçada como pudera Deus permitir que tal coisa acontecesse. "Bem, majestade", respondeu ele, "a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Logo, só posso concluir que, se Ele permitiu que o senhor passasse por tal infortúnio, é porque isso acabará por concorrer para o seu bem". O rei ficou ofendidíssimo com a resposta. Como aquela mutilação humilhante poderia trazer-lhe algum benefício? Absurdo! Ainda cheio de amargura e revolta, ordenou que o piedoso conselheiro fosse preso. Alguns meses se passaram e o rei voltou às caçadas. Dessa vez algo ainda mais grave aconteceu: foi aprisionado por um grupo de selvagens que decidiram sacrificá-lo ao deus da tribo. Tudo parecia perdido. Entretanto, na hora de matá-lo, os nativos perceberam que lhe faltava um dedo na mão direita. Como a crença deles exigia que somente vítimas fisicamente perfeitas fossem oferecidas àquele deus, acabaram por soltá-lo. Impressionado, o monarca, assim que retornou ao palácio, mandou retirar da prisão seu fiel conselheiro. Pediu-lhe desculpas, agradeceu-lhe as palavras que havia dito e reconheceu que ele, afinal, estava com a razão. Mas ainda havia algo que não conseguia entender. "Por que Deus permitiu que você fosse preso injustamente, se na verdade estava apenas defendendo a integridade dEle?" "Pense bem, majestade", tornou-lhe o conselheiro, "se eu não estivesse na prisão, teria acompanhado o senhor nessa última caçada, como fazia todas as vezes. E também teria sido capturado pelos selvagens. Acontece que eu tenho todos os dedos, e, portanto, certamente teria sido morto em sacrifício aos seus ídolos! Logo, todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus.” 

Caro leitor,  apesar dos “aparentes” entraves que a vida nos proporciona, Deus continua no controle de nossas vidas. Vale a pena ressaltar que ainda que pareça que Ele não esteja olhando para os dilemas e problemas que nos afligem a existência,  as Escrituras afirmam de que Ele jamais nos abandona.

Isto posto, quero incentivá-lo a não desistir e continuar confiando no Senhor, como também nutrir o seu coração de fé e esperança  na certeza de que aquele que começou a boa obra em sua vida, há de concluí-la, fazendo-o no final de todas as coisas muito mais que vencedor.

Pense nisso!

Renato Vargens



Míryam Lobo disse...

Olá!

Paz do Senhor!

Acho que já havia recebido este texto por e-mail, mas ainda assim, li novamente e, confesso que fico deslumbrada ao ver, de forma, tão clara, expressado neste texto, o cuidado de Deus em nossas vidas. Realmente, às vezes ou na maioria delas, pelo menos, não conseguimos (por inúmeras razões, perceber a mão e o cuidado de Deus em nossas vidas).
Isso me fez até lembrar o trecho de um louvor da Rose Nascimento, chamdo "TENTE OUTRA VEZ", que diz assim: "Mas se o que espera ainda não vê, não é o fim, tente outra vez. Deus está fazendo forte a sua história".

Muito legal e edificante este texto.

Paz!

Diego Lopes disse...

Por mais incrível, absurdo e inexplicável que pareça, Deus tem a maneira dEle de trabalhar... de nos surpreender!
Bom texto!
Deus abencoe!
http://paixao-e-compaixao.blogspot.com/

Ale disse...

Caro Pastor Renato,
essa é uma verdade máxima que as pessoas tem muita dificuldade de entender, pois o ser humano, no seu egocentrismo não assimila o bem soberano de Deus acima do nosso tribunal interior de avaliar se algo foi bom ou ruim para nós mesmo. Ainda mais, a Palavra diz: "Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam à Deus", isto quer dizer que muito provavelmente algo acontece em minha vida e segundo minha avaliação é ruim, poderá ser um bem de Deus ao meu próximo. Não conseguimos perceber isso pelo nosso egoísmo e o nosso ego absoluto, assim, como Um padeceu e foi morto pelo bem daqueles que amam a Deus.
Um grande abraço.
Soli Deo Gloria.
Alexandre

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only