sexta-feira, setembro 10, 2010

Um remédio para aqueles que se sentem fracos e desanimados.

Pr. Renato Vargens

A vida nos reserva altos e baixos, montes e vales, sombras e luzes. São em momentos como estes  que naturalmente nos sentimos abatidos e desanimados.

A luz desta afirmação gostaria de contar três pequenas histórias que poderão servir como remédio para a alma cansada.

1ª História:
O famoso pregador britânico, Charles Spurgeon, estava voltando para casa, após um duro dia de trabalho, sentindo-se cansado e abatido. De repente a frase "a minha graça te basta" entrou em sua mente. Ele, então, começou a pensar no peixe que, nadando em um rio quase seco poderia temer ficar sem água para beber, mas que ouve a palavra tranquilizante: "Beba o quanto quiser, pequeno peixe, minha água é suficiente para você". Spurgeon também pensou a respeito de um alpinista, escalando uma montanha, temendo não ter mais oxigênio e ouvindo: "Respire, jovem, encha todo o seu pulmão, a minha atmosfera é suficiente para você". Spurgeon, naquele momento, disse pela primeira vez: "Eu experimentei a alegria que Abraão sentiu quando ele se regozijou com a provisão de Deus". É verdade. Não importa o quão grande seja a nossa necessidade, o poder de Deus é muito maior que ela. Se as nossas tentativas foram todas frustradas, se a escuridão que nos envolve não permite que vejamos uma luz no fim do túnel, se as nossas esperanças parecem desaparecer, é hora de levantar a cabeça, de respirar fundo o oxigênio da graça de Deus

2ª História
Durante a Segunda Guerra Mundial, um soldado alemão foi recrutado para o exército. Ele era um ex-cristão. Durante uma batalha, ele e outros soldados foram feridos por uma granada ao tentar atravessar um campo. Quando recobrou a consciência, ele descobriu que todos os seus companheiros estavam mortos. Ele mesmo estava bastante ferido. Procurou se arrastar até um grande buraco produzido por uma bomba, e ali ficou enquanto as balas passavam por sobre sua cabeça. Não havia esperanças de viver muito tempo naquela situação. Estava sozinho e ferido. Então, ele se lembrou de Jesus e da religião que abandonara. Havia aprendido na igreja que Deus nunca abandona Seus filhos e, de alguma forma, isso trouxe conforto ao seu coração. Sozinho em meio à guerra, ele sentiu vontade de orar. Tentou ajoelhar-se, mas não conseguia. Então, ele prometeu a Deus que se fosse salvo O serviria pelo resto da vida. Na manhã seguinte, sentia muita dor por causa dos ferimentos. Sentia fome também. De repente, viu uma galinha caminhando pelo campo de batalha. Ela veio na direção dele e botou um ovo a menos de um metro de distância. O ovo foi uma bela refeição para o soldado, que permaneceu por mais cinco dias naquele buraco. Durante todo esse tempo, a galinha caminhava até o mesmo lugar e punha um ovo. No sexto dia, a batalha acabou e o soldado foi resgatado pela Cruz Vermelha. Foi levado para um hospital do exército e logo se recuperou do ferimento. Aquele soldado cumpriu sua promessa e dedicou a vida a Deus. Ele sabia por experiência própria que Deus está ao nosso lado em todos os instantes. Você também possui essa confiança?

3ª História
Ao ser cumprimentado pelos seus saborosos biscoitos caseiros, o cozinheiro de um popular Centro de Conferências Cristãs falou ao Dr. Harry Ironside: -- Considere apenas os ingredientes utilizados para se fazer esses biscoitos. A farinha por si só não tem bom sabor, nem o fermento em pó, nem a manteiga, nem os demais. Porém, quando eu os misturo e coloco no forno, ao sair tudo está muito bom. Muitas situações por que passamos parecem insípidas e até ruins, mas Deus pode misturá-las numa perfeita combinação e, transformar tudo em um perfeito banquete. Bem-aventurados  somos quando aprendemos a colocar cada área de nossas vidas no altar de Deus. Ele tem o melhor para nós e, certamente, fará de tudo para que a nossa felicidade seja completa. Cada  passo que damos, cada investida na busca de um grande propósito, cada esforço dispendido na concretização de um sonho, nada será inútil se a nossa confiança estiver alicerçada no Senhor. Mesmo que as etapas percorridas pareçam infrutíferas, sabemos que o Senhor juntará tudo e o resultado será um banquete de alegria e bênçãos. Muitas vezes nos inquietamos com insucessos passageiros. Deixamo-nos abater pela circunstância momentânea e queixamo-nos por não alcançar o tão sonhado objetivo. O que não percebemos é que aquele minúsculo fracasso nada mais é do que um ingrediente para a construção do bolo de nossa felicidade. A vida não é constituída apenas de vitórias, aplausos ou honrarias. Para se chegar a um lugar determinado, muitas vezes, além dos pastos verdejantes, precisamos molhar os pés em pântanos e esforçarmo-nos atravessando montes. Mas, o que nos motiva em todo o percurso é saber que, com perseverança e fé, mesmo diante das dificuldades do caminho, nós chegaremos lá.

Soli Deo Gloria.


Renato Vargens
Paola do Anderson disse...

Muito bom, meu amigo!
Com certeza precisamos nos alegrar em Deus e saber que sua graça sobre nós nos é suficiente!
Gostei muito, vou postar a primeira história em meu blog!
vlw!

Blog Emunah: http://falandoemunah.blogspot.com

Andreza Alves disse...

Parabéns pelo texto! Fiquei pasmas por tantas vezes que passei por momentos de desânimo e percebi que a maioria das pessoas, quando precisei, não estavam do meu lado, e a "atenção" que a questão tem para alguns pastores e sua "equipe" é simplesmente; lamentável! Mas o melhor de tudo é que em todas essas dificuldades tive a oportunidade de ver o agir de Deus na minha vida, mesmo quando estava errada e todos estavam contra mim, Ele estava sempre lá esperando uma atitude minha que reconhecesse minha dependencia e humildemente o chama-se de volta! Glória a Deus!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only