quarta-feira, dezembro 09, 2009

A igreja que alguns dos evangélicos desejam.

Por Renato Vargens
Estou convencido que alguns dos evangélicos almejam um tipo de Igreja que se molde aos seus desejos, vontade e missão. Para estes o ideal é a proliferação de comunidades evangélicas que os atendam nos seguintes tópicos:

1) Igrejas grandes e cheias onde a presença ou ausência do crente não seja percebida.
2) Igrejas que não possuem nenhuma estrutura de discipulado.
3) Igrejas onde não se fala em pecado, mas, em poder, vitória e prosperidade.
4) Igrejas cuja pregação da Palavra não é priorizada.
5) Igrejas cujo conteúdo do louvor seja ensimesmado e antropocêntrico.
6) Igrejas místicas cuja práxis doutrinária seja fundamentada em revelações e impressões pessoais.
7) Igrejas cujos ensinamentos bíblicos sejam politicamente corretos e que jamais afrontem a sociedade.
8) Igrejas que promovam em suas atividade cúlticas entretenimento, lazer e descontração.
9) Igrejas que não promovam nenhum tipo de cobrança comportamental, social ou espiritual na vida do crente.
10) Igrejas desprovidas de relacionamentos pessoais, profundos e substanciais.
11) Igrejas cujo pastor funciona como um bom animador de auditório.
12) Igrejas cujo pastor é tratado com um funcionário que deve está apto, para orar, socorrer, além de servir de mestre de cerimônias, mesmo que isso prejudique sua família.

Dias difíceis os nossos! Que Deus tenha misericórdia da sua grei!

Aviva Senhor o seu povo.

Renato Vargens
Gilbert Raposo disse...

Queramos nós seguir a palavra de DEUS, sem relativismo, se errarmos, que peçamos perdão do fundo d'alma, e que não cometamos mais, sejamos nós coesos para que a igraja de Cristo cresça, sabendo que no plano terreno não há igreja perfeita, saibamos assimilar que até os pastores são humanos como nós, são falhos e imperfeitos como nós, não são super heróis, sigamos numa igreja onde a palavra de DEUS é o primor, e sejamos prudentes como a serpente, e simples como as pombas, como diz a palavra do SENHOR, saibamos dominar as nossas insatisfações, e caminhemos para o crescer, sejamos também ajuntadores.
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Anônimo disse...

Já que tocou neste assunto,

A Igreja que desejo:

1) do tamanhho ideal para que permita a todos os membros se relacionarem e possam ser pastoreados;

2) com discipulado sim;

3) comprometida com a Santidade sim;

4) que priorize a pregação da Palavra sim;

5) Louvor cristocêntrico, com pessoas comprometidas com a Santidade, e pessoas que ministrem ao Senhor e não somente cantem, sem gente querendo somente aparecer e onde as pessoas do "louvor" participem de outras atividades na igreja e se relacionem com os outros membros;

6) sem invencionismos, sem profetadas e revelamentos mas que não sufoque os dons e sua manifestação;

7) comprometida com a Verdade doa a quem doer, porém em amor, onde todos tenham oportunidade de aprender de Jesus e de trabalhar pela Causa dEle;

8) onde o relacionamento pessoal, não seja restrito a "grupinhos" e que não ocorra, quase que falsamente, somente no templo, quando alguém pede que se abracem,
e que seus membros se preocupem uns com os outros e com o próximo em geral, mantendo atividades sociais e beneficentes;

9) com um pastor conhecedor da Palavra, com conhecimento teólogico firme e correto, que seja humilde e se relacione com todos os membros de igual modo, sem
privilegiar um ou outro.

Difícil achar uma que tenha tudo isso...

Carlos Gomes

Regina Farias disse...

Pastor

É mais uma pergunta.:)

Certamente deve-se a isso a ploriferação das mesmas onde cada facçãozinha pode expressar seus desejos mais infantis (quer dizer, infantis, não. Isso seria ofender as crianças. Digamos, imaturos e caprichosos...)

A propósito, lia ontem em revista local uma entrevista com um cartunista lançando livro de abordagem bem-humorada acerca dos monumentos históricos de PE, e me chamou à atenção uma frase que dizia mais ou menos assim: "As pessoas têm a tendência de gostar só do que conhecem".

E arremata:
"E não se gosta do que não se conhece; a partir do momento que elas conhecem, passam a se alimentar muito mais delas" - referindo-se às pessoas que passam todos os dias em frente aos monumentos mas não conhecem a história deles.

E aí eu "viajei" e imaginei que com o Evangelho também não é diferente.
As pessoas ou se acomodam ou têm medo de adentrar, de se jogar no desconhecido profundo, intenso, denso - porém SEGURO - daí escolhem passar ao largo, admirar de longe, ficar na superfície, de onde podem ver melhor a si mesmo e a seus próprios feitos, inchando o peito e dizendo que assim tá bom, é melhor não conhecer, aí... dá no que dá!

Como diria uma empregada de minha mãe que entre dez palavras diz em dez: só a Graça!

Deus o abençõe!
R.

Marcelinho disse...

Ótimo comentário, Regina.

Joao disse...

Bem, Se essas escolhas ajudam o crente a juntar o util ao agradável, Amén. Isto é, se essas escolhas ajudam o crente a fazer e obedecer a palavra de Deus, é bom, mas, se é simplesmente para agradarem as suas vontades, é ruim.


JOAO MAPIE
MAPUTO-MOÇAMBIQUE

victor disse...

Concordo com suas palavras completamente. Pregação de verdade passa longe dessas igrejas. Grande "santuário"... Infelizmente tenho que dizer que não acredito que sejam crentes quem prega esse evangelho diluído e também os que ouvem, pois ouvem apenas o que desejam. As mensagens são: Vítória em Cristo, seja um vencedor, etc. Falam de avivamento, mas é tudo uma palhaçada. Avivamento de verdade é uma profunda convicção de pecado e uma volta à Palavra de Deus, obedecendo-a, humilhando-se perante Deus, exatamente o que não vemos nessas catedrais, nesses santuários.

pastor victor

vagner luiz disse...

Eu só sei que eu gostaria de ser um crente igual a Jesus.
Que só se preocupava em fazer a vontade do Pai, que fez e faz tudo por amor, que olha para todos com misericórdea, que denunciava e mostrava o escape, que sabia que seria negado, escurraçado, cuspido escarrado, açoitado.... mas mostrou o verdadeiro sentido de ser filho de Deus: AMAR incondicionalmente o necessitado.
Sou cheio de falhas é claro, mas a minha meta é alcançar a estatura do varão perfeito e uma coisa eu garanto, homem nenhum pode me tirar esse sonho.
Vou proceguindo para o alvo na esperança de que toda a igreja também faça o mesmo.
Paz!

Regina Farias disse...

ops! proliferação rsss foi mal :)

augusto elias disse...

É isso aí Vagner,essa é a idéia do buscarmos a semelhança com Mestre Jesus!!!!

augusto elias disse...

Há alguns dias fui tomado por um sentimento muito ruín ao me preocupar com certos irmãos que não estão nem aí para o desenvolvimento dos estudos bíblicos,até porque sabemos que Jesus seguiu a tradição dos meninos da época no que tange aos estudos do antigo testamento e com pouquíssima idade tendo que intender o PENTATEUCO,detalhe,todo!!!!!.Isso aponta para uma série de coisas,por exemplo,só querem pular no reteté ou repleplé de Jeová,mas não estudam a palavra.Vou parar por aqui para não criar polêmica.Vamos lá então:Se somos imitadores de Cristo,o que devemos?Falar a verdade,amar o próximo,RENUNCIAR AS FOFOCAS DE CORREDORES DE IGREJA SOBRE A VIDA DAS PESSOAS,ATÉ PORQUE DEUS DIZ QUE DOS SEUS PECADOS ELE NÃO LEMBRA,se opor as imundícias deste século com discernimento e sabedoria e não estão fazendo nada etc.Existe uma infinidade de coisas que estamos deixando de lado e não estamos seguindo Jesus neste sentido.

Laguardia disse...

Provérbios 6: 16 - 19 - Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos.

Prezados Irmãos
Nunca antes na história do Brasil vimos tantos casos de corrupção, falta de ética e de moralidade por parte de nossos governantes.
O que vemos em Provérbios se enquadra bem aos nossos governantes e parlamentares.
1. Olhos altivos - pensam estar acima da lei. É comum ouvirmos a frase "Fulano de tal com a biografia que tem deveria ter tratamento diferenciado". Se esquecem que para Deus todos somos iguais e nossa Constituição também determina que todos são iguais perante a lei.
2. Língua Mentirosa - Quantas mentiras ouvimos todos os dias -"Eu não sabia", ou "o apagão foi causado por raios", "o mensalão não existiu", ou ainda falsificar o curriculum vitae dizendo que tem títulos que não tem.
3. Mãos que derramam sangue inocentes - Pessoas que participaram de atos terroristas no passado levando dor e sofrimento a centenas de famílias inocentes, hoje além de ganhar altas pensões do governo se candidatam e ocupam altos cargos no governo.
4. Coração que trama projetos iníquos - Governantes e parlamentares que não respeitam a legislação e a Constituição e tramam ações que permita sua perpetuação no poder. Cometem atos de corrupção enquanto o povo necessitado é mal atendido pela rede pública de saúde, nossos filhos não tem um ensino de qualidade na rede publica, nossa integridade física está sempre ameaçada pela violência, pelas balas perdidas, pelo crime, pelas drogas.
5. Pés que se apressam a correr para o mal - Projetos como o Ficha Limpa, de iniciativa popular com mais de um milhão e trezentas mil assinaturas são colocados em segundo plano, já os projetos que prevêem benefícios para governantes e parlamentares são rapidamente aprovados, inclusive por atos secretos.
6. Testemunha falsa que profere mentiras - O célebre "eu não sabia", ou "rouba mas faz", ou mesmo "todo o político é assim", são inaceitáveis para Deus.
7. O que semeia contendas entre irmãos - leis que em vez de beneficiar o cidadão independente de raça, religião ou sexo, servem para semear a desunião e o conflito entre irmãos, se esquecendo, que independentemente de nossa raça, somos todos criaturas de Deus, feitos a Sua imagem e semelhança.
Como Cristãos temos o dever profético de elevar nossa voz contra a iniqüidade de nossos governantes. Temos o dever de exortá-los a agir de acordo com os ensinamentos das Sagradas Escrituras.
Ou nos unimos agora na batalha contra o mal, ou em breve estaremos novamente adorando nosso Deus escondidos em cavernas, sendo perseguidos como são os verdadeiros cristãos em Cuba, na Coréia do Norte, no Irã, nos países muçulmanos e em diversas outras partes do mundo.
Convidamos para que se junte a nós na luta por um Brasil de que possamos nos orgulhar, com políticos mais éticos, honestos e com senso de moral. http://bralilivreedemocrata.blogspot.com.br. Brava Gente Brasileira http://bravagentebrasileira.ning.com/. Contamos com você!

Dougllas Knnor disse...

Infelizmente essa e o padrão mais procurado pelo o povo " crente"

Anônimo disse...

Pastor, aqui no interior as pessoas sempre são notadas. Se alguem faltar aos cultos sempre tem pelo menos 3 0u 4 pessoas que percebem.

gg disse...

Puxa, o Carlos Gomes disse tudo o que eu iria dizer! Fácil dizer que igreja é feita de gente se essa gente não se converte pra ser, de verdade, igreja... Abçs, Pr Renato, bom post!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only