segunda-feira, março 02, 2015

Uma breve avaliação da música "Raridade" de Anderson Freire

Por Renato Vargens

Outro dia alguém me perguntou o que achava da música "raridade" composta por Anderson Freire.

Confesso que até então nunca tinha ouvido nada a respeito dele muito menos de suas obras. 

Pois bem, diante do fato, visando conhecer o conteúdo teológico da dita canção, pedi ao meu inquiridor que me enviasse a letra para que  à luz das Escrituras avaliasse seu conteúdo.

Antes de tratar da letra em si, vale a pena ressaltar que não estou avaliando o compositor, nem tampouco sua motivação em compor essa canção. Minha avaliacão é exclusivamente teológica e nada alem disso, portanto, evite comentários do tipo, "Não julgueis", "você não conhece o coração dele" e outros mais, combinado?

A letra em si (veja aqui) não possui heresias hediondas que afrontem ao Senhor, todavia, ela é "perigosa" porque  possui pelo menos quatro equivocos teológicos que podem levar a igreja de Cristo a uma visão distorcida do Senhor, senão vejamos:

1-) A letra da música é absolutamente antropocêntrica. Nota-se claramente que o foco da canção não é a glória de Deus e sim o homem.

2-) A letra da música faz de Deus um ator coadjuvante onde no cenário da vida quem brilha é o homem. Repare que o Senhor não passa de um facilitador visando com isso a satisfação do fiel.

3-) A letra da música faz do Senhor um promotor de "autoajuda" oferecendo ao que canta a certeza de que Deus ao contrário do homem  reconhece o valor do fiel.

4-) A letra concede ao homem uma "glória" que ele não tem e  nem possui, como também um valor que não existe, mesmo porque, a natureza humana é má, perversa bem como desprovida de valores capazes de satisfazer a Deus.

Isto posto, não recomendo a Igreja de Cristo a entoação desta canção em seus ajuntamentos.

Pense nisso!

Renato Vargens


Danilo Costa disse...

Caro pastor, também comento um trecho da letra, e não o compositor e músico, na primeira estrofe, que diz:
"Mas te olhando eu posso a Deus adorar".
Este trecho no mínimo é estranho para mim. Acredito que pode abrir brecha até para a idolatria, pois, como a música é uma ode ao homem, alguém pode imaginar ao ouvir a canção que somos pequenos deuses, como que numa teologia panteísta.

FR@NCISCO disse...

Pr. Renato Vargens tbm me sentia incomodado com a letra extremamente antropocêntrica, dessa musica muito pertinente o seu comentário, Deus o abençoe!

Taynáh Coelho disse...

Caro Danilo Costa. Ñão quero aqui defender a música (pois concordo com o artigo a respeito dela), mas discordo do seu ponto de vista em relação a esse trecho da canção. Não acho que esse trecho possa chegar a tanto (pequenos deuses ou teologia panteísta). Compreendo que esse verso pode abrir espaço para diversas interpretações, mas também vejo que ele pode ter base bíblica. Basta lembrar do que o próprio Jesus disse certa vez no sermão do monte:

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus." (Mateus 5.16).

Robson Souza disse...

Não consigo ir além do teu olhar
Tudo que eu consigo é imaginar
A riqueza que existe dentro de você
O ouro eu consigo só admirar
(Porém o Senhor disse a Samuel: porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.1 Sm 16:7)

Mas te olhando eu posso a Deus adorar
Sua alma é um bem que nunca envelhecerá( alma é eterna)
("Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus." (Mateus 5.16).)

O pecado não consegue esconder
A marca de Jesus que existe em você
O que você fez ou deixou de fazer
Não mudou o início: Deus escolheu você
(Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. João 15:16)
Sua raridade não está naquilo que você possui
Ou que sabe fazer.
Isso é mistério de Deus com você.
(Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:8)

Você é um espelho
Que reflete a imagem do Senhor
(Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. 2 Coríntios 3:18)
Não chore se o mundo ainda não notou
Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor
Você é precioso, mais raro que o ouro puro de ofir
(O homem não conhece o seu valor, e nem ela se acha na terra dos viventes.
O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo.
Não se dará por ela ouro fino, nem se pesará prata em troca dela.
Nem se pode comprar por ouro fino de Ofir, nem pelo precioso ônix, nem pela safira.

Jó 28:13-16)
Se você desistiu, Deus não vai desistir
Ele está aqui pra te levantar
Se o mundo te fizer cair....
(E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,
Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

Colossenses 2:13-15)

É assim que eu vejo essa música....

Will Filho disse...

Caro Pr. Vargens, aprecio muito seu ministério e visão crítica da Palavra, mas infelizmente devo discordar da sua opinião em relação a essa música. Notei ainda que seu texto é uma contradição em si mesmo, não seria interessante reavaliá-lo? Ora, o irmão afirma que a música não possui heresias que afrontam o Senhor, mas em seguida não a recomenda aos cristãos, classificando-a como "perigosa", porque pode induzir a más compreensões. Nesse caso não seria mais assertivo recomendar prudência ao invés de rejeição? Pelo que entendo na música as más compreensões estão partindo de quem a enxerga como ameaça, ao invés de bênção na vida de quem busca edificação. Eu teria o prazer de expor com humildade de leigo as bases bíblicas que penso darem fundamento a essa canção, mas o Robson já fez isso, de forma muito pontual e objetiva essa explanação. Por fim, embora não concordando, respeito sua opinião e compreendo perfeitamente o motivo do alerta. Obs. seria interessante se o Pr. também conhecesse outras músicas desse cantor. Abraço e paz.

Renato Vargens disse...

Prezados,

O Robson usou uma miscelânia de textos soltos fora do contexto para justificar um letra antropocêntrica.

Portanto, mantenho minha opinião.

Renato Vargens

Cristiano mineiro disse...

E, não esquecendo da minha condição que é idêntica à de todos aqui, declaro que a bíblia é passiva de interpretações para aqueles que não aceitaram a fé, se não, todos os interpretes estariam corretos em suas diversas afirmações. Ela ficou para ser entendida(revelada). No mais, "tudo é vaidade(homem)".

Renato Vargens disse...

utra coisa importante: O fato de alguém usar na defesa de sua doutrina versiculos bíblicos não torna o ensino verdadeiro. Aliás, o diabo é expert nisso. Ninguém como ele fundamenta tão bem seus ensinos em textos bíblicos. Isto posto, cuidado com aquilo que lê, mesmo porque, sem que perceba você pode estar abrançando uma terrivel heresia.

Pr. Renato Vargens

Robson Souza disse...

A alguns comentários atrás , a música não tinha heresias Pr.Renato e agora o cuidado já é com as heresias , mantenha sua palavra por favor , respeito muito o senhor por esta razão sigo , curto e compartilho seus comentários e no caso deste m, eu simplesmente postei as refeências bíblicas que me faz entender a música em destaque , se o senhores perceberem no final eu comentei "e assim que vejo esta música ", na questão de serem textos solto é óbvio que não colocaria aqui todo contexto , se é do interesse do leito abra sua bíblia e leia , por isso acrescentei as referências , contudo infelizmente as letras dos ditos "hinos" de hoje realmente são em alguns casos até mesmo antibíblicas e admiro sua posição de criticar algumas , mas cuidado com o critiscismo exacerbado , pode lhe tirar algumas coisas simples e essenciais. Graça e paz!

Reclame Angra disse...

Concordo com o Pr. Renato.

Essa música é cantada para um homem. Não deveríamos exaltar a Deus? Quem é mais precioso, o homem ou Deus? Embora eu seja precioso para Ele, Ele é infinitamente mais precioso para mim, a final Ele é o meu Senhor, meu Pai.

Hoje em dia poucas canções podem ser chamadas de louvores a Deus. A maioria exalta as qualidades, atributos e importância do homem.

Sei que existem músicas bem piores por aí, mas sinceramente não me animo em louvar a Deus com essa letra. Respeito a opinião de todos, contudo não consigo me calar diante dessa mudança de foco da adoração a Deus.

Erik Almeida disse...

Concordo com que as músicas atuais tem sido egoístas e antropocêntricas em sua maioria. E concordo também que essa música tem estado mais a favor do homem do que exaltando a glória de Deus como "Quão grande é o meu Deus" hino lindo por sinal mas algum de vocês já esteve em depressão? Algum de vocês já esteve à beira de um suicídio? Tenhamos empatia e pense se fosse vocês e escutassem uma letra como essa...

Acredito que vidas são salvas através desse louvor, que pessoas que se acham escória da sociedade conseguem erguer a cabeça aos céus e saber que Deus olha pra elas com amor.

A quanto tempo cantamos "você tem um valor o espírito santo se move em você"? Essa música nos remete ao mesmo significado...

Deus vos abençoe!

Viviane Veloso disse...

Amados do Senhor! Paz esteja com todos! Achei muito pertinente a colocação do irmão Erick a cerca da depressão pois de fato tbm vejo esta canção como um bálsamo, como um recado de DEUS pra quem se sente tão inferior diante de todos... Mas só quem teve ou ainda tem essa doença é que entende... Contudo, respeito e compreendo cada ponto de vista aqui. Forte abraço a todos!

Carlos mendes disse...

Vamos orar uns pelos outras nada disse esta agradando a Deus o importante e termos a nossa vida no altar isso sim agrada a Deus

Carlos mendes disse...

Agrada a Deus isso e o q nos leva para a gloria .e agrada a Deus e ter uma vida no altar independe de letra de músicas ou não o espírito vivifica mas a letra mata adorador não anda julgando so existe um justo juiz

adriana botelho disse...

Não acredito que essa música contenha Heresias ou coisa tal.
o mais importante é Adorar o Rei dos Reis
pois o último final de semana tivemos um congresso de mulheres na minha igreja e o tema foi Raridade.
Ali Deus falou profundamente aos corações das pessoas,e essa música foi. Ministrada nos dois dias,e foi uma bênção,
Não somos ninguém para julgar,pois nosso Juiz e Deus....

adriana botelho disse...

Robson Parabéns pelo seu comentário, pois vejo essa música como vc tb vê. .

Mauricio disse...

Renato,
parabéns pelo texto.
percebi pelos comentários que as pessoas não avaliam a letra pelas escrituras, e sim pelo sentimento que ela desperta nelas (nada mais normal em tempos pós-modernos como os nossos, e nada mais triste de se ver num crente).
esperemos uns 6 meses, e quando essa música tiver saído de moda, veremos que quase todos os que discordaram aqui do senhor, vão concordar veementemente contigo.
infelizmente já estarão nesse tempo apaixonados pela mais nova música da moda à qual jurarão amor eterno tbm.
ab.

Daniel Gomes disse...

Que a paz do senhor esteja com todos!
Primeiro gostaria de parabeniza-lo Renato Vargens por este texto, são poucos os que hoje procuram verificar as letras dos hinos e dar a sua opinião. você fez um ótimo trabalho, realmente tem muitos neste tempo esta cada vez mais difícil encontrar louvores de verdadeira adoração a Deus, mas em minha opinião não acho que este hino se enquadre nisto, pois eu mesmo na maioria das vezes procuro prestar atenção nas letras de louvores, e muitas vezes já procurei comentários ou postagens sobre este hino, justamente por ser um dos mais tocados nas rádios do meio cristão, e em uma destas pesquisas descobri oque inspirou Anderson Freire a compor este hino, foi em uma visita a penitenciaria e conversando com uma mulher que esteva presa ali, falando da palavra de Deus para ela e ouvindo a historia dela, ele sentiu a presença de Deus e chegando em casa compôs este hino que como Robson Souza postou tem sim fundamentos bíblicos, eu costumo ter uma visão ampla tanto do lado de dentro como de fora e posso dizer que este hino mostra que ainda há esperança para aquele morador de rua muitas vezes passamos a seu lado e preferimos não dar atenção, pra quele irmão ou irmão que fica sentado no ultimo banco da igreja que muitas vezes passa despercebido. Pode não servir para aquele irmão que já é conhecido e antigo na igreja, mas servira para aquele que esta começando a conhecer a palavra e esta em dificuldade, não podemos só olhar e dizer que é extremamente antropocêntrica, porque EM MINHA OPINIÃO, trata-se tão somente da ajuda que Deus nos da no inicio de nossa jornada quando estamos com aquele Fardo de Pecados em nossos corações, mas que aos poucos vai se desatando ao ouvir a palavra de nosso Deus dizendo filho estou aqui e irei lê ajudar (Não temas, porque eu sou contigo), e esta canção é de 2013 desde o lançamento 2 anos se passaram e continuam sentindo a presença de Deus neste hino, claro que posso estar completamente errado em minhas opiniões quanto ao hino e ao compositor, afinal quem sou eu para afirmar tais coisas de alguém que não conheço pessoalmente, mas esta é minha opinião obrigado pela atenção. Novamente Parabenizo o irmão que fez estas observações.

PS: Novamente tudo escrito aqui é de meu entendimento e de minha opinião "tirando o que inspirou o cantor a compor pois isto eu vi em um vídeo que ele mesmo diz estas palavras é só procurar pelas pregações dele que em uma delas ele diz isto, é só olhar suas composições".

Johnson Maia disse...

Wil, o pastor em nenhum momento disse que não existia heresias, só falou que não tinha HEDIONDAS HERESIAS, que interferem na própria essencia do evangelho, a musica não edifica em nada, confesso que ela é muito bonita mesmo, mas só massageia o ego, as outras musicas são boas, mas a avaliação aqui não é sobre o canto Wil é sobre esta musica especifica, eu não consigo enxergar uma pessoa sendo luz do mundo e não ser notado pelo mundo, ser notado sua diferença, assim como diz a música, esta faz qualquer coisa menos levar ao contrito coração, ao quebrantamento, e arrependimento, ou exaltação a DEUS, boas intenções o inferno está cheio.

arthur storch disse...

Totalmente apoiado Pastor Renato, se é para o homem ser o centro, que se destaque a sua maior caracteristica... A PECAMINOSIDADE, isso prova o quanto estamos longe. fico com a seguinte versão:
"Você não é um espelho, e nao reflete a imagem do Senhor;
Vive em pecado e ainda não notou, já é o bastante pra Deus derramar o seu furor;
Você é pretencioso, maldoso e o seu pecado não tem fim,
O juízo é certo e será seu fim.
Deus um dia enfim, vai te condenar, se nao houver mudança, ele o fará"

Jacson Bueno de Lima disse...

Acabo de me deparar com um debate acerca de supostos erros teológicos na Canção Raridade, analisados pelo pastor metodista Ildo Mello. Embora interessante a preocupação com a santidade da igreja cristã para não cair em heresias, há que se analisar alguns aspectos interessantes.
A primeira análise feita pelo referido pastor é de que a frase “O pecado não consegue esconder A marca de Jesus que existe em você . O que você fez ou deixou de fazer Não mudou o início, Deus escolheu você”. Segundo o mesmo, tal afirmativa iria de encontro aos ensinamentos sagrados pois dá a entender que o pecado não importa na vida do cristão, visto que não importa se o escolhido pecar ou não já está determinado sua situação de salvação.
Que me desculpe o digníssimo pastor, mas tal interpretação está equivocadíssima, visto que parece que há um desconhecimento entre os significados de “início” e “fim”. Notem que em nenhum momento o autor da canção cita que cometer pecado não alterará o destino final de sua alma. O que o autor cita é que os erros cometidos ao longo do caminho não fazem Deus se arrepender de ter escolhido alguém, visto que não altera o INICIO. Pode-se tonar que o crítico pastor faz referência ao apóstolo Paulo ao citar seus textos veementemente fortes contra o pecado. Pois bem o próprio apóstolo Paulo no capítulo 7 aos Romanos escreve contando suas misérias e confessando que muitas vezes acaba fazendo mal mesmo desejando fazer o bem.
Notem que as referências da canção são quanto ao que “você fez” ou “deixou de fazer”. É também uma questão semântica visto que tais verbos estão conjugados no passado. Em nenhum momento há afirmação de que não importa o que você irá fazer, mas sim que não devemos estar acorrentados ao passado, visto que a misericórdia do Senhor se renova todos os dias na nossa vida. Isaías 43:25 o próprio Deus diz:... "Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro"...

texto completo em jacsonlima.blogspot.com.br

Regina Correia disse...

Eu tmbm amei o ponto de vista do nosso irmão ai Robson parabens que continue te usando mas e mas

alexandre lima disse...

Sei q o blog é para esta esta finalidade. Identificar a essencia da letra. Mas esta se tornando uma agressao estre os irmaos. Concordo com alguns acima q defendem a musica. Pois por exemplo como muitos criticam thalles roberto, eu conheci e aceitei a Jesus e hj sou um cooperador da Igreja Assembleia de Deus, apos assistir um dvd dele na época. Falta um pouco de biblia nos louvares atuais? Sim. Mas pra quem "ta la no mundo" essas musicas podem traze los e ganhar mos almas para Deus. Como aconteceu comigo. Paz a todos.

Shirley Azaro disse...

Amei o que o Robson Souza disse. Eu tbm vejo essa música assim.

Luã Márlon disse...

Primeiro, não podemos jugar uns aos outros. Segundo, ninguém aqui sabe o que estava se passando no coração do autor da canção. Terceiro, você é livre para escolher cantar ou não a canção. E quarto, Você não será condenado por Deus se cantar ou deixar de cantar esta canção.
O que nos chama a atenção é que mesmo diante das críticas, Deus tem usado Anderson Freire através desta canção para falar à muitas pessoas, e muitas vidas tem sido transformadas pelo o poder de Deus.

Anônimo disse...

Robson, creio que houve um equívoco na citação da passagem de Jó 28:13-16. Pois esta passagem não se refere ao valor do homem, mas sim ao valor da Sabedoria, fato que se entende ao ler o versículo 12 deste mesmo capítulo.
"Onde, porém, se poderá achar a sabedoria? Onde habita o entendimento?
O homem não percebe o valor da sabedoria; ela não se encontra na terra dos viventes.
O abismo diz: ‘Em mim não está’; o mar diz: ‘Não está comigo’.
Não pode ser comprada, mesmo com o ouro mais puro, nem se pode pesar o seu preço em prata.
Não pode ser comprada nem com o ouro puro de Ofir, nem com o precioso ônix ou com safiras.
(Jó 28:12-16 - NVI)
Graça e paz!

Pastor Orlando Lopes disse...

"O pecado não consegue esconder a marca de Jesus que existe em você."

Agora veja o que as escrituras dizem em Isaías 59:2:
"Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça."

A Bíblia diz que o pecado faz separação entre nós e Deus. E até impede que sejamos ouvidos por ele. Já a música diz o contrário.
Não há o que discutir. A Bíblia se interpreta por si mesma.

Ana Paula Ramos Collado disse...

Quando li sua explicação da música ja pensei: o pastor vai dizer que não vale expor versículos sem contexto" porque a final é sempre essa a desculpa que os q se os "defensores" da bíblia dão. Fique em paz, todos os versículos que vc mencionou são coerentes com seu contexto,tem significado explícito em si mesmo, não necessitando de um capítulo inteiro pra explica lo.

Leeh Misaki disse...

Eu tbm nao entendi esse trecho. E para mim é esquisito.

Rafael Carlos disse...

Acho muito saudável discussões como essas. É muito importante ouvirmos conselhos alheios aos nossos. Tudo com prudência e moderação. Agora, um recado aos autodeniminados "pacificifistas", os quais dizem para orarmos, que o importante é ter a vida no altar...é claro que é! Mas não é importante também meditarmos se as coisas são boas? Analisar opiniões diferentes das nossas?

Rafael Carlos disse...

A coisa errada é certa por ter ter resultados?

Malu Moura disse...

Graça e paz a todos!
Eu amo um bom debate, como disse o irmão Rafael Carlos e o Pr. Renato Vargens, sempre rende um aprendizado, é bom sairmos da caixa.
Como todos acima e com muito respeito, vou compartilhar o que penso.
Sou Membro da IEAB, e meu Pr. Cosme, homem muito sábio, nos alerta acerca dee várias façanhas e a música cristã de hoje, é uma delas. Mas, ele também diz sabiamente, que devemos nos calar quando o assunto foge à palavra de Deus, ou seja, quando não tem Base Bíblica.
Dito isso. Entro neste debate dizendo que ambas opiniões citadas, tem base Bíblica.
Explico, o pq penso assim.
Como bem disse o Pr Renato, não chega ser uma ofensa ao nosso Deus.
Sempre agradeço a Deus por derramar sobre mim a Luz da sabedoria.
E o homem mais sábio, disse:
Tudo é vaidade.
Quando Jesus iniciou seu ministério, o que mais chamou a atenção dos "grandes" homens de Deus, foi justamente o fato de Jesus não sê encaixar dentro daquilo que acreditavam ser, o certo.
Pois bem. Jesus, já deixou claro o seguinte. (Parafraseando) - vocês que exigem tanto dos pequenos, mas nem conhecendo, praticais o que prega.
Numa outra situação, disse Jesus a seus discípulos: " sobre um homem que falava em nome Dele, mas não era da turma. Ele diz: Aquele que não é contra nós, é por nós. "
Mas, em nossas dificuldades de entender, Jesus, por misericórdia continuou e continua a ensinar.
E, através de Paulo, nos ensina até hoje.
- Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma. 1 Coríntios 6:12b
- Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. 1 coríntios 10:23b. Citei a parte "b", somente para abreviar o texto.
- E pela tua ciência perecerá o irmão fraco, pelo qual Cristo morreu? 1 Coríntios 8:9 (leiam todo o texto, pois mostra que temos liberdade, mas que não seja para escândalos.)
Eu sei, também não suporto texto fora de contexto. Mas, tem mais um trecho que vou usar.
- Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
- Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Resumindo: Teologia é uma bênção, abre os olhos para o que não víamos. Por outro lado, aquele que não detem a ciência, deve ser amado e cuidado, pois uma alma salva, cobre multidão de pecados. Tiago 5:20
Como perguntou acima, o irmão Rafael Carlos.
"A coisa errada é certa por ter resultados?"
Eu te digo que não, o errado será sempre errado. Mas, faço uma pergunta retórica para reflexão de todos.
- Quem determina o que é, e o que não é errado? R: Nosso Deus!
Sendo assim, sim. Se louvor do qual estamos falando, atingir apenas uma alma, terá mais valor que muita ciência sem frutos.
Leiam 1 Coríntios 1;2;3;.....
Leiam a Bíblia. E se, teu olho pecar arranque-o e jogue fora.
Todos que confessam a Cristo e vivem para Cristo, são salvos. As diferenças teológicas não afastará nenhum dos escolhidos de Deus.
Pq, só conhecemos em parte, até que venha aquele que É! Maranata, ora vem Senhor Jesus.
Somos corpo, vivendo um compromisso do grande AMOR de Cristo. 🙏🙏

Carol disse...

Não concordo com o texto, no lugar da música raridade eu coloco usaria esse texto do senhor para falar dar como exemplo a musica Campeão e sabor de mel. Uma musica que coloca uma pessoa contra a outra mostrando que um vai se dar bem e o outro por não ter ajudado não terá acesso a benção de Deus e a outra musica que mostra que se você tiver fé e força poderá vencer na vida, mas em momento algum a letra da musica fala de Deus e sim que a pessoa vencerá se crer nela mesma! Diferente de raridade que mostra que mesmo com problemas e uma passado difícil (complexos) se nos acertarmos e aceitarmos a Deus ele nos amará sem nos julgar.Uma musica excelente principalmente para pessoas que estão chegando agora e precisam de ajuda, que acreditam não serem merecedoras de viverem na terra pelo passado que teve, pessoas que pensão em desistir da vida e que se sentem sozinhas como se ninguém gostasse delas. Só observo vocês ai criticando, mas enquanto isso a musica está ai nas rádios, televisões, redes sociais dentro das igrejas tocando e as pessoas adorando a Deus!

Gildasio de Jesus disse...

Graça e paz amados!
Eu estava olhando os comentários, e achei bastante pertinentes para aprendizado.
Antes de comentar sobre uma música, ou uma outra obra é muito importante conhecer sobre a integridade do autor e que situação o motivou a escrever a determinada obra, e se tem base Bíblica.
Sendo assim, convido a todos inclusive eu, a conhecer a história dessa música (o que a motivou) e o autor dela,isso será muito importante para conhecermos a ótica da música e concluirmos se nos convém canta-la.
Eu em particular, sou bastante crítico antes de cantar uma música,pois, acredito que a música também é uma pregação, logo, deverá ser fundamentada na Palavra de Deus.
Sendo assim,concordo com o comentário de Robson Souza onde ele explica alguns textos da música fundamentando na Palavra.
Vejo essa música como uma pregação, onde ela abre os olhos do homem para entender e compreender que ele possui um grande valor para Deus.
Hoje há muita gente que acha que não tem nenhum valor para Deus, que o pecado cometido no passado não tem perdão. Também existe muita gente na Igreja, que se arrependeram dos pecados e pediram perdão, receberam a Jesus,e agora vive em santidade,integridade em Deus, mas ainda está com a consciência pesada, ou seja, ainda se sente condenado pelo que fez. Isso porque conheceram primeiro a religião, e não busca conhecer que a Bíblia realmente diz a nosso repeito, acham que não possui nenhum valor. É essa mensagem que a música passa para mim.
Amados, O próprio Jesus disse em Mateus 5:13,14 que vós sois o sal da terra luz do mundo. É isso que a Bíblia diz a respeito de cada pessoa que escolheu viver separado do pecado, que vive uma vida de integridade em Deus, aquele que não vive segundo a carne mas que é movido pela instrução da palavra e segundo o Espirito Santo de Deus.
Portanto, acredito que a música não está colocando o homem acima de Deus, mas fazendo com que as pessoas intendam que são valiosas para Ele, pois é isso que a Bíblia diz a respeito de todo aquele que faz a Sua vontade.

Maria Marta Barros disse...

👏👏👏👏Robson!Tem gente que só presta prá estragar o que os outros fazem de bom! Por que não vão orar?

Maria Gloria disse...

O pecado não consegui esconder a marca de Jesus que existe em vc, só presta atenção nessa letra

Maria Gloria disse...

Concordo com vc

Maria Gloria disse...

Meu amado eu sou evangélica mais tem louvores que é pior do que algumas musicas mundanas mas vamos vigiar so presta atenção nessa letra o pecado não consegui esconder a marca de Jesus que existe em vc

Unknown disse...

Na minha opinião a música Raridade é uma mensagem profética para alguém que se encontra caído seria uma exposição do amor de Deus por aquela alma como se fosse uma reflexão ao homem para que o mesmo não se sinta menosprezado e eu acredito que nesse caso a letra da música não é antropocêntrica porque visa primeiramente o Amor de Deus pelas almas e inclusive na própria harpa Cristã existem louvores que expõem a dimensão do Amor de Deus por nós

Weliton Machado disse...

A minha opiniao que autor sem desmerecer o mesmo comecou a fazer isso para criar uma certa polemica. Não temos o direito de expor com essa autenticidade. Deus assisti nossas fraquezas nossos erros.o Criador nos fez reto,mas nós complicamos tudo(eclesiaste7:29). pois bm. Se a música foi feita para massagear o ego do homem, tanto quem o criou quanto aquele que esta escutando apenas pro seu proprio interesse, prestara conta no momento certo com Deus. Não cabe a nós criticar ou expor alguem denegrindo dessa forma.nao creio que se alguem esta passando por situações complicadíssimas na vida e escutar uma palavra q venha dessa musica, esse alguem de coracao machucado tera um cronograma em querer debater a filosofia da musica. Digamos que alguem faça uma música pra enaltecer somente a si mesmo, acredito que seja algo profano, mas Deus é um Deus poderoso que esta junto de seu filho mesmo estando no mais profundo abismo e no extremo do mar Ele guiara e susterá(salmos139: 8-10). pelo seu poder pode muito bem transformar o que é mal revertendo pra bom, ou seja se tal musica foi feita com má intencao, uma pessoa com fé em Deus pode direcionar essa musica para seu crescimento espiritual. Porque Deus é imensamente poderoso conhece o intimo de cada um. O diabo pode até se infiltrar nas musicas, mas o inimigo não é mais inteligente que Deus. Por isso todo nós devemos ter fé e estar com Deus porque com fé podemos escutar musica conforme (filipenses4:8) sem ter medo dos falatorios. Deus abençoe

Carlos Joaquim disse...

Caros amigos!Essas questões são bem complexas de serem avaliadas, no entanto também creio que essa música não foi criada com o propósito de adoração a Deus diretamente, mas sim como uma pregação a alguma pessoa que está caída e precisa se levantar, pois se o ser humano não tem valor então porque Jesus morreu???? As vezes é melhor se calar e prestar atenção nos resultados e julgar isso positivamente. As pessoas vão a igreja porque???? Não é pra se sentir bem na presença de Deus???? Todos que vão a igreja de qualquer forma vão se abastecer de algo, isso não seria egoísmo ir na igreja porque vc está necessitado e nesta hora só pensa em vc mesmo???? não é egoismo pensar só em vc????? veja como o homem é pobre, mesmo que tenha bastante dinheiro sempre vai precisar de paz e de muitos favores de Deus, se vc tiver muitas coisas na vida outras mil vão lhe faltar, falo de paz porque é um dos princípios da manutenção e continuidade da vida e todos indistintamente precisam buscar. Se vc não tiver, seja o mais simples até o mais difícil atributos, vc vai a uma igreja, isso se vc acreditar em Deus e lhe pedirá, SE eu fizer a pergunta aqui: quem não fez esse pedido a Deus???? se aparecer um ele estará mentindo. Entrar dentro de uma igreja a procura de uma dessas coisas, qual homem chegará dentro de uma igreja pra agradecer a Deus somente???? e ainda dizer pra Deus: Meu Deus eu vim aqui mas nem quero que o Senhor NÃO me olhe hoje aqui faz de conta que não estou aqui, pois não preciso de tua benção hoje, pois hoje estou muito bem. Que coisa!!!!Isso nunca irá acontecer. O ser humano é bicho falso, até no falar quer se esconder e se justificar!!! dizer que o homem tem valor quando ele tem Deus na vida é importante, quando diz que o homem não tem valor nenhum sem Deus é falar uma verdade soberana e irrevogável como a bíblia diz, MAS na mesma bíblia diz também que O salvador veio resgatar o que se havia perdido, então como posso dizer que o homem não tem valor? pode não ter pra vc que não tem amor, mas pra jesus custou caro tudo isso. Vejo que muitos aqui jogariam pedras naquela prostituta da historia de Jesus, pois pensam já ter alcançado santidade em demasia. Escrever uma música pensando na Salvação de muitas almas é praticar heresia??? Façam uma pesquisa dentro de suas igrejas e vejam qual efeito da letra que vcs definem como heresia e vejam se bate com a insanidade que as nossas mentes podem causar com uma variação de interpretações feitas aqui. E aqui vejo que são nocivas a nós mesmos as nossas interpretações e mostra como nossas mentes são frias, calculistas e estão longe de Deus.

Liena disse...

Parabéns pelo seu comentário, Robson. Também vejo assim. Foi muito feliz em sua exposição dos fatos. As pessoas têm mania de achar defeitos onde não têm. Só penso.

Dani disse...

👏👏👏 não precisa dizer mais nada! Explicou dentro da verdade a palavra! Muito obrigada Robson pq muitos se perdem por não conhecer.

Alcebiades Tobias disse...

Vc não peca ou nunca pecou , parabéns 👏👏
Quando ele fala que o pecado não consegue esconder acredito que são os pecados que já foram cometidos tanto é que ele fala o que já fez ou deixou de fazer
Caso fosse algo pro futuro falaria o que irá fazer ✌😅 só acho

Did Araujo disse...

Concordo com tudo, porém, agora surgiu uma dúvida, se somos a imagem e semelhança de Deus e tratados como a menina dos seus olhos, como não temos valor algum? O próprio Deus não enviaria seu filho unigênito para morrer por seres tão desprezíveis. Toda honra e glória somente a Deus, porém, temos nosso valor sim e como numa canção antiga..."você tem valor, o Espirito Santo se move em você". Eu não preciso de musicas e palavras de motivação porque me amo e tenho auto estima elevada, mas tem muuuuuuuitas pessoas que precisam. É isso, gostaria que alguem comentasse meu comentário rs

Mauricio de Almeida Soares disse...

Araújo.
Deus escreveu 150 cancoes para cantarmos.
da uma olhada nos salmos. se vc achar um só que foi escrito para falar sobre o quanto somos preciosos, concordarei com vc.
e veja os outros cânticos do AT e NT, incluindo Ap.

Ivan Oliveira disse...

Antropocentrismo? Só sei que o pecador precisa saber o quanto ele é importante para Deus, ao ponto de ter enviado seu filho JESUS ao mundo para morrer na cruz por nós, e que todo aquele que nele crer terá a vida eterna. Obvio que o ser humano não é alvo de adoração, mas não é um ser qualquer com quem Deus não se importe. Vamos deixar de lado estas questões e vamos levar a mensagem do evangelho aos necessitados.
Deus abençoe a todos! Diga ao seu próximo o quanto Deus o ama e o quanto ele é importante. Raridade, como tantos outros cânticos, não é um hino de adoração ao Senhor, mas pode ser sim utilizado na evangelização dos perdidos.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only