quinta-feira, dezembro 11, 2014

Se Jean Wyllys se convertesse, qual seria nossa reação?

Por Renato Vargens


Paulo foi sem sombra de dúvidas um dos maiores perseguidores do Cristianismo nos primórdios da Igreja Cristã. Antes de sua conversão em Damasco ele fora um dos grandes inimigos da Igreja. Na morte de Estevão por apedrejamento ele estava presente  consentindo com sua chacina. (Atos 8:01)

Paulo perseguia a Igreja de Cristo de forma implacável, não concordava com aqueles que eram do Caminho, nem tampouco acreditava  que Jesus havia ressuscitado e estava vivo. A consequência direta disso era o ódio. Entretanto, as Escrituras nos ensinam que um dia,  ao aproximar-se de Damasco, Paulo  foi surpreendido por uma luz muito forte que brilhou ao seu redor, derrubando-o no chão. Naquele instante ele ouviu uma voz que lhe dizia: "Saulo, Saulo, porque me persegues?" Ele prontamente espantado logo perguntou: "Quem és tu Senhor?" Aquela luz brilhava nos seus olhos a ponto de Paulo não enxergar absolutamente nada. No mesmo instante, Paulo ouviu:  "Eu sou Jesus, a quem tu persegues." (Atos 9:1-18) 

Caro leitor, após essa profícua experiência, Paulo, convencido pelo Espirito Santo de quem era Jesus, converteu-se a Cristo, tendo a sua vida transformada pelo Senhor, tornando-se assim pela graça de Deus um dos maiores cristãos de todos os tempos. 


Pois é, a conversão de Paulo me faz entender que o Deus revelado pela Bíblia salva quem ele quer independente da história ou do "background" da pessoa. 

Paulo do ponto  de vista humano era um individuo irreconciliável. Aliás, vale a pena ressaltar que se a salvação de alguém dependesse da nossa aprovação talvez vetássemos no "conselho divino" o perdão dos pecados de gente com o perfil do apóstolo aos gentios, até porque, nossa natureza caída é revanchista, desprovida de amor,  compaixão e pervidamente vingativa. 

Em segundo lugar a conversão de Paulo também me faz pensar nos "inimigos" da igreja contemporânea. As vezes eu leio nas Redes Sociais alguns evangélicos dizendo: "O deputado Fulano de Tal, tem pacto com demônio, o artista beltrano é  encarnação do anticristo, Siclano é adversário de Deus, portanto precisam pagar por isso."  Nessa perspectiva, não são poucos aqueles que rogam ao Eterno, juízo sobre os perseguidores do evangelho e não misericórdia.

Prezado amigo, Cristo nos chama a pregação do evangelho. Nosso Deus nos convida a rogar pelos perdidos, bem como a clamarmos ao seu santo nome pela salvação até mesmo daqueles que nos perseguem. (Mateus 5:43-48; Romanos 12:14)

Como seria por exemplo se recebessemos a notícia que Jean Wyllys teve um encontro com Cristo, confessando seus pecados convertendo-se a Deus? Celebraríamos sua conversão e o receberíamos como irmão? Ou seríamos tomados pela indignação de que Deus salvara um pecador?

Ora, isso me faz lembrar do episódio em que Ananias  ao encontrar com Saulo, vendo que este tinha sido salvo por Cristo o chamou de irmão. 

"E havia em Damasco um certo discípulo chamado Ananias; e disse-lhe o Senhor em visão: Ananias! E ele respondeu: Eis-me aqui, Senhor. E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e vai à rua chamada Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso chamado Saulo; pois eis que ele está orando; E numa visão ele viu que entrava um homem chamado Ananias, e punha sobre ele a mão, para que tornasse a ver. E respondeu Ananias: Senhor, a muitos ouvi acerca deste homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; E aqui tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome. E Ananias foi, e entrou na casa e, impondo-lhe as mãos, disse: Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que tornes a ver e sejas cheio do Espírito Santo. E logo lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e recuperou a vista; e, levantando-se, foi batizado." ( Atos 9: 10-18)

Veja bem, Saulo foi um dos piores adversários da fé cristã, todavia, ao encontrar-se com Cristo, Deus o transformou por sua graça e misericórdia, tornando-o, Filho de Deus. (João 1:12)

A atitude de Ananias em muito nos tem a ensinar.  Esse irmão, desprovido de juízo infamatório e entendendo o maravilhoso amor de Cristo, estendeu suas mãos a Saulo recebendo-o e acolhendo-com amor. 

E nós será que faríamos a mesma coisa com os nossos "desafetos"?

Prezado irmão, o evangelho é maravilhoso não é mesmo? Cristo transforma o mais vil pecador em filho de Deus dando a este vida eterna. Saulo, foi transformado e isso foi obra divina. Isto posto, preguemos a Cristo, oremos por aqueles que nos perseguem, (Mateus 5:43-48) e roguemos ao Senhor que tenha misericórdia dos pecadores mudando suas vidas pelo poder do Evangelho.

Pense nisso!

Renato Vargens
Alessa Mesquita disse...

Muito bom, pastor. Outro dia me peguei pensando nisso. Acho que seria a coisa mais absurda, pro Jean, "de repente" se ver voltado a Cristo, adorando-O e amando-O, como ele jamais poderia imaginar. Isso certamente desconcertaria muitos cristãos e acho que serviria de divisor de águas: muitos se alegrariam com essa notícia, mas muitos se revoltariam, chamando-o de mentiroso oportunista. Eu gostaria de estar na lista dos que se alegrariam, porque certamente haveria festa no céu, tbm por esse pecador arrependido, e eu não gostaria de ficar fora dessa festa. :) Que Deus continue o abençoando, e tendo misericórdia de nós. Seu blog é muito edificante!

Nelson Carvalho disse...

Aprecio sua publicação, caríssimo pastor. Porém é bom lembrar que no caso em questão, Jean Willis já teve formação cristã e a rejeitou.

Sei que para Deus nada é impossível, porém Nosso Senhor Jesus Cristo só pode entrar nos corações que permitem que Ele entre.

Não sei se é o caso deste rapaz...

El Misionero Matsuura Junichiro a.k.a. Marcos Freybert disse...

Eu, antes de tudo, pediria a orientação de DEUS, para que ELE me dissesse como tratá-lo, ao novo Jean Wyllys.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only