terça-feira, maio 06, 2014

Um desabafo ainda atual do pastor David Wilkerson

Por Renato Vargens

O audio abaixo foi protagonizado por um dos maiores líderes cristãos do século XX, o pastor David Wilkerson. No vídeo, o pastor norte americano compartilha sobre a necessidade de nos angustiarmos diante do pecado e do caos que se encontra a Igreja. 

David Wilkerson foi o fundador e presidente do “Desafio Jovem”, que é uma organização sem fins lucrativos; fundada em 22 de Setembro de 1971. Reverendo Wilkerson foi autor de trinta livros de sua inspiração, visando o ministério para viciado em drogas, jovens e membros de gangues em Manhattan, no Bronx, e no Brooklyn. Sua história é contada na Cruz e o Punhal, um livro que bateu o recorde de venda. (A história tem sido lida aproximadamente por 50 milhões de pessoas em trinta línguas e 150 países desde 1963. Em 1969, o filme do mesmo título foi lançado e ainda é visto por milhares de pessoas). 


David wilkerson faleceu em 2011 em um acidente de carro. O Rev. David estava na estrada  175 no Texas quando tentou uma ultrapassagem e teve seu carro atingido por uma carreta na direção oposta.

Renato Vargens

Daniel Deusdete disse...

Sou colaborador do Desafio Jovem de Brasília há muitos anos e tenho visto muitas vidas serem libertas e transformadas nesta sociedade. Realmente é muito triste estarmos passando por essa fase na igreja. Se me permite, passo para os amados uma reflexão baseada em II Sm 6 que bem reflete o caso: http://www.jamaisdesista.com.br/2014/05/ii-samuel-61-23-deus-nao-precisa-de.html - grande abraço a todos.

josias alves disse...

A DEUS TODA GLÓRIA!

Walace Lima disse...

De fato a situação é terrivel, mas me pergunto se é possivel servir a Deus numa sociedade capitalista , isto é ironico pois teoricamente temos mais liberdade pra viver o evangelho, porem na pratica nós aproveitamos esta liberdade para nos contaminarmos com tudo que ele nos possibilita consumir, e estamos tão impregnados com ele que nem percebemos o quanto estamos distantes do evangelho do senhor, ninguem está disposto quebrar uma unha pelo evangelho, quem dirá morrer por ele! nós reformistas amamos tripudiar sobre as heresias dos evangelicos, mas tambem não vivemos oque pregamos (aquele que correu risco de morte por entrar em uma favela perigosa pra falar do evangelho, ou que já derramou sangue fazer a obra pelo menos uma vez em sua vida que atire a primeira pedra em mim e me chame de mentiroso), vejo sentido na teologia reformista, mas viver uma igreja estatica me leva á questionar se realmente conheço/conhecemos a Deus, acredito que falta nos lembrarmos que não basta entender temos que viver, isto me lembra a passagem que diz que a fé sem obras é morta, que Deus tenha misericordia de nós.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only