quinta-feira, agosto 22, 2013

07 características de um falso convertido

Por Renato Vargens

O número de pessoas que frequentam as igrejas evangélicas em nossos dias é absurdamente elevado, no entanto, acredito que boa parte daqueles que se dizem cristãos, não nasceram de novo. Aliás, assusta-me o fato de saber que em nossas igrejas existem um número considerável de indivíduos que desconhecem as verdades inequívocas do evangelho, vivendo portanto um cristianismo desprovido de vida e santidade.

Isto posto, gostaria de elencar as principais características de um falso convertido:

1- O falso convertido apesar de conjugar o "evangeliquês" com propriedade, de entoar as canções gospel de cor e salteado, ama demasiadamente o pecado e em virtude disso não está disposto a abandoná-lo.

2- O falso convertido não ama a Palavra de Deus nem tampouco está disposto a obedece-la. Para o falso convertido as Escrituras não devem ser consideradas como a Palavra infalível de Deus.

3- O falso convertido não sente prazer na oração. Para ele o hábito de se relacionar com o Senhor em oração é um fardo pesado e desnecessário.

4- O falso convertido não sente falta da comunhão dos santos. Para o falso convertido o relacionamento entre os irmãos na igreja é dispensável, nessa perspectiva, ele prefere o futebol, as festas, as baladas e todo tipo de entretenimento à reunião dos santos de Deus.

5- O falso convertido não manifesta em sua vida frutos de arrependimento nem tampouco mudança de comportamento. Para o falso convertido tudo é válido desde que no final redunde em satisfação pessoal.

6- O falso convertido não persevera em sua fé, antes pelo contrário, ao enfrentar as batalhas da vida, desiste do Senhor, voltando assim a uma vida de pecados e transgressões.

7- O falso convertido não teme ao Senhor, antes pelo contrário, desenvolve uma espiritualidade focada em si mesmo, onde Deus na verdade não passa de um provedor de seus caprichos.

Pense nisso!

Renato Vargens


Pingo no i disse...

Pior que é verdade!!!

Filipe Castelo Branco disse...

Triste, mas bíblico.

Raphael disse...

Vish, acho que me identifiquei em parte com o 4, hehe. Talvez uma coisa que eu mais gosto na igreja, talvez até mesmo do que cultos, é a troca de experiências com o Senhor.

Mas Pastor, se de vez em quando eu deixar de ir ao culto para ir assistir um jogo de futebol do meu time, há algum problema?

Matheus Bertoluci disse...

Pior não! É bom! porque isso tira a falsa segurança!

Desirée disse...

O verdadeiro crente ama mais a Deus do que a própria vida e está disposto a abrir mão de tudo em prol do Reino.

De certo que muitos de nós não chegamos neste 'nível'. Existem muitos ídolos em nossos corações que, por mais que amamos o Senhor, não conseguimos abrir mão. Portanto, o verdadeiro crente é o que anseia por esta meta, este objetivo de todo o coração, força, alma e entendimento

Satisfazer-se com menos do que isto é sinal de uma falsa conversão.

Que examinemos a nós mesmos!

ludimila ramos disse...

...e se Deus voltar quando vc estiver assistindo seu futebol,pra onde vc irá???se achegai-vos primeiro ao reino de Deus e as demais coisas lhes serão acrescentadas!

Emerson Bahia disse...

Mas o que significa "conversão" neste INvangelho que estão anunciando? Não posso concordar com o texto. Na "i"greja de hoje isso não existe.

William disse...

Olá Raphael!

Aproveito a sua pergunta para compartilhar algo.
Também gosto de um futebolzinho, tanto de jogar quanto assistir...Até em certos momentos tenho que cuidar para não ser levado pelas emoções!

Quando se trata desse assunto, lembro que Paulo diz que todas as coisas me são lícitas...porém não me deixarei dominar por nenhuma (1Cor 6:12).
Creio que o estar com os irmãos, ir aos encontros e estar diante da Sua Palavra devem ser uma PRIORIDADE em nossas vidas.O Senhor Jesus nos quer 100% e nada menos que isso.Ele é o PRIMEIRO antes de TODAS AS COISAS (sei que falar é fácil, mas que o Espírito Santo nos ajude, hehe).
Isso precisa ser uma experiência pessoal entre você e o Senhor, precisa estar firmado em seu coração, pois, do contrário se tornará apenas uma Lei, o que não agrada ao Pai.

Abraços, PAZ.
williamrl.mkt@gmail.com

Kakaw Oliveira disse...

Pastor então eu tô perdido, ou precisando me converter. Pois todas as opções acima citadas sou eu! Que Deus tenha misericórdia da minha pobre alma!!

Jones de Lira disse...

Para o falso convertido "Deus na verdade não passa de um provedor de seus caprichos". Talvez o mais contundente e normal de se vê hoje em dia, fato que testificamos pelos frutos: pregações, músicas, conversas, etc.

Jorge Paz disse...

Cuidado como é empregado os absolutos.

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only