segunda-feira, dezembro 24, 2012

Os muçulmanos, Cristo e os evangélicos que proibem o Natal

Por Renato Vargens

Um relatório do instituto americano Pew Forum on Religion & Public Life divulgado em fevereiro de 2009 pela folha de São Paulo aponta que 22,9% da população mundial  são muçulmanos.

Caro leitor, através das pesquisas chegamos a conclusão que 1/4 da população serve a Alá, isso sem falar em outros bilhões de indivíduos que se prostram diante deuses estranhos.   As estatísticas apontam para o fato de que no início do século passado os cristãos eram 34,5% da população mundial, hoje são apenas 33,1%, portanto na noite de 24 de dezembro, quase 70% da população mundial, não fará nenhuma alusão ao nascimento do Messias, o Salvador.

Pois bem, o que me assusta é que temos em nossas mãos uma excelente oportunidade de anunciar aos povos que um menino nos nasceu, que um filho se nos deu, e que o principado está sobre os seus ombros, e que o seu nome é Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." (Isaías 9:6) Todavia, em nome de uma espiritualidade burra, farisaica e desprovida de inteligência "satanizamos" o Natal, fazendo deste evento, um instrumento de contendas e brigas religiosas.

Prezado amigo, por acaso você já se deu conta que no Natal temos uma enorme oportunidade de dizer aos amigos, familiares, colegas de trabalho e conhecidos sobre a Encarnação do Filho de Deus?

Há alguns anos a Revista Veja encomendou uma pesquisa ao Instituto Vox Populi, perguntando as pessoas se elas acreditavam em Deus. A maioria absoluta ou seja, 99% dos brasileiros responderam que acreditavam. Diante disto, será que o Natal não representa uma excelente oportunidade de evangelização?

Pois é, eu acho que sim! Apesar dos religiosos da modernidade,  continuo acreditando que a noite de 24 dezembro é ainda uma excelente oportunidade para anunciar que Cristo veio ao mundo e que por amor morreu na Cruz a fim de que todo aquele nele crê seja salvo.

Portanto, mais do que nunca, anunciemos a salvação

Feliz Natal!

Renato Vargens


favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only