segunda-feira, maio 21, 2012

Era o que faltava, crentes se consultando com pais de santo

Por Renato Vargens

A cantora Jossana Glessa compartilhou no twitter uma história que muito me impressionou.

Ela me contou que nesse último final de semana esteve ministrando em uma igreja evangélica. Lá ela ficou sabendo da existência de alguns crentes que costumavam frequentar o Centro Espírita de um poderoso pai de santo. Jossana afirmou que os crentes locais tinham por hábito visitar o religioso, visto que as Igrejas da localidade não estavam acostumadas a orar pelos enfermos. 

Caro leitor, o episódio em questão me fez lembrar de um famoso programa humorístico da década de 80, protagonizado por Chico Anísio denominado "Escolinha do Professor Raimundo." Na época, um dos personagens que mais chamava a atenção era o Samuel Blaustein, que sempre que entrava em cena dizia: "Fazemos qualquer negócio."

Pois é, este triste episódio me faz pensar na existência  de "evangélicos" que no afã de alcançarem seus objetivos pessoais  estão dispostos a se prostarem em qualquer tipo de altar! Para estes, o que vale é o milagre, não importando se o autor da proeza foi Deus ou uma outra entidade espiritual qualquer.

Infelizmente a conclusão que chego é que alguns dos evangélicos no desejo de experimentarem milagres estão dispostos a rezar em qualquer cartilha, desde que isso solucione seus problemas.

Prezado amigo, ao contrário do que alguns pensam, acredito que os cristãos foram chamados por Deus a não viverem segundo as regras deste mundo. Sem sombra de dúvidas aqueles que nasceram de novo acreditam que  Cristo é o verdadeiro caminho, não havendo necessidade de andar por atalhos que no fim são caminhos de morte.

Isto, posto, afirmo sem titubeios que o sincretismo religioso afronta a fé cristã.


Pense nisso!

Renato Vargens

Girls Never Alone disse...

Misericórdia! Infelizmente, uma realidade... Há aqueles que "pensam" que se pode seguir a dois senhores.

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Realmente, a apostasia passou dos limites. Porque eu não tenho outro nome para isso, a não ser apostasia. Negação da fé. Se esquecem de que DEUS é muito mais poderoso do que qualquer "pai de santo". Poderoso para fazer o que ELE quiser, quando e como ELE quiser.

Marcia Moldero disse...

Será que estas pessoas foram de fato apresentadas à sã doutrina?

Anônimo disse...

As Escrituras se cumprem através desse povo que se diz de Deus, mas que nunca conheceu o Deus da Bíblia. Falta nascer de novo. É a apostsia surgindo no seio da Igreja.

Luís

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only