quarta-feira, dezembro 28, 2011

Jesus não estudou e eu também não!

Por Renato Vargens

Há pouco escrevi no meu blog um texto em que explicava porque não acredito em mulheres pastoras. (Leia aqui)

Um dos leitores me escreveu agressivamente dizendo: "SE COVERTA E DEICHAR DE PALHAÇADA. EU SEI MUITO BEM O QUE JESUS PENÇA DE PESSOAS COMO VOCE CHEIO  DE JUGAMENTO."

Pois é, ao ser questionado o porque da agressividade e dos erros de português, o rapaz respondeu dizendo: "JESUS NÃO ESTUDOU E EU TAMBÉM NÃO."

Noutra ocasião, um pastor compartilhou entusiasticamente sobre os pastores de sua denominação dizendo: "Os pastores da nossa igreja, mal sabem ler e escrever. Alguns são quase analfabetos, mas Deus os tem usado poderosamente! ALELUIA!" 

Caro leitor, Infelizmente alguns pastores acreditam no mito de que aqueles que estudam as Escrituras, ou que cursam um seminário teológico ou até mesmo uma universidade, são pessoas desprovidas do poder de Deus. Para estes a letra mata e o conhecimento bíblico teológico engessa a fé. Todavia, os que os incautos de GEZUIZ ignoram, é que o Evangelho da Salvação Eterna não incentiva a "burrificação"da existência. Na verdade, o Evangelho nos incentiva crescer no conhecimento de Deus, o que necessariamente implica em conhecimento das Escrituras.

Diante disto tenho plena convicção que aqueles que exercem o ministério cristão, necessitam mais do que nunca dedicar-se com afinco ao conhecimento da Bíblia, bem como de suas doutrinas.

Sou profundo admirador do ministério de John Wesley. Esse grande avivalista contribuiu em muito com o desenvolvimento da fé evangélica. Wesley, em nome de Cristo, enfrentou dificuldades, oposições, perseguições, propagando um estilo de vida piedoso e santo onde o que importava era uma vida separada e consagrada ao Senhor.

Esse grande homem de Deus tratava a pregação da Palavra com enorme seriedade. Em 17/08/1760, ele escreveu uma sincera carta a John Trembath exortando-o a agir diligentemente no preparo e aplicação do sermão.

“O que tem lhe prejudicado excessivamente nos últimos tempos e, temo que seja o mesmo atualmente, é a carência de leitura. Eu raramente conheci um pregador que lesse tão pouco. E talvez por negligenciar a leitura, você tenha perdido o gosto por ela. Por esta razão, o seu talento na pregação não se desenvolve. Você é apenas o mesmo de há sete anos. É vigoroso, mas não é profundo; há pouca variedade; não há seqüência de argumentos. Só a leitura pode suprir esta deficiência, juntamente com a meditação e a oração diária. Você engana a si mesmo, omitindo isso. Você nunca poderá ser um pregador fecundo nem mesmo um crente completo. Vamos, comece! Estabeleça um horário para exercícios pessoais. Poderá adquirir o gosto que não tem; o que no início é tedioso será agradável, posteriormente. Quer goste ou não, leia e ore diariamente. É para sua vida; não há outro caminho; caso contrário, você será, sempre, um frívolo, medíocre e superficial pregador."

Caro leitor, Wesley lidava com a pregação do Evangelho Eterno, de forma santa. No entanto, ao contrário dos dias deste grande avivalista, parte dos nossos pastores têm tratado deste oficio com desdém e despreparo.

Infelizmente é comum ouvirmos alguns pregadores afirmando que Deus mudou seu sermão na ultima hora. Ora, claro que Deus pode fazer o que quiser, até porque, ele é Senhor e Soberano sobre nossas vidas. Entretanto, acredito que os que comumente fazem isto, demonstram não ter efetivamente se preparado para o culto, isto porque, se assim tivessem, teriam sido instruídos pelo Senhor quanto o sermão a ser pregado.

Isto posto, afirmo que o ministro do evangelho precisa se dedicar com esmero a leitura e oração, até porque, agindo assim se livrará da mediocridade tão comum aos nossos dias.

Em tempos tenebrosos como os nossos, mais do que nunca necessitamos de pastores como John Wesley que com maestria dedicava-se a pregar a Santa e Maravilhosa Palavra de Deus.

Que Deus tenha misericórdia de nossa geração.

Renato Vargens

Jackson leandro Siqueira disse...

Parabéns pela publicação pastor , eu mesmo eu discordando de muita coisa que o senhor posta , essa é a mais inteligente de todas , porque realmente tem pastores e "levitas" que nem pegam a bíblia , na minha igreja é normal infelizmente nós jovens irmos sem as bíblias e depois para os sem conhecimento , aparecem os pseudos-profetas dando profetada e os afastando da igreja , DEUS abençoe

Ezequiel Gomes disse...

Realmente é triste constatar a glorificação da ignorância no meio evangélico! A situação se torna infinitamente mais tenebrosa quando estamos falando da ignorância das próprias Escrituras!!!

Cansa a alma e aflige o espírito ver que as próprias pessoas que se queixam da descrença na Palavra de Deus, mal a conhecem e alguns nela não manifestariam fé caso conhecessem!!!

Esse é o cúmulo do absurdo e reflete a condição espiritual de uma geração que perece por falta de conhecimento (Oséias 4:6)

Diego Muniz disse...

Diego Muniz

Pastor infeliz a bíblia hoje não é a nossa regra de fé e prática, e sim, apenas, um livro a ser colocado em cima da cabeceira ou de armários em nossas casas dispostos como amuletos de proteção, o importante hoje nas igrejas são os "revelamentos" e nem sempre é aquilo que sai do coração de Deus, podemos dizer que a leitura da Bília é apenas uma introdução e o restante é mero improviso ou contação de história.
É muito triste o caminho que a igreja está trilhando nesses dias.
Um analfabetismo Bíblico desenfreado.

Marcos Lourenço disse...

Quanto a Jesus não ter estudado:
"E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.
E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas."
Lucas 2:46-47

"E crescia Jesus em SABEDORIA, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens."
Lucas 2:52

Mordekai disse...

É renato vargens a palavra de Deus é vida e como é:Meu povo foi destruído por falta de conhecimento.
Oséias 4:6a.

Anônimo disse...

Até porque você mesmo cometeu vários erros de concordância neste texto, e a bíblia é um texto escrito pelos homens e não por Deus, tudo não passa de uma tremenda baboseira, tanto a desigualdade das mulheres, quanto essa sua pretensa superioridade quanto aos demais pastores "burrificados"

Anônimo disse...

HAhahahahahah e ainda por cima é um DÉSPOTA!!!! VÁ SE DANAR NO FOGO DO INFERNO, QUE É AQUI!!!!

Renato Vargens disse...

Prezado anônimo,

Sabe o que me chama a atenção? É que vc posta sua opinião e não tem coragem de se identificar, não é verdade? Triste isso!

Renato Vargens

CASAL PAULO E GIOVANA disse...

A pior que ouvi até hoje sobre esta situação de que a letra mata, partiu mesmo foi de um "pastor" muito considerado em certa igreja, que disse o seguinte: a maior besteira que se faz hoje é esta coisa de seminário, pois Jesus era analfabeto, não foi em nenhuma escola e foi super usado por Deus. Em meu pensamento disse: oh! Santa Ignorância. mas infelizmente nos vemos fadados ao caso de ainda em pleno Séc 21 de ou vir e ler sobre alguns que não desejam o conhecimento o desprezando. Oh povo que erra são os Crentes (não generalizando). É isso ai, ainda sim contiuno estudando e creio que muitos também, pois Deus precisa de pessoas preparadas para seu trabalho aqui nesta terra, para ser médico, advogado, engenheiro é nescessário que se estude muito, para ser Pastor é necessário uma devoção no estudo das sagradas letras que nunca matam. o que a letra da Bíblia pode matar é pecado e até mesmo o da preguiça de estudar.
Deus abençoe Pastor Renato!

Renata disse...

Bem, se é para falar de erros de português, este texto contém três, pois a palavra "ofício" têm acento agudo, assim como "última", e no caso do parágrafo 12, do texto em questão, deve-se aplicar crase no trecho: "...se dedicar com esmero à leitura...".
Hoje estive lendo sobre o autor deste blog, e vi que trata-se de alguém que não concordava com os métodos da igreja onde congregava (e creio que de nenhuma outra), então resolveu fundar a sua própria igreja, congregação, ou seja como for que a denomine, para qeu assim possa colocar em prática o que acha conveniente.
É isso? Ou estou totalmente enganada?

Abraço.

Renata.

André R. Fonseca disse...

Pura verdade! Infelizmente essa ideia 'mesquinha" invadiu nossas igrejas. O anti-intelectualismo é como uma catarata da visão espiritual, que vai cegando o crente aos poucos, transformando as verdades cristalinas do evangelho em imagens cada vez mais opacas e indiscerníveis.

Belo texto que deveria servir de reflexão para muita gente!

Renato Vargens disse...

Renata,

Por que não se identifica? Seria mais bonito se identificar não é verdade? Será que o seu nome é Renata Mesmo?

Minha querida anônima, você está absolutamente equivocada em suas afirmações. A minha história e os meus relacionamentos com o evangelicalismo brasileiro atesta quem de fato eu sou.

Quanto aos meus erros de português agradeço de coração a sua correção.

Muito obrigado pela sua presteza em apontar meus erros ortográficos.

Naquele que reina e governa sobre todas as coisas e que conhece os corações,

Pr. Renato Vargens

Renata disse...

Pastor Renato, meu nome realmente é Renata, se preferir Renata de Gois Lemos, RG5091739135. Só que o senhor não encontrará nada sobre mim na internet, pois sou contra facebook, e afins, pois sou anti tudo isso. Então o senhor terá que acreditar no que escrevo, mas devo ser sincera em dizer que estou em dúvida se devo continuar a ler este blog, pois a cada dia que o leio sinto-me estranha, pois não tenho crescido de nenhuma forma, espiritualmente falando, ao contrário de quando leio textos como os publicados no site "chamada.com", e "a espada do Espírito".
Resumindo, eu creio em um evangelho redentor, em que nosso Senhor Jesus nos ensina a amar, e respeitar as pessoas, e não vejo isso de sua parte, assim como não estou vendo da minha também, então se é para desrespeitá-lo, prefiro "sair fora".
Novamente, este é meu nome sim, e é lindíssimo por sinal.

Grande abraço.

Anônimo disse...

Pastor Renato, entendo e concordo com suas opiniões acerca da preparação para o exercício ministerial, da meditação, da leitura constante, entre outros. Apoiado! Contudo, não vejo ligação entre esse fato e o comentário de um dos leitores contendo erros de português. Vejo sim, nos posts do blog e consequentemente nos comments, um confrontamento constante acerca de temas que em nada edificam e tampouco refletem o caráter de Cristo. Basta observar alguns comentários acima para perceber que se estivéssemos sendo efetivamente "luz", poderíamos estar ganhando almas e não dividindo ainda mais.
Abraços e fique na Paz,
Lincoln

Mah Carvalho disse...

Perfeito pastor!!As vezes na igreja chego a me remexer na cadeira,ao ouvir tantos disparates...
"Conjuro-te diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino;
prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino.
2 Timóteo 4:1-2
Deus é contigo amado!

Renato Vargens disse...

Renata,

Você tem toda liberdade de discordar daquilo que escrevo, como também de não ler os meus textos. Minha oração é que você entenda que o que me motiva a escrever denunciando os erros do nosso tempo é o fato de que inúmeros dos nossos irmãos em Cristo estão sendo ludibriados por falsos profetas.

Lamento que discorde da defesa do evangelho do Senhor Jesus Cristo,

NEle,

Pr. Renato Vargens

Filho de Jacó disse...

Renata, observe a tua frase e veja o seu erro ortográfico que quase passa despercebido: ... para qeu assim possa colocar em prática o que acha conveniente....
Na palavra "que", você colocou o "e" antes do "u". O correto é colocar o "u" antes do "e", concorda? Não vá me dizer que você não percebeu isso antes de enviar o comentário. Abraços se for homem, e beijos se você for mulher. rsrsrsrsrssrsr......

Filho de Jacó disse...

Primeiramente, Jesus Cristo estudou sim, pois, ninguém sabe como foi a vida de Jesus antes dos 12 anos. E o novo Testamento mostra que Jesus lia as Escrituras nos templos e conhecia as passagens bíblicas no exato sentido das palavras. Também, pouco se sabe da vida de Jesus Cristo, pois, o pouco que sabemos é somente o que narra os evangelhos. Se o Apóstolo João disse que se escrevesse tudo o que Jesus ensinou e fez, o mundo não caberia de tantos livros. Jesus foi crucificado com 33 anos, quem poderá saber o que realmente aconteceu na vida de Jesus durante os 30 anos que ele vivia no anonimato? É claro que ele era ótimo nas leituras, mas ele também ensinou que devemos pedir sabedoria e entendimento a Deus. Pois, os livros trazem conhecimentos e inteligência. Mas a sabedoria e o entendimento, somente Deus é quem pode dar. Na Bíblia há muitos relatos sobre o que escrevi, mas basta apenas uma frase da oração de Jesus Cristo a Deus para ser ponderada: “Naquela hora, exultou Jesus no Espírito Santo e exclamou: - Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.” (Lucas 10.21). É bom lembrar aqui que os tais Sábios no tempo de Jesus eram os Escribas (Doutores da Lei). Por isso, as vezes uma pregação de um analfabeto vale muito mais do que a pregação de um Doutor em Teologia.

Pr. Matias disse...

Obrigado por esse texto...

Página do Rodrigo disse...

É uma pena que algumas pessoas busquem desqualificar o conteúdo do texto, ora apontando pequenos erros de português, ora atacando, de maneira anônima, a integridade do escritor. As pessoas que criticam o texto deveriam, no mínimo, examinar o texto à luz das Escrituras, refletir sobre o assunto, e, se o caso, apresentar criticas com fundamento bíblico. É muito fácil, para não dizer cômodo, ficar repetindo, feito um papagaio, velhos chavões do meio evangélico, sem qualquer critério. Parabéns, Pr. Renato.

Thayse disse...

Pr. Renato, como diz Pr. Glênio Fonseca Paranaguá: "O religioso não gosta de ser contrariado, por que ta cheio de justiça própria".
Jesus disse que o povo perece por falta de conhecimento, talvez o sr. esteja sendo criticado por que as pessoas não suportam uma verdade que venha de encontro a doutrina que lhes foi ensinada, assim como eu era cega espiritualmente mesmo dentro da igreja hoje vejo que só o que importa é a PALAVRA e eu também acho que ficar sem estudar por que Jesus não estudou não é uma boa idéia, pois Jesus Cristo aqui na terra foi Deus e homem ao mesmo tempo, portanto estamos bem abaixo do seu conteúdo intelectual.

Abraço.

Congregação Batista de Fé Reformada disse...

Pr. Renato graças a Deus o Sr. não se converteu, pois na realidade DEUS é quem te escolheu e isso foi pela graça e Misericórdia unicamente D'Ele, pois quando nos conheceu de antemão ELE no amou diferenteda postagem deste cidadão que dá uma resposta como essa, provavelmente carece também da misericórdiab de Nosso Senhor.

Infelizmente nesta nossa sociedade existe pessoas assim com tamanha ignorancia que precisam ler e interpretar as escrituras - Soli Deo Gloria.

Anônimo disse...

JESUS era RABI.....estudado , muito bem estudado.

Adeilton disse...

Falta de discernimento espiritual é pior do que pequenos erros de português.

Apoiamos a sua coragem Pr.Renato de denunciar os erros dos "evangelicais".

Estude com mais afinco para não cometer esses pequenos erros.

Um abraço!

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Lucas era médico. Paulo apóstolo era letrado e culto. Outros personagens da Bíblia eram cultos, então ESSA DESCULPA NÃO COLA!!!!

Eu preciso voltar a estudar. Preciso cursar uma faculdade, se quiser subir no meu serviço. Mas me falta "coragem" ($$$$). Mas eu tenho consciência disso.

Deve haver muitas pessoas também no mundo com essa idéia. Haja visto o tipo de programação que faz mais sucesso hoje em dia.

Busquemos aprimoramento intelectual.

VAMOS NOS CONVERTER!!!!

VITAL NETO disse...

Renato vargens,
Eu lhe comparo com os doutores da época de Jesus que se achavam sábios demais, seguiam a lei com fervor e esqueciam do amor e da compaixão, você é o inverso do que jesus nos ensina a ser com todas as suas idéias e conceitos "basiado na palavra de Deus" você usa para jugar, melhor para espalhar, nunca para ajuntar.
Que o Senhor abra sua mente e a de muitos Pastores para o verdadeiro evangelho, um evangelho de conveções.
obs: eu não uso o anônimato pra falar o que estar no meu coração.

Vital Neto meu blog http://wwwvitalfneto.blogspot.com/

VITAL NETO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renato Vargens disse...

Prezado Vital Neto,

Lamento profundamente sua opinião.

Oro para que o Senhor o abençoe e lhe tire as escamas dos olhos.

Abraços,

Renato Vargens

Zilton Alencar disse...

Entendo que devemos nos gloriar das nossas fraquezas, mas... quando alguém vem a público se GLORIAR da própria IGNORÂNCIA, é o CÚMULO da burrice...

Jesus estudou, sim. Os apóstolos estudavam, e por isso (para não serem privados da oração e dos estudos das Escrituras) instituíram o diaconato (At 6:1-7). Apolo era homem eloquente, poderoso nas Escrituras e cheio do Espírito Santo, mas Priscilla e Áquila ainda o levaram para estudar mais (At 18:24-28)...

Lamento que a Igreja do Senhor esteja neste nível: pessoas se gloriando por serem burras. Além do mais, estudamos para tudo: para prestar concursos, para exercermos uma profissão, para fazermos um teste de emprego... Mas para pregar a Palavra de Deus e conduzir o rebanho, fazemos de qualquer jeito, ou melhor, do PIOR jeito...

Zilton Alencar disse...

Só complementando... Paulo NO FIM DA VIDA, próximo de ser executado, fez um pedido a Timóteo: "Quando vieres, traze a capa que deixei em Troade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos (2 Tm 4:13).

Muitos obreiros foram chamados por Deus sem ter grande conhecimento. Entretanto, o chamado os incentivou a não desempenhar tão importante obra de qualquer jeito.

Finalmente, o jargão "Deus não chama os capacitados, mas capacita os escolhidos" não tem fundamento bíblico, pelo menos não no sentido que querem lhe dar. Deus sempre se utilizou de pessoas altamente capacitadas, como Salomão, Paulo, Lucas, Apolo. Mas caso você não tenha tanta capacidade, tenta contextualizar os textos abaixo na tua vida,no sentido de adquirir conhecimento:

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos" (Os 4:6);

"Foste chamado, sendo servo [da ignorância]? não te dê cuidado; e, se ainda podes ser livre [desta ignorância], aproveita a ocasião [e vai estudar!] (1 Co 7:21)

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Vai se converter, Vital Neto!!!! E aproveita para estudar, e parar de falar besteira.

Pessoal, não alimentemos os trolls.

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Irmão Zilton, não se deve chamar ninguém de burro, pois assim estaremos ofendendo os burros. Isso mesmo. Chamando certas pessoas de burros, estaremos ofendendo os pobres animais, que comem capim e puxam carroça. E que não fazem 0,000000001% das "burradas" que muitos seres "humanos" fazem.

VITAL NETO disse...

Prezado El Misionero Matsuura Junichiro,

eu te amo e que Jesus te abençoe!

Aprendiz disse...

Pastor Renato

Primeiramente ou gostaria de dizer que concordo com você, e acho incompreensíveis os odiosos ataques que alguns supostos irmãos lançam contra você. Apenas pelo fato de você fazer críticas que você considera corretas (e na maioria das vezes concordo) eles o tratam com ódio. Não sabem o que significa "Melhor é a repreensão aberta do que o amor encoberto. Fiéis são as feridas dum amigo; mas os beijos dum inimigo são enganosos" (Provérbios 27: 5-6). Os tolos não querem entender isso, confunderm exortação com ódio e bajulação com amor.

Por outro lado, embora discordando, entendo os motivos daqueles que se opõem aos seminários. De uns dois séculos para cá, passou-se a estudar. como se fossem ensinos cristãos, os ensinos de homens incrédulos. Não que não se lessem sempre também os livros dos incrédulos, mas agora os autores incrédulos são considerados os grandes mestres da teologia. Isso tem destruído a fé de muitos. Não será esse o principal motivo de tantos se oporem ao estudo? Talvez nem eles mesmos entendam porque se opoem, mas penso que essa é a razão fundamental.

Concluo dizendo que talvez esse grave problema da igreja atual (o amor à ignorância) possa acordar muitos daqueles que tem fé e estudo, para que rejeitem as doutrinas daqueles que tem estudo mas odeiam a fé.

C&T disse...

o grande problema aqui, desses comentários absurdos é o analfabetismo funcional. Ou seja, sabem ler mas não compreendem nada que leem. Como podem escrever que a bíblia é machista ou que o evangelho não é igualitarista! E não é mesmo, Deus coloca a mulher em uma posição superior, que nós homens devemos amá-la como Cristo ama a igreja. Veja que mandamento pesado!
Quem é superior?
É necessário aprender a interpretar o que se lê!
João Vitor

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Pastor Renato,

Hoje, eu tomei vergonha nesta minha cara de pau, e voltei a fazer algo que eu não fazia a um bom tempo. Voltei a ler a Bíblia. Isso mesmo!!!! Eu não a lia, acho que desde o ano passado. É sério. Senti a paz que eu não sentia já faz um bom tempo. Que DEUS me dê coragem para continuar, pois ler a Palavra de DEUS é realmente muito bom.

Ainda dá tempo de desejar um Feliz Ano Novo????

Se ainda dá tempo, é isso que eu desejo. Feliz Ano Novo!!!!

VAMOS NOS CONVERTER!!!!

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only