sábado, agosto 27, 2011

UFC é coisa do diabo?

Por Renato Vargens

Ultimamente tenho ouvido inúmeras pessoas criticarem ou falarem mal do Ultimate Fight Championship.

Pois é, alguns rejeitam o esporte em questão  por acharem  violento demais, outros, por acreditarem que qualquer tipo de luta marcial é coisa do cão.

Bom, o Ultimate Fight Championship, ou UFC  é um evento de luta realizado periodicamente, que reúne os melhores atletas de MMA ou Mixed Martial Arts (Artes Marciais Mistas). 

Segundo os especialistas no assunto, o UFC é como se fosse a liga dos lutadores e é um dos esportes mais conhecidos e comentados do mundo. Nos Estados Unidos já é considerado o substituto do Boxe, tendo em suas lutas enormes apostas e a presença dos mais variados tipos de celebridades e magnatas.

As lutas são realizadas em um ring chamado de Octagon. Nas regras, a luta acaba ao final do número de rounds (sendo mais comum 3 rounds de 5 minutos nas lutas preliminares e 5 rounds de 5 minutos nas lutas principais) ou quando um oponente é imobilizado ou nocauteado.

Há pouco um irmão amado me disse: Pastor, esse negócio de UFC é coisa do diabo! Um crente em Jesus não pode se envolver com um esporte tão violento como esse! Isso é sangrento demais! Isso sem falar que a prática de artes marciais oferece legalidade a Satanás.

Caro leitor, como já escrevi anteriormente, a capacidade de alguns dos evangélicos criarem factóides é de apavorar qualquer um. Sinceramente parece que estes caras estão usando algum tipo de alucinógeno. Confesso que fico chocado com  afirmações deste povo! Ora, afirmar que o UFC é obra do Coisa Ruim é demais da conta não é verdade?  Tudo bem que as lutas são fortes e em alguns casos demasiadamente violentas , todavia, afirmar que isso se deve ao cramulhão é viajar na maionese.

Prezado amigo, posso dar uma sugestão? Você pode até não gostar das lutas e do UFC, (o que é um direito seu), todavia,  não satanize o que não pode ser satanizado! Não demonize um esporte simplesmente pelo fato de que você o considera violento demais.

Outro ponto importante a ser ressaltado é que NINGUÉM tem o direito de impor suas percepções doutrinárias relacionados a luta esportiva ao povo de Deus. Ouso afirmar, que assistir ou não o UFC encontra-se na esfera da pessoalidade e não doutrinária, o que permite com que o individuo decida segundo a sua consciência se deve ou não assistir as lutas em questão.

Não quer ver, não veja, contudo não condene quem vê, nem tampouco espiritualize o que não deve ser espiritualizado.

Pense nisso!
 
Renato Vargens
Anônimo disse...

Uma pergunta só? posso?

JESUS, assistiria um UFC?

RobTiger e Cia disse...

Realmente tem coisas sem sangue que fere mais , e o pior, dentro de igrejas.

Anônimo disse...

"Acho que nem todos que falam que UFC é "coisa do diabo" estejam falando no sentido de que ele tenha inventado, mas simplesmente que a forma como acontece seja anti-bíblica ou anti-cristã.."

Frenando Freeza

Anônimo disse...

assisto UFC com minha esposa, não vejo nada d+ acho q existem muitos cristãos que espiritualizam tudo, o diabo é espectador de muita coisa(ou pelo menos tele espectador) ele gosta desde UFC (quando o atleta é desonesto, ou a um tipo qualquer de injustiça) até o cristão que ora na Igreja com falta de sinceridade e com o coração cheio de injustiça, ele deve gostar muito disso, até na Igreja.

Petrucio Pessoa

Orlando disse...

O esporte em questão não é muito recomendado, eu particularmente não vejo graça, mas jogar o mesmo nas costas do capeta é infantilidade! Creio que o capeta tem coisas mais importantes para tentar nos afetar! E a resposta do Rob é apropriada! Vamos crescer meninos!

Abraços a todos
Orlando
souteologico.blogspot.com

Anônimo disse...

Li na revista "Tatame" hoje, edição especial sobre o UFC Rio, um artigo entitulado "Deus, Fé e Artes Marciais" onde o autor trabalha uma cultura de defesa pessoal no contexto histórico do AT e faz uma conexão com a devoção do atleta ao Evangelho. Indico! P.s: No Rio vendo UFC com a família. :)

Pr. Juan de Paula.

Neryvan Felipe disse...

Querido Renato,

Acho que vc não justificou a pergunta com respaldo bíblico!
Exemplo: Daniel se manteve íntegro e não comeu das iguarias, nem comidas e nem bebidas, não se contaminou, ão participou do mesmo banquete do rei.

Outra coisa, esses lutadores (como também jogadores de futebol) são ídolatrados por incrédulos e crentes tbm, e os salários absurdamente altos que só retém, não fazem nada para ajudar a quem necessita, já que nosso país tem tanta gente na miséria. Não investimentem na ação social!

Sem falar tbm na ira numa luta dessas onde o lutador bate até derrubar, sangrar, podendo chgar até a morte! Ou vc acha que o lutador profissional, depois que apanhar pra caramba, não tem vontade de matar o adversário... Ou será que ele vai bater só pra fazer pontos? Ele vai bater pra derrubar mesmo!

Sinceramente, não perco meu tempo assistindo essas lutas, ao invés disso, prefiro assistir um filme de ação, pelo menos são cenas de uma história fictícia.
A TV adverte que é apenas para maiores de tal idade, e fica o dia inteiro nos canais mostrando a mesma coisa que passam na noite.

Graça e Paz!

Sávio disse...

Caro Neryvan,

A questão é: UFC é o banquete do rei!?

Não sou fã do UFC, mas não nada demais! É um esporte como qualquer outro!

Se vc não gosta, não assista!

UP! disse...

Concordo plenamente pastor!!! As artes marciais, as festas culturais e muitas outras coisas são espiritualizadas de modo errôneo. O povo de Deus no lugar de querer arrumar logo as coisas "dentro de casa" quer arrumar do mundo todo que tá fora... Povo de Deus, caiam suas escamas dos olhos! Crianças morrendo de fome, povo sem salvação, o Islamismo avançado a passos largos e vcs dizendo q lutas, comidas e bebidas são do diabo? Do diabo é a falta de atenção de vocês para o que realmente importa! Paz!

Vinicius Spiacci disse...

Aleluias Crentes...
Gracas a Deus ....por usar esse esporte tb ...
hoje conheçoo muito conhecedores da palavra ...
pessoas que conheceram a Jesus através desse esporte...
Não podemos mesmo satanizar algo, só pq n gostamos ...
o que será dos q conheceram a Deus atraves desses atletas...essa eh minha pergunta

Não podemos condenar ninguem....isso não cabe a nós ...
Vinicius Spiacci

zwinglio rodrigues disse...

Olá todos!

Esse negócio de jogar nas costas do diabo - um sujeito que detesta o derramamento de sangue - a culpa pela existência dessa coisa chamada UFC, ABC ou WYZ é uma sandice.

Pra sermos justos, isso é coisa de gente demonizada. Pronto! Parcelas devidamente creditadas.

"Em seus passos, o que faria Jesus?" Pagava uma boa grana no ingresso do UFC pra curtir sangue, suor e violência, sempre na expectativa de que alguém não morresse, mas, quem sabe, no máximo, entrasse em coma devido a um violentíssimo golpe. Oh glória!

Micheline Gomes disse...

É apenas um esporte. Nada a ver com diabo. Há pessoas cristãs que praticam, um dos mais conhecidos é o Victor Belfort.
Eu pessoalmente não gosto de esportes de pancadaria(boxe, karatê etc.), prefiro a arte do futebol, vôlei, basquete... enfim. Bom é praticar um esporte. Faz bem a saúde. O apóstolo Paulo falou sobre esportes, dignificando que nosso prêmio maior é Cristo.

Neryvan Felipe disse...

Muito interessante quando agente quer satisfazer as nossas vontades, e arranjamos diversos argumento e desculpas para fugir dos argumentos bíblicos.
Até agora não vi respaldo bíblico nenhum! Não me convenceram!
Assistir, assistimos qualquer coisa, a pegunta foi sobre LUTAR (ex. Vitor Belfort)...
Essa UFC (luta livre) é totalmente diferente do Karatê, Tae Kwon Do (já pratiquei e acho legal), Capoeira, e outras artes marciais. As regras são quase sem limites, já houveram fraturas e mortes! Vc deixaria seu filho participar disso?

Anônimo disse...

"o ufc acaba com a blz das artes marciais !"

Cristiano Gomes Dias

Johnnÿ disse...

Eu não sou nem de uma opinião nem outra. Curto muito isso, mas prefiro deixar separado da questão religiosa. Pra mim é algo neutro, agora nem tudo q é neutro é bom, mas ai cada um deve ver se isso tá fazendo bem ou mal a vc.

Maurício de Almeida Soares disse...

Não acho que seja do diabo, mas de Deus tbm não é.
é violento, sangrento e de um forte espírito anti-cristão. o amor pela violencia é um sentimento mundano da natureza decaída.
Pergunto: vc acha que numa Terra edênica haveria um "esporte" assim?
o box é um pouco melhor, mas tbm não considero um esporte, esporte é o que faz bem pro corpo e alma e UFC não faz bem pra nenhum dos dois.

Neryvan Felipe disse...

É verdade Cristiano, o UFC acaba com a beleza das artes marciais, ficando a grosseria, vc ñ vê um golpe definido, é na selvageria mesmo!
Assista uma luta de KungFu, TaeKwonDo e compra com essa selvageria aí!
Não estou dizendo que é coisa do diabo, porque foi o homem que inventou, mas o capiroto domina o lutador em meio a luta. Ou não?

Anônimo disse...

"nem tudo precisa ser do diabo para ser uma porcaria!"

Cristiano Gomes Dias

Meire disse...

Eu DETESTO UFC! DETESTO! DETESTO!

Mas nunca diria que UFC é do diabo.

Quanto ao salários dos lutadores e jogadores ganharem muito bem, mas são eles colocam suas saúdes em risco.
Diferente do que acontece com muitos cantores e pregadores que ganham horrores, são idolatrados e vestem o manto da soberba. E aí? Isso pode? NÃO!

Se eles ajudam ou não, só Deus sabe, pois muitos seguem o ensinamento de Cristo, e não deixa a mão esquerda saber o que a direita fez.

Anônimo disse...

Nunca mano nunca nunca, meu pai é pastor e luta!

Neryvan Felipe disse...

Até agora ningém deixou uma resposta com respaldo bíblico...

Na verdade podemos assistir porque: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma." (1Co 6:12)

A pergunta agora é: GLORIFICA A DEUS?

Mas no caso do Vitor Belfort, é correto um Cristão lutar essa selvageria aí?

César de Lima disse...

hahahaha...esse comentário perguntando se Jesus assistiria o UFC foi demais, pra encerrar o assunto...acho que as pessoas poderiam se surpreender com Jesus e provavelmente ele não seria aceito na maioria das igrejas de hj...

Wellington Mafra disse...

Pr Renato,

Não. Claro que não. O UFC não é coisa do Diabo. Nada haver!

Mas confesso que achei que o Senhor agiu parecido como Autor de Novela da Globo quando esteriotipa os Crentes em suas novelas. Me perdoe! Pode ver, em novelas da Globo Crente sempre é doido. Com idéias doidas sobre sociedade, costumes ou relacionamentos. Mais ou menos como está escrito neste post. Ou seja, a maioria dos Cristãos que acham um absurdo esse UFC usam Alucinógeno.

Eu tenho 33 anos e tive na minha juventude aquela febre pelo Jiu Jitsu e Vale Tudo. Não me lembro quantos amigos levaram surras em festas, shoppings, calçada de casa, universidade, estádio de futebol por patotas de bombados lutadores dessas lutas.

Por outro lado, sei que academias sérias de Judô e Jiu Jitsu tem sido muito importantes para crianças e jovens.

O #UFC é um lixo de luxo.

Primeiro Comentário:
_________________________
Anônimo
27 DE AGOSTO DE 2011 22:28
Uma pergunta só? posso?

JESUS, assistiria um UFC?
_________________________

O Comentário do Mr Anônimo foi bom. Mas serve apenas de retórica.

Mas para efeito de comparação, poderíamos usar o 'Coliseu de Roma' e o Apóstolo João. O Coliseu foi construido entre 70 e 90 d.C.. Enquanto o Apóstolo João viveu até 103 d.C.. Então eu pergunto. Teria o "Filho do Trovão", o “Discípulo Amado”, o Apóstolo João ido ao Coliseu de Roma para assistir alguma Luta entre Gladiadores?

Shalom Pr Renato!

Leandro Santos disse...

é bem complicado...
Tbm creio que não é algo do diabo.
é um esporte violento, porem nao deixa de ser um esporte.
mas nao é um esporte pra qlqr um, tem q ter kbça no lugar pra praticar.
vemos os exemplos dos caras qdo terminam a luta se abraçao e se comprimentao. eles tem a consciencia q é um esporte, porem nem todas as pessoas tem. entao se alguem qr praticar esse tipo de esporte, é bom pensar bem antes.

ahhh não axo q Jesus iria la pra assistir uma luta... mas tbm sera q o irmao q pratica esse esporte de forma correta irá deixar de ser salvo por causa disso? garanto que TODOS fazem alguma coisa q Jesus nao faria. pensem nisso.

Andreia =] disse...

Graça e paz, irmãos!

Li o post, li os comentários...e fiquei com a impressão de que é mais uma das discussões inflamadas pela paixão de cada opinião pessoal, e por conta disto, temos uma série de declarações incomparáveis.

Tem crente que demoniza tudo? Tem. E tem crente que acha que nunca as coisas tem algo a mais? Tem. O fato de ter ovelhas feridas por ovelhas nas igrejas não é justificativa razoável para afirmar que UFC é preferível ou aceitável, bem como não é razoável dizer que é porque há sangue e violência que é satânico[como explicar as lutas e mortes entre o povo de Deus e os outros povos no AT, por exemplo?]

Em Filipenses 4: 8 e 9 diz: "Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco."

Colossenses 3: 1 - 3 diz: 'Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;
Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus."

Sugiro aos amados que revejam então esta questão de ver ou não ver UFC, se é do diabo ou não, ou o que quer que seja, à luz destas passagens. Na dúvida, de qualquer natureza, que alegria poder contar com a Palavra infalível, inerrante e imutável de Deus.

P.S.: Não assisto, nem pretendo me deter assistindo uma coisa destas - se bem que é difícil, uma vez que em todo site há uma foto destes homens, sangrando e deformados por lutar. Sinceramente, já basta a violência gratuita que temos no dia a dia.

Prefiro me deter na Palavra de Deus, e na tentativa de ser útil a Ele.

Jony disse...

Que a UFC não é do diabo blz.A questão é outra, trata-se apenas de um entreterimento onde pessoas sem noção se batem e outras acham isso maravilhoso. Um esporte, assim como outros como o próprio futebol, que rola muito dinheiro e apenas reproduz um universo de desigualdade social e economico. Mas uns podem dizer, 'há isso não tem nada demais, há igrejas que fazem muito pior'. Verdade, mas a igreja do Senhor Jesus não e é essa a que devemos pertencer.

No mais, deixo por conta de Paulo
"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." (Filipenses 4 : 8)

João Paulo disse...

A paz do Senhor!

Tudo bem que não podemos lançar tudo o que acontece sob a responsabilidade do Diabo, mas Jesus Cristo não nos ensinou a bater no próximo por diversão ou dinheiro (Mt 5.44) - e é o que acontece com esse tipo de esporte, pois rola muita monta nos bastidores. O Mestre disse: "... aprendei de mim, que sou MANSO E HUMILDE de coração..." (Mt 11.29, grifo nosso). Jesus é manso, não violento! Será que é edificante ver lutadores veementemente atordoados de tanto levar pancadas na cabeça?

Pego carona no que o apóstolo Paulo falou: "Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, TUDO O QUE É DE BOA FAMA, SE HÁ ALGUMA VIRTUDE, E SE HÁ ALGUM LOUVOR, NISSO PENSAI" (Fl 4.8, grifo nosso).

Diante do exposto, será que existe alguma virtude espiritual em estar assistindo a dois homens se degladiando numa arena?

www.joaopaulomsouza.blogspot.com

Hyourising disse...

Engraçado, vejo o pessoal comentando a violência no UFC, achando horrível, mas n falam nada sobre os momentos do Antigo Testamento, onde havia mta violência, até morte... n entendo esse pessoal. Eu msm curto UFC, n vejo problema algum nisso...

João Vitor disse...

Neryvan Felipe,

Vou satisfazer sua vontade: Lá em na 14ª carta de João está escrito: "Bem aventurado aquele que lutar MMA, pois deles serão os altos cachês!" Satisfeito?
Brincadeiras a parte. Meu querido, não há nada na bíblia que fale exclusivamente disso, mas o que tem dizendo contra? Se pensarmos em fazer somente o que a bíblia nos diz claramente, largueo computador, a televisão, os filmes e tudo mais...
Devemos estar atentos a fazer aquilo que é correto e não fazer aquilo que a bíblia condena. Somente isso!
Gosto do UFC, assisto sempre e não vejo nada que condene. Temos que entender que é um esporte, e não uma luta contra uma outra pessoa despreparada. São dois oponentes teroricamente em mesmo nível e que tem um juiz para intermediar. Não é um lutador lutando contra mim, despreparado.

Abs

Anônimo disse...

É piada!? Se for é de ótimo gosto, dá pra rir muito. O mundo é do diabo, nós não somos do mundo. Sabemos que Deus a pedido do Senhor Jesus nos livra do mal. A Televisão é do Diabo, é o olho, a mão, o pé, é a besta inteira cirandando dentro da nossa casa, o como gostamos e nos divertimos com suas sutilezas infernais. Até os programas evangelicos que passam na tv são ruins, salvo algumas excessões. E dificil equilibrar, se saímos do fogo caímos no espeto, sabemos que tudo que vai ao ar seja jornalismo ou esporte tem um proposito "midiatico" para nos enlaçar, para tormar o ato de assistir um inofencivo programa de esporte melhor do ler a Biblia e evangelizar o vizinho, o colega de trabalho ou mesmo algumem que passa pela rua.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Interessante Artigo Renato, eu particularmente tenho certas reservas ao UFC e por isso não assisto com certa freqUência ;na verdade eu já tinha mesmo antes de me converter, mais por questões da filosofia das artes marciais (fiz Judô na adolescência). Creio que esse assunto deve ser bem explorado à Luz das Escrituras, mas também levando em conta a consciência.

Porém creio que seu artigo toca o ponto-chave da questão e é o pontapé inicial para uma reflexão sadia.

Forte abraço e Deus o abençoe!!!

Neryvan Felipe disse...

Meu irmão, vc perde seu tempo e assiste o que você quiser! Muitos crentes fazem coisas piores do que assistir essas lutas.

Pela quinta vez, venho informar que, a pergunta é: PODE UM CRISTÃO PRATICAR LUTA, OU, SER LUTADOR DE VALE TUDO (UFC)?

"Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;(Colossenses 3:1-2)

Concordo plenamente com (Jony) e repito o que ele descreveu:
Mas uns podem dizer, "há isso não tem nada demais, há igrejas que fazem muito pior".
Verdade, mas A IGREJA DO SENHOR JESUS NÃO É ESSA a que devemos pertencer.

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

UFC é MUITO MAIS divertido do que Futebol. Mas, eu prefiro corridas de Fórmula Truck.

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

Realmente, muitos crentes fazem coisas muito piores que os ferimentos de uma luta de UFC. Dá vontade de montar uma arena octogonal, para eles resolverem sua diferenças lá. Mesmo assim, prefiro assistir UFC a Futebol. E prefiro Fórmula Truck aos dois.

Wellington Mafra disse...

AH, já ia me esquecendo.

No mesmo nível - muito rasteiro - do UFC também estão as Novelas da 20 e 23h na Globo, a MALHAÇÃO, o Big Brother, a Fazenda, o PÂNICO e suas peladas, o Filme do Chico Xavier, blá blá blá... vai longe.

Confesso que pensei bem e vi que assistir a um Big Brother com a família talvez seja até pior que assistir o UFC.

So turn off the TV and focus on care of your childrens and you soul !!!!

Shalom!

Anônimo disse...

MMA eh um esporte como qualquer outro. tira muitos garotos da rua e livra das drogas, e na moral igreja evangelica so serve pra alienar a pessoa, o vitor belfort eh evangelico e luta.

João Vitor disse...

Hahahaha... Triste constatar que muitos "crentes" não entendem nada do que está acontecendo fora de suas igrejas(trincheiras). Com o arguento que o mundo é do diabo (e realmente é), se isolam de tudo que acontece e inclusive das pessoas. Então como traze-las para Cristo, se está longe e não conhece nada de sua cultura? Esse é o erro em achar que vai falar de Cristo e ponto final. Irmãos, temos que falar a mensagem de cristo segundo a cultura do povo. Isso não quer dizer que vamos negociar ou mudar a mensagem de Cristo, de forma alguma, mas não podemos pregar a mesma coisa para o Paulista e para o nordestino!
Quanto ao MMA, é só um esporte... por favor não queira comparar com uma novela que dissemina a prostituição e a homossexualida e taopouco com um progrma onde a fofoca, a homossexualida, a prostituição, e a vulgaridade são exaltados...

Hyourising disse...

Wellington Maria, comparar o UFC com as novelas ou com o Big Brother é, no mínimo, ridículo, não acha?

Tiago Rosas disse...

Ilustre Pr. Renato,

Respeito suas ponderações quando no campo da Apologética, mas nesse quesito julgo sua apreciação frágil e simplista. Permita-me colocar aqui o mesmo comentário que lancei no blog do pastor Ciro.

Não precisamos argumentar muito nem de muitas referências bíblicas para condenar tal prática (anti)esportiva. Mas permita-me deixar aqui algumas palavras.

Não importa o quanto tais lutadores estejam fisicamente treinados e preparados, todo e qualquer esporte que prestigia a agressão física e ainda arranca lucros exorbitantes com isto não é digno nem convém aos santos! Não importa se este esporte sangrento é socializável, midiatizado e bem quisto por alguns cristãos (cristãos?!), Deus não fez o homem para ser saco de pancada! Esta é mais uma arma sutil do inimigo: popularizo a violência, dou os aplausos da mídia, e os homens sorrateiramente se tornarão violentos, agressivos, verdadeiros cães. E assim caminha a nossa sociedade na via do absurdo: clamam por segurança e paz pelas ruas, mas ao mesmo tempo dizem: adoramos uma briguinha pela TV.

"Ficarão de fora os cães" (Ap 22.15) - dentre as muitas interpretações que li para estas palavras a que julgo ser mais apropriada é: os que vivem como cães, irracionais, violentos, agressivos, idomáveis, não entrarão no Reino dos Céus.

Não é questão de "minha opinião" X "sua opinião" - a Bíblia sagrada não autoriza o cristão genuníno (aquele que busca a perfeita semelhança em Cristo) a apreciar tais práticas de agressão física e humilhação do homem.

Aos que dizem: "eu gosto de assistir MMA", lhes exorto sem qualquer receio "é presciso narcer de novo"!

"Não porei coisa má diante dos meus olhos" (Sl 101.3)
"Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus" (1Co 6.19,20)

Deus nos livre dessa aberração (NÃO)esportiva cognominada MMA!

Edigar Caires disse...

Vou responder esta pergunta com outra, a sua resposta a minha pergunta servirá para os dois, mas seja sincero e responda com base bíblica, afinal este é um site cristão.

Em 1ª corintios 11:1 Paulo manda que os cristãos o imitem assim como ele imitava Jesus.

Será que Jesus ou Paulo entraria num Ring de luta para um disputa ou ficaria numa arquibancada perdendo o tempo deles olhando este tipo de coisa que só agrada a carne e nada edifica o espírito, será que Paulo entre uma prisão e outra ia ate o coliseu da antiga roma ver os gladiadores se ' matarem ' em busca de fama e dinheiro ?

Fiquem na paz

www.edigarcaires.com.br

gLucasAlfa disse...

"UFC nao eh do diabo pq ele nao ganho do Anderson Silva" xD

agora serio:

1º paremos de dizer q "isso" ou "aquilo" é do diabo. Eh muita ignorancia dizer que algo eh do diabo sendo q a biblia nao o diz.

2º eu particularmente nao gosto de MMA, mas torço pelos Brazucas, gosto de outros esportes de Luta, mas mma nao

3º Nao vejo base biblica pra dizer q nao eh permitido a nós Cristaos praticarmos MMA, ou qualquer outra Luta. Eu por nao gostar do esporte por outros valores (nao religiosos) nao recomendaria a sua pratica.
Mas nao tenho base biblica pra "impedir" alguem de pratica-lo

4º o AT eh recheado de exemplos de lutadores e Guerreiros q mataram milhares e alguns deles sao exemplos de Fé pra nós Cristaos (Sansao, Davi, Josué) e sao exemplos por terem "posto em fuga os exercitos inimigos" (Hb 11.34). Isso de forma alguma eh um argumento a favor, mas tbm estou esperando argumentos contra xD

Eirene (paz)

Anônimo disse...

A maioria dos filmes , tem sensualidade, traiçao, engano, pagar mal com mal,vilencia, propaga uma metalidade anti biblica, e etc etc etc.....mas os crentes assitem....será que nao é pior assistir coisas que Deus odeia??
UFC é tecnica, é um esporte de tecnica....

Anônimo disse...

Depoimento feminino: UFC, coisa do cão? Não, eu assisto, e até comentei dia desses com minha irmã, que é uma questão pessoal, se vc se escandaliza não veja, alguns dos esportistas nos percebemos que tem ética tipo não soca, n quer matar, outros eu nem assisto, nem todo mundo faz firula até cansar o adversário como o anderson silva, tem um Brasileiro que tem nome, que eu n consigo torcer por ele, estudei enfermagem e cada golpe que ele dá na cabeça do adversário eu tenho vontade de falar para animal, pois são golpes que podem levar a morte, os lutadores que tem como objetivo ganhar a luta, esses eu bato palma, mas tem uns manés que parecem derramar suas frustrações no oponente, esses me desculpa eu acho gay, deveria fazer uma análise antes de entrar no ringue. Quanto a ser do capiroto: cara ridículo. Quanto mais eu ouço certas insanidades mas desisto de congregar. Essa semana ouvi de uma pessoa querida, que n vai deixar o filho ver castelo ra-ti-bum pq o nome segundo o pastor da igreja, em algum idioma significa significa eu te amaldiçoo, e n é a única pérola. Agente vê as pessoas que amamos ficarem abitoladas e não podemos dizer nada... Ainda mais no meu caso que estou sem congregar, pq cansei de estupro espiritual, evangelho de mesa branca, fica ai um alerta, e uma reflexão: Quem é maior Deus ou o diabo, quem toma conta da tua vida e da tua parentela? É o Senhor meu caro, o diabo tá aí querendo tragar quem poder, mas se confiamos em Deus, n devemos temer... Povo crente, vamos parar de deixar o diabo como estrela e deixar Deus brilhar!

Anônimo disse...

Depoimento feminino: Também queria deixar a seguinte resposta: Jesus veria MMA? Torceria por um time de futebol? Amigos jesus comia com os pecadores. pregava para as prostitutas, teria ele algum preconceito contra esportes?
Pai tira as vendas de nossos olhos!
Tira o conceito sem noção que as pessoas tem de ti, JESUS se vivesse em nossos dias, não seria um babaca, de terno, sapatinho de fogo, que não se mistura com isso e não fala com aquele! JESUS ao contrário do homem não viveu de aparências, e sim ele iria assistir MMA, ia ter seu time favorito e ainda ia ter tempo de cumprir seu propósito de anunciar as boas novas da salvação! PQ JESUS, não era limitado como eu você!

Cleber Sá dos Santos disse...

Cansei de ouvir pessoas perguntando: "Jesus assistiria UFC?" Oras, que história é essa de achar que Jesus não conseguiria assistir cenas de violência? Ele é chamado de "Senhor dos EXÉRCITOS". O que as pessoas acham que faz um Senhor dos Exércitos? Luta com flores?
Jesus destrói as obras do inimigo e o faz com poder, e não com rosas.
Mania de crente frouxo achar que ser homem cristão tem relação com o que o feminismo impõe como modelo de cristianismo.

Tiago Rosas disse...

Caro Cleber Sá dos Santos,

Excelente sua hermenêutica! Adorei sua análise um tanto mulçumana da expressão "Senhor dos EXÉRCITOS", referida a Cristo. Parabéns, amado! Poderia se candidatar a líder de algum grupo mulçumano, pois eles ainda continuam a moda antiga a fazer guerras sangrentas em nome de Deus.

Querido, nosso Senhor Jesus é sim SENHOR DOS EXÉRCITOS, mas que exército? Ele deixou claro: "meu reino não é deste mundo, se fosse desse mundo os meus servos lutariam por mim". Os crentes fazem parte do grande exército de Cristo, mas não pra lutarem na UFC, pois leia um pouco mais a Bíblia e ouvirá Paulo na inpiração do Céu (e ele não era machista nem feminista, era apenas crente!) dizendo: "não temos que lutar CONTRA A CARNE E O SANGUE, mas, sim, CONTRA OS PRINCIPADOS, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, CONTRA AS HOSTES ESPIRITUAIS da maldade, nos lugares celestiais" (Ef 6.12). Claro, você vai me chamar de espiritualista e outros adjetivos. Mas o Evangelho de Cristo (quando bem interpretado) não autoriza o genuíno crente a apreciar essas lutas sangrentas e humilhantes. O resto é achismo humano...

Surian disse...

Eu não sou de assistir UFC, mas:

Meu, como esse povo legalista é chato!! Eles pegam versículos que nada dizem sobre lutas e artes marciais e deturpam a Palavra de Deus para condenar aquilo que não gostam.. E as passagens bíblicas mandando esmagar cabeças de crianças?? Não foi o Deus manso e humilde que mandou como pena capital para os pecados daquele povo que Deus queria destruir?? Tirar versículos do contexto como pretexto para impor suas opiniões pessoais é profanação!! Alguém poderia usar versículos para apoiar a violência errada tb (como o que citei acima).. Teve um ainda que veio com uma de "Jesus assistiria UFC"? Não sei! Jesus pegaria onibus? Jesus votaria no Tiririca? Alias, Jesus votaria nas eleições? Em quem seria? (Com certeza não votaria no PSDB.. Kkk #brinks) É cada uma..

Ainda fico com a Bíblia:
Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados. Tito 1:15


Já que vocês morreram com Cristo para os princípios elementares deste mundo, por que é que vocês, então, como se ainda pertencessem a ele, se submetem a regras:
"Não manuseie! " "Não prove! " "Não toque! "?
Todas essas coisas estão destinadas a perecer pelo uso, pois se baseiam em mandamentos e ensinos humanos.
Essas regras têm, de fato, aparência de sabedoria, com sua pretensa religiosidade, falsa humildade e severidade com o corpo, mas não têm valor algum para refrear os impulsos da carne. Colossenses 2:20-23

UFC não é pecado!! Se não gosta, não assista, mas não vem encher o saco e profanar a Bíblia com conjecturas cheias de devaneios legalistas não..

Maicon Custódio dos Santos disse...

Estava motivado a fazer um comentário até ler o comentário do Surian. Disse tudo que eu diria...

E o tal do Tiago Rosas arrancou uns textos sei lá da onde e falou abobrinha com vontade, hein?

Que a "luta de carne e sangue" tem haver com lutas esportivas?

Jesus, esse é aquele chamado analfabetismo funcional, neh? Lê um texto, mas não sabe o que está dizendo!

Deni Rodriguez disse...

Ressalva! não quis dizer que UFC é do capiroto hehe

Anônimo disse...

Depoimento feminino: Quando disse. Jesus veria MMA? Torceria por um time? Quis dizer, que n interessa, o que interessa foi o que ele deixou de testemunho, o sacrifício que foi feito em nosso favor, nos merecíamos? Não,certo dia me mandaram um perfil de rede social, de uma esposa de pastor e dizia a façanha: Se você quer que Deus realize coisas em sua vida, se faça merecedor delas, eu sou merecedora de tudo o que tenho! Ai eu pensei: Jesus volta! Pelo AMOR! Chega de analfabeto de bíblia, somos nós merecedores de algo? Ou somos frutos da graça e misericórdia diária de Deus sobre nós, não há nada que façamos ou faremos que nos torne merecedores de algo de Deus, tem babaca que se acha o escolhido, o separado, o sapatinho, o que não vê MMA, volto a dizer geração que finge que engana, pra quem finge que acredita, tenho mais nojinho de vocês, do que os malditos pôneis tem nojo de lama! AH comerciais tbm tem mensagem subliminar do capeta, É pela graça que vivemos!

Anônimo disse...

Dicotomização, esse é o grande problema... Um lado crê que existem duas coisas somente: o Bem e o Mal. O Deus do Bem é o Deus Bíblico e o deus do mal é o diabo. Ambos tem poder parecidos e controlam esferas diferentes da vida e do comportamento. É claro que isso é gerado por outros dois grandes problemas: O problema da não aceitação da Soberania de Deus inclusive sobre o mal e o problema filosófico da influência platônica no pensamento moderno. Ficam nesta briga de extremos. Ou se aceita a luta como "santa" ou demoniza-se como "profana". Lembro-me da célebre palavra do póstumo John Stott em seu livro Cristianismo Equilibrado> (em paráfrase"): "Não devemos estar em hemisférios antagônicos, devemos nos manter equilibrados, pois Jesus não é nem esquerda,nem direita,mas o centro,o âmago, o cerne..." Portanto, tudo me é lícito,mas nem tudo me convém... Sejamos equilibrados e percebamos os limites das coisas.

Anônimo disse...

Aos super gênios de plantão, n me importa muito o que Jesus faria em nossos dias atuais, e sim que a palavra seria a mesma: a da salvação! Alguns gênios não entendem uma metáfora. Estão mais preocupados em ser os certos, e assim caminha a humanidade, com passos de formiga e sem vontade...
É triste ver que o crente é separado em dois grupos: Sapatinho de fogo analfabeto funcional e Apologetas com vasto conhecimento bíblico e zero humildade para participar de uma simples tag, ou o cara escuta tudo que o pastor fala e não analisa as escrituras, ou analisa e se acha a própria bíblia o livro da verdade. EQUILÍBRIO é bom e não mata!

Surian disse...

A receita certa para esse conflito doutrinário:


Ingredientes
4 ovos
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo
1 copo de suco de laranja ( 250ml)
1 colher de sopa de fermento em pó
Para a cobertura:
1 garrafa pequena de leite de coco
1 garrafa de leite ( utilize a mesma garrafa do leite de coco como medida)
1 lata de leite condensado
1 pacote de coco ralado sem açúcar


Modo de Preparo
Na batedeira bata as claras em neve
Acrescente o açúcar e bata por mais uns 3 minutos
Coloque as gemas, o trigo, o suco e continue batendo até formar uma massa homogênea
Por último ponha o fermento, bata por mais 40 segundos na menor velocidade da batedeira
Despeje a massa numa forma média e untada
Asse em forno pré-aquecido em temperatura média por aproximadamente 40 minutos ou até dourar
Cobertura:
Misture bem numa tigela o leite de coco, o leite e o leite condensado
Reserve
Assim que o bolo tiver assado, retire do forno e fure toda a sua superfície com garfo ou faca, assim a cobertura penetrará bem
Com o bolo ainda quente e já furado despeje a cobertura sobre ele
Salpiqueo coco ralado por cima
Leve à geladeira por aproximadamente 3 horas
Corte o bolo em quadradinhos do tamanho que preferir e embrulhe com papel alumínio
Conserve na geladeira
Se o leite tiver fresquinho o bolo pode durar até 1 semana, isso se não acabarem com ele bem antes

Anônimo disse...

Pastor e povo de Deus,
Se este esporte é ou não do diabo, não é o maior problema. O que me aflige é ver uma galera ensandecida torcendo para ver duas pessoas se agredindo e em alguns casos até a ponto de sangrar, e o pior ainda pagam para isso. Será que este evento não nos lembra algo no passado, quando gladiadores lutavam entre si até a morte e os cristãos sinceros em Cristo eram jogados aos leões (pão e circo), pelo que sei as pessoas pobres não pagavam para entrar e ainda ganhavam uma pequena porção de pão para esquecer por algumas horas que estavam passando fome. Pois é essa política ainda funciona, mas com mais eficácia, agora eles cobram e caro pelas entradas das pessoas, e se quiser comer alguma coisa tem que pagar bem mais caro que em outros lugares. Sou sincero gosto muito de esportes, mas todos eles estão neste mesmo barco servem apenas para maquilar o que está acontecendo de pior nos países (violência, fome etc.. E o povo alienado ou esquecendo por algumas horas.


Luís

Evangelho sem Mácula disse...

"No MMA prevalece a pancadaria, a selvageria e o derramamento de sangue, remetendo-nos aos gladiadores romanos". ... é muita ingenuidade considerar não violentos o derramamento de sangue e o golpear da frágil cabeça humana com várias “marteladas”, não é mesmo?"

Concordo com ambas as posturas, mas reforço as palavras do Pr. Renato: ninguém é obrigado a assistir..

Wellington Mafra disse...

Enquanto o Circo do UFC, do Campeonato Brasileiro, da Fazenda, etc, nos entorpeceu, nesta semana o Congresso Absolveu a Deputada Jaqueline Roriz, mais um bebê morreu em maternidades do Pará, um jovem foi morto em SÃO PAULO após o UFC Rio por briga de Torcidas organizadas de Palmeiras e Corinthians...

"Pão e CIrco!"

O BBB e o UFC são farinha do mesmo saco do entretenimento televisivo.

Shalom!

Neryvan Felipe disse...

CONCORDO PLENAMENTE COM TIAGO ROSA...

Esse povo que decorou um versículo, fez seminário, teologia, acham que sabe tudo... MAS NÃO NASCERAM DE NOVO... não abandonaram suas atitudes pecamminosas, cegos, orgulhosos, querem satisfazer suas vontades sem pesquisar com alguém de maior entendimento, logo discordam a opinião do outro como se seus pensamentos é que estão corretos!
Chegam a usar versículos isolados, e esquecem do contexto geral (por ex. o Surian, ele citou Tito 1:15 e esqueceu dos vers. anteriores e o Tt1:16 que diz "Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra."

SERÁ QUE CONHECEM A DEUS???? QUEREM REALMENTE AGRADAR A DEUS????

É MUITA HIPOCRISIA!!! ARREPENDAM-SE, E VOLTE PARA AS ESCRITURAS E VEJA SE SEUS ACHISMOS ESTÃO DE ACORDO COM A PALAVRA BÍBLICA...

Para vocês que ADORAM (pra não dizer GOSTAM) essa selvageria (UFC), que testemunho de vida vc dá? Vc prega a palavra para seus colegas ou amigos descrentes ou senta com eles para assistir e comemorar UFC?

Ao invés de perder tempo com essas práticas mundanas, procure estudar mais a bíblia (pesquisas históricas, culturais, reforma, doutrinas, missões), muita oração(pela igreja, irmãos, familiares, enfermos, autoridades), discipular os neófitos, pesquisar louvores que agradam a Deus, ler livros para edificação... é ter alguma ocupação para fugir das coisas inúteis, que não convém, que não glorifica a Deus.

Graça e Paz

augusto elias disse...

É saudável "esperitualmente"!
Não vejo problema algum.É uma competição,assim sendo, é um contra o outro, bem diferente de "jogar um contra o outro", como o diabo faz e quer. São competifdores que travam a batalha lícita, é o trabalho de cada um e depois o relacionamento amigável continua.Agora, francaamente saber que existem pessoas que acham que é demoníaco a tal é complicado. Acho que o povo vai perdendo um fim da meada por não estar vivendo a aplicação da Palavra, ou seja, preferem criar coisas infundáveis do que estar desenvolvendo o que a nossa regra de fé pede.Existem crente que acham que o futebol é do mal, que a fórmuila um também e assim para vários outros esportes.SeM querer sair dO foco, mas existem irmãos que não desfrutam da praia porque acham que Deus não gosta! IMAGINEM A LUTA!

Tiago Rosas disse...

Caro Maicon Custódio dos Santos,

"Analfabetismo funcional"? Com todo respeito, mas que autoridade o amado tem para me falar de analfabetismo funcional? Como eu estudo secularmente no campo das Letras vou mostrá-lo que errou justamente no que criticou:

Quando eu dirigia-me ao irmão Cleber dos Santos, explicava-lhe que a expressão por ele usada "Senhor dos ÉXERCITOS" tem conotação espiritual e não carnal ou militar como ele deixou parecer em suas palavras. Jesus é Senhor de um EXÉRCITO que milita contra as potestades do maligno no reino espiritual, não nas trincheiras de guerra civis ou nas briguinhas de UFC. E as armas dessa luta não são luvas de boxe, nem um ring, nem os punhos, mas são espirituais e poderosas em Deus para destruição das fortalezas do inimigo. Portanto, eu usei apropriadamente o versículo de Efésios 6.12 para deixar claro a exegese da expressão "Senhor dos Exércitos".

Agora deixe-me lhe dizer quem se comportou como analfabeto funcional: o amado que leu minha resposta sem avaliar a pragmática das minhas palavras, e replicou-a sem qualquer embasamento crítico. A propósito, pergunte ao Espírito Santo que habita em seu corpo (se é que habita) como ele se sentiria se a morada dele fosse transformada "esportivamente" num saco de pancada "profissional".

Deus, dá-nos homens cheios do Espírito Santo que saibam discernir o que é do "eu" e o que é "Teu".

Leo disse...

Eu imagino como alguém que ama ao próximo como a si mesmo venha a assistir alguém apanhando até ficar tonto sem se compadecer, ou melhor, gostar de ver o lutador sofrendo... UFC é como o coliseu romano - luta pra divertir o povo!

gLucasAlfa disse...

Pra mim sempre eh frustrando ver os Cristaos discutirem assuntos Biblicos e começarem a destilar Odio e falta de temperança nos seus argumentos. Tenso !!

Pra Um Cristao assim, a sua diferença pra os Catolicos q queimavam pessoas e torturavam ateh a morte só eh uma: Poder.

Sempre me entristeço com discussoes teologicas .. por isso nao volto mais a olhar esse post .. #pena

@gLucasAlfa

Anônimo disse...

Prezado blogueiro,

Imagino que por força da necessidade de escrever sempre e manter, assim, a audiência de seu blog, o senhor esteja esquecendo de alguns conceitos básicos de comunicação e argumentação.

O tema de seu "artigo" faz uma pergunta que o senhor até se propõe a responder, mas sem explicar (mesmo que a própria sugestão da pergunta seja estúpida). Quem se propõe a manter um blog sabe da necessidade de emitir opinião e explicar as razões de tal opinião.

Creio que o UFC seja algo muito sedutor. A adrenalina de quem assiste aos combates sobe bastante e talvez sirva até como um "descarrego" de estresse para quem assiste. Sei que existem homens de caráter nesse esporte, inclusive alguns cristãos genuínos. O que não nos permite calar diante do fato de ser este esporte uma grande demonstração da banalização da violência. Os participantes no octógono são profissionais, verdadeiros atletas, pessoas cordatas e gentis fora das arenas ... mas e quem assiste? A violência gratuita é estimulada por transmissões como essa. Precisamos de uma cultura de paz, não de violência como entretenimento.
Indico, para quem possa interessar, o recente artigo escrito por Zuenir Ventura no jornal O GLOBO.

Com respeito,

Roberto Carvalho

diego disse...

Sobre a violência desse esporte (UFC), o sentimento deve ficar com cada um. Ha alguns anos o boxe dominava a imaginação de mta gente. Outros esportes podem ser tão desgastantes e perigosos ao atleta quanto a luta - mesmo uma corrida de F1.
O desafio que temos é o de respeitar a posição da pessoa, seja nessa questão de luta ou até mesmo ir ao cinema, ingerir bebida alcóolica, ir a parques de diversão, assistir tv, etc...(claro que as vezes é importante debatermos esses temas).
Não devemos nos esquecer também que lutas, sangue, etc. estão presentes em diversas formas na nossa sociedade, seja em propagandas,filmes, novelas, seriados, telejornais, etc. Às vezes nos incomodamos com uma forma de expressão porque nos afeta, mas outras não criamos tanto alarde porque não nos incomoda. O contrário pode acontecer com nosso irmão, que pode não se incomodar, por exemplo, com algum telejornalismo sensacionalista, mas ficar incomodado até mesmo com filmes de super-heróis (porque também temos mortes, sangue e crueldade nesses filmes.) Acho que é preciso muita sabedoria para sabermos filtrar aquilo que é bom para nosso crescimento espiritual, e para nosso divertimento. E saber também que o que afeta minha comunhão com Deus, pode não afetar a vida espiritual do meu irmão.

Forte abraço,

Diego Baptista
@diegaob

JUNIOR BARROS disse...

Não sei porque tanta polêmica com algo tão ÓBVIO!!!
É claro que um crente verdadeiro, cheio do Espírito Santo, jamais teria prazer em assistir ou praticar o esporte em questão.

Se é cheio do ES, tem prazer no que Deus tem prazer. Sinceramente, não consigo imaginar Deus tendo prazer em ver dois templos do ES se machucando.
Deus ama aos seres humanos de uma forma inimaginável, agora se um pai que é mal, não gostaria de ver seu filho sendo espancado, imagina Deus.

E outra, não é porque o Victor Belford pratica, que seja bom.

JUNIOR BARROS
barros193@hotmail.com

Júnior Rubira disse...

"Tiago Rosas" = Fake, um personagem, quem o edita não está interessado em mostrar a cara.

Nem perco meu tempo com fakes e anônimos.

Hoje se lembraram que o UFC existe, sendo que já está aí há muitos anos, amanhã se lembram que mulher não pode usar calça, depois que rock é do diabo e assim caminharão os legalistas até o fim de tudo...

Respeito quem não gosta, mas daí demonizar quem assiste, fala sério...

João Paulo Cheab disse...

Sou lutador e sou cristão.

Eu não agrido meu oponente por maldade, em meu coração não há revolta, não há crueldade, mas há competitividade, há esporte.

Jesus diz que os nossos olhos são as candeias para o nosso corpo, se os meus olhos enxergam aquilo com luz, ótimo pra mim... se meus olhos enxergam aquilo com trevas, grandes trevas serão.

Porque a boca fala do que está cheio o coração.

Logo, a boca fala (julga) aquilo que você vê.

E você não conhece o coração do lutador. Logo, não fale que uma luta é coisa do demônio... pois o simples fato de você negar comida para quem passa fome é mais cruel que um esporte de contato.

Pense. Reflita.

Não é sobre religião, nem nunca foi. Pense.

Efraim Silva disse...

Meu irmão ANônimo, uma respota para seu primeiro coméntario.

Se Jesus assistiria ou não !!!
Dá vontade de rir com que vc falou se JESUS se le assistiria.
Te garando que não Ele não assistiria. Por que onde ele chega-se toda atenção seria voltada para Ele.
E olha no dia do arrebatamento vai ter muito lutador Cristão sumindo do Octagon e quem perdeu seu tempo dando uma de "super-crente" vai acabar sendo surpreendido, sendo deixado para trás.
Para terminar o meu comentário quero dizer que sou praticante de MMA e te garando que o Satã... não tem poder sobre minha vida.

E para terminar uma pergunta !

Você acha que o Rei Davi não Deveria ter lutado com o Gigante Golías ??
rsrsrs...
Se vc estuda a biblía sabe que Davi não era nem um leigo em lutas, apesar de ser novo e Pr de ovelhas.
Fuiii!!! Fiquem Na Paz !!!

Pneu disse...

Nossa!

Do diabo? Parece que estou vendo o distante do Trono se defendendo por ter participado dos show da gigante platinada...

Fomos adotados e declarados filhos por uma família REAL. E definitivamente, não devemos nos prestar a tais coisas... O que vejo aqui é um discurso em defesa de um gosto que ainda que não se enquadre na pessoa de Cristo, a qual devemos nos conformar, é vicioso. É como ver pregadores da prosperidade defendendo aquele lixo por suas próprias conveniências! Me perdoe Renato, acompanho seus textos e sinceramente, nem parece que foi escrito por ti. Paz absoluta de Cristo.

c a s a n a r o c h a disse...

Não devemos esquecer de todas as coisas que cercam o UFC. Nem tudo que é lícito convém. Na publicidade de lutas o que vemos? Declarações nada cristãs, não é? É preciso pensar nos desdobramentos disso.

Phillipe Cunha disse...

Tem gente que gosta do diabo, dá tudo a ele! Já ouvi numa dessas de esquina um irmão dizendo que o diabo que pregou Jesus na Cruz! Tenha dó!!!!

fisioxande disse...

Gente,

Futebol é zilhões de vezes mais injusto e mais violento do que UFC!

Mas como é o esporte queridinho do Brasil...

Excelente artigo Pastor! Obrigado por conseguir colocar em palavras aquilo que muitos de nós sentimos! Que Deus o continue abençoando cada dia mais!

Alexandre de Oliveira

Gleidson Lacerda disse...

a receita de bolo aqui nos comentários foi inusitada, huahauhuahauha.

mas bem, algumas pessoas tem falado sobre o coração do lutador e tal, já li um comentário aqui de um lutar cristão sobre isso e acrescento esse link para o testemunho de um dos mais destacados esportistas do MMA, Vitor Belfort.

http://www.youtube.com/watch?v=RBM22qNR31U

Adicionalmente, lembremos que na época de Paulo e Jesus os esportes eram muito mais violentos que hoje, os mesmos na verdade eram mais treinamento militar do que arte marcial.

No entanto as únicas referências que é feito no novo testamento sobre eles são comparações positivas.

Sandro Santos disse...

Nesta EuroCopa 2012 em praticamente todos os jogos um ou mais jogadores saíram com sangue nos rostos, por causa de choque em virtude de LUTAR pela posse da bola... Num CHOQUE por LUTAR pela posse bola, um jogador português de futebol de praia teve o joelho quebrado em 3 partes. E na maioria destes esportes isto ocorreu por que jogadores de equivalência e peso diferentes se chocaram por lutarem. Assiti esta semana jogos de RUGBI, em minha opinião mais violentos do que MMA. Isso sem citar o Hóquei no gelo! Pra quem acha que lutador de MMA é vagabundo e gosta de VALE TUDO, não entendeu o que se passa no octógono. Os lutadores de MMA dominam pelo menos 2 artes marciais(sendo faixa preta nelas inclusive). O fato de NÂO GOSTAR OU ACHAR VIOLENTO não é argumento. Me perdoem.

Anônimo disse...

Olha, Paulo disse que deveríamos fazer tudo para a GLÓRIA DE DEUS. Será que DEUS estaria sendo GLORIFICADO, numa luta onde dois irmãos se espancam? Eu sou a favar do treino físico, do esporte. Mas, nem tudo dentro do esporte é lindo e maravilhoso. Devemos separar as coisas. O UFC não é coisa do diabo, e é algo que vem da carne, que tbm não cheira bem. Um abraço!

José Leonardo

Jean prostado aos pés de Cristo Jesus disse...

Amado
sei de uma coisa este esporte NÃO EDIFICA EM NADA MEU ESPIRITO.
Também deixo satanás quietinho no canto dele.

Antonio Carlos N. da Cruz disse...

Paulo disse em 1° Corintios 9.25 Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.

Paulo usou a metáfora dos esporte de sua época. Esporte não é coisa de Deus nem do Diabo, é coisa do ser humano apenas.

Quem não gosta não assiste. Antes era o futebol que era do Diabo, hoje quem afirmava isso ja coloca uma blusa da seleção brasileira ou de algum time e alça bandeira gritando desesperadamente.

vão estudar a Bíblia, não apenas ler pra arrancar alguns glorias no cultinho de foguinho.

Bruno Duarte disse...

Caro Pastor,

Só gostaria de acrescentar uma coisa ...

O UFC é uma espécie de "empresa", cujo dono é o Dana White.
Sim, os lutadores possuem contratos.

O que eu quero dizer é que devemos respeitar todo e qualquer tipo de trabalho digno.

Anônimo disse...

Querido pastor, com um blog como este, acho que melhor seria se o sr interagisse mais com os leitores em vez de somente dar RT em elogios no twitter. A primeira colocação nos comentarios foi perfeita: Jesus assistiria UFC? Estranho mesmo o sr escrever sem nenhum respaldo bíblico, um texto simplista.
Jhobert Abreu

Anônimo disse...

Sim, Jesus adora o MMA, principalmente quando arrancam sangue um do outro.
Isso recorda o Criador dos tempos de Roma, dos gladiadores. Homens combatendo
Homem pra quê? Apenas fama, poder e dinheiro! Existem coisas mais relevantes para serem tratadas no meio cristão.
Tudo é licito mas nem tudo convem.

Robert disse...

Estamos bem longe dos homens de Deus do passado, perdemos tempo com coisas que não edificam, muita gente dando palestras, escrevendo em seus blogs e sites, pregando sem unção, nossa vida tem glorificado a Deus...
Nem tudo e do diabo, isto e verdade, mas que existe muitos crentes carnais isto tambem e verdade.

Jason disse...

Muita gente, dizendo que não edifica, que é violento e etc.

Assistir futebol edifica? E luta de boxe?

Quanta hipocrisia!

Assiste quem quiser!

Quanta meninice, tantos assuntos mais interessantes para discutir!!

Fabricio disse...

Caro Pr Renato,

Tenho acompanhado seus artigos apologéticos, mas creio que neste texto apenas apresentou sua opinião sobre o assunto...

Seria a mesma coisa que falar que o rock é do diabo simplesmente por não gostar do estlo...

A RINHA DE GALOS é proibida e não consego ver muita diferença entre ela e o UFC, pois nos dois o adversário pode até chegar a morte...

Deixaria um filho seu lugar e sair de lá sem uma visão ou morto? Continuaria achando ser um esporte como outros?

Será que Jesus pagaria para ver duas pessoas espancando uma a outra?

Se formos considerar simplesmente como um esporte, poderiamos considerar então a PROSTITUIÇÃO também simplesmente como um profissão para ter o sustento...

Quem sabe também o fato de uma mulh cristã posar nuana playboy simplesmente com uma profissão.

Com o passar dos dias passamos a achar tudo muito normal... Mas, há muita contratição nos argumentos...

Thisc 007 disse...

UFC é do Diabo e bolinha de gude tbm kkkk
Parem de demonizar ou espiritualizar as coisas... rinha de galos é diferente do UFC... a Rinha usa o instinto do animal para partir pra briga, o UFC tem regras que regem as lutas, há golpes proibidos e permitidos, aliás o PRIDE era um pouco mais violento se vcs não sabem... O lutador faz aquilo pq ele quer, ele não é obrigado a assinar o contrato...

Ashbel Simonton Vasconcelos disse...

Caro Renato,
Creio que vc tem razão: não é mesmo coisa do diabo, é coisa de gente mesmo. De gente que não ama a Deus e não respeita a Sua imagem, porque todo homem é imagem de Deus. A preservação da saúde de forma integral deve ser parte do respeito que se deve ter com 6° mandamento (não matarás).

Ademais "Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento." (Fp 4.8) Será que o UFC se encaixa?
Abçs
Ashbel Simonton

El Misionero Matsuura Junichiro disse...

UFC; Ultimate Fight Championship. Os "crentes" não gostam.
Também NÃO DEVERIAM gostar de:

UFG: Ultimate Fofoca Gospel

UAG: Ultimate Adultério Gospel

UDG: Ultimate Difamação Gospel

UCG: Ultimate Calúnia Gospel

UIG: Ultimate Injúria Gospel

UEG: Ultimate Enrolão Gospel

UMPG: Ultimate Mau Pagador Gospel

UPG: Ultimate Prostituição Gospel

UFG 2: Ultimate Fornicação Gospel

UPG 2: Ultimate Pedofilia Gospel

UBG: Ultimate Bullying Gospel

UTG: Ultimate Trolling Gospel

Juliana Sidle disse...

É um assunto muito delicado.Eu gosto de artes marciais,assim como de filmes assim.Assisto a maioria dos filmes do Jack Chan,pois eu acho ele o máximo.Mas eu acho que UFC é um esporte muito violento.E não concordo que cristãos participem disso.Mas não critico quem gosta.Gosto não se discute.

Eusper Pereira disse...

O UFC é coisa de assassino! Violência por dinheiro, fama e poder.
Pronto! Nada mais, nem menos que isso. O resto é jogo de palavras. Semântica.Desculpa de Caim!
Leiam o que está escrito:

"Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem".

Romanos 1:32

Unknown disse...

esse comentario a baixo é sensacionalista demais da conta...
( uma pergunta Jesus assistiria o UFC?)
outra pergunta Jesus estaria usando a internet para comentar (julgar) quem assiste UFC?
JeSus deixaria de salvar uma alma para lavar pratos?
Jesus deixaria de ir salvar vidas para ir pro trabalho porque precisa comprar um carro?

seu cometario não faz sentido, se a opnião que você quis impor foi a de: se Jesus se agrada de assistimos a este esporte, foi erroneamente formulada

joceli antonio Schossler disse...

Saudações em Cristo.
A pior das agressões ao ser humano é a mentira a qual ele é envolvido.
Vocês já ouviram falar da unção do celular.
http://macprjoceli.blogspot.com.br/2012/08/vejam-so-o-que-fizeram-da-palavra-de.html

Michel Barbosa disse...

Nos temos uma tendencia muito grande de espiritualizar quase tudo na vida que nao concordamos. Eu me pergunto podemos dizer que o UFC e do diabo, mas e o futebol? quanto dinheiro e gasto em compras de atletas? Familias sao desfeitas por motivos financeiros? os estadios sendo construidos aqui para uma copa que sera super faturada? E nos queremos dizer que o UFC e do diabo? Precisamos rever alguns pensamentos e pensar um pouco mais antes de dizermos algo a alguem?

Eva Drews disse...

Eu tenho certeza que não!

Eu acho esse "esporte" bruto, sujo (pois é fato que muitos apostam e pagam esse ou aquele para que vença - como no futebol) sem contar a absurda violência desnecessária e que não agrega NADA de bom à família cristã!


BASTA de violencia gratuíta nas nossas tvs...

Mas quero ver nossos representantes machos dizerem que não gostam disso...

Pensem bem!

Eva Drews disse...

Gostei muito Neryvan...

Bando de Hipócritas!

Acho este esporte, bem como o Futebol, sujo, degradante!

Enquanto roubam o bolso e o caráter do brasileiro, o mesmo fica lá se iludindo na frente da tv.

Mas discordo de vc com relação aos filmes: filme é ficção, ficção é mentira, mentira é do diabo!

A menos que seja par engrandecer o nome do Senhor, e mesmo assim... Estes dias assisti a um filme da Graça Filmes: "Eu e você, nós para sempre" onde não vi nada, absolutamente nada que engrandecesse o nome do Senhor... conclusão: qdo tenho tempo disponível, leio a bíblia!

Assinado: Uma ex-viciada em filmes hollywoodianos que cansou de ser manipulada.

Gi Pontes disse...

E uma luta violenta em que pessoas se agridem principalmente na cabeça, o que pode trazer sérios problemas ao longo do tempo, é só pesquisar na internet. Não entendo o prazer das pessoas em ver outras se agredirem ao ponto de se ferirem. Eu digo isso é coisa do diabo porque ele quer destruir o que Deus fez, só ele mesmo pra gerar prazer nas pessoas de verem essas lutas, de duas pessoas que mais parecem animais selvagens se agredindo. Nosso corpo e templo de Deus, cuidado com o que vc faz com ele! Se um deles perder a visão, tiver dano cerebral, todo mundo vai continuar aplaudindo. Pára o mundo que eu quero descer!


OS PERIGOS DO MMA

Alerta para os traumas na cabeça:

O soco tem um impacto imediato no cérebro. Especialistas alertam para os perigos que as sucessivas lesões na cabeça e asfixia podem gerar aos lutadores de MMA, profissionais e amadores. Dependendo da intensidade e frequência do movimento, o lutador pode sofrer desmaio, convulsão, traumatismo craniano e, até, demência pugilistica

A agressividade de um soco pode gerar grandes repercussões cerebrais para o lutador das artes marciais mistas. Diferente das outras partes do corpo, que podem ou não sofrer impacto com a luta de MMA, a cabeça requer uma atenção especial. Especialistas afirmam que sucessivos socos são responsáveis pelas concussões cerebrais e traumatismos cranianos.

Gi Pontes disse...

Aposto que cão tá lá no trono dele, no inferno assistindo MMA e se divertindo com a bestialidade humana!

Gi Pontes disse...

concordo!!! Pior e ver crentes se divertido com essa brutalidade, pra mim isso é o fim!!

André Peixoto disse...

Muito pior são as lutas por posi'ções dentro da igreja. Muito pior é ver na tv que um pastor mandou matar outro por interesses políticos. Muito pior é passar o irmão para trás e isso acontece muito.
Agora, vir falar que MMA é do ponei maldito... aff

sergio roberto disse...

Sr. Renato, lamento dizer mas perante a Bíblia o Senhor tem qualificação para qualquer outra coisa, menos para pastor...Lamentável. Que Deus tenha misericórdia de ti. :(

guto lopes disse...

Não podemos esquecer que fomos chamados por Deus para transformar o mundo e não imitá-lo (1 João 2:15-17).

1Coríntios 6.12 - Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.

Essa pregação do Rev. Augustus Nicodemus sobre a santidade na pratica poderá ajudar os irmãos.

https://www.youtube.com/watch?v=8rtV-CCm2wg

Muitos "cristãos"não veem nada de mais em frequentar festas juninas, com esse mesmo pensamento de que "não tem nada de mais".
Outros até dizem que sim por celebrar o nascimento de João, esquecendo ser essa uma pratica do catolicismo. A Biblia não nos relata nenhuma festa ligada aos profetas ou apostolos.
Esquecendo do fator "idolatria"esse é o ponto de destaque para os lutadores de MMA.

"Por isso, meus amados irmãos, fujam da idolatria. Estou falando a pessoas sensatas; julguem vocês mesmos o que estou dizendo. Não é verdade que o cálice da bênção que abençoamos é uma participação no sangue de Cristo, e que o pão que partimos é uma participação no corpo de Cristo? Por haver um único pão, nós, que somos muitos, somos um só corpo, pois todos participamos de um único pão. Considerem o povo de Israel: os que comem dos sacrifícios não participam do altar? Portanto, que estou querendo dizer? Será que o sacrifício oferecido a um ídolo é alguma coisa? Ou o ídolo é alguma coisa? Não! Quero dizer que o que os pagãos sacrificam é oferecido aos demônios e não a Deus, e não quero que vocês tenham comunhão com os demônios. Vocês não podem beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podem participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Porventura provocaremos o ciúme do Senhor? Somos mais fortes do que ele?" (1 Coríntios 10:14-22).


Uma coisa é o esporte como: Jiu-jitsu, judo, carate...MMA nunca foi e nem será um esporte. Uma rinha humana onde o desejo é derrotar o seu "inimigo". O que Paulo dizia sobre escandalizar?
Reflitam irmãos!

Que o Espirito Santo nos traga sempre a iluminação e discernimento.

A graça e a paz!

Dezio Oliveiravianna disse...

Com ou sem respaldo bíblico, considero que as opiniões passaram pelo crivo pessoal.
As colocações estão corretas, sem dúvidas, mas poderíamos perguntar se Cristo faria um outro montão de coisas que fazemos.
Ao meu ver, essas coisas são fatos. Mas, convenhamos... argumentos que apontam par "erros mais graves" dentro das igreja, parecem auto defensivos. Porque em nenhuma esfera onde há o mínimo de transparência ética e moral, esse argumento é cabível. Se todas as vezes começarmos a pensar se isso ou aquilo se configura em pecado e, no afã de defender nossas práticas, começarmos a comparar outros pecados, nada será pecado, tudo será permitido.

Ao contrário do que parece, assisto UFC e não o considero como máquina do diabo. Não assimilo que outras artes ou esportes de luta não tenham perigo. Já morreram atletas de outras modalidades de luta, inclusive o boxe, e de outras modalidades de esporte.
Outro argumento bastante interessante é: não goste, não assista. Logicamente que isso também é uma verdade, mas não define o post se propõe a discutir.
Ou então, com base nesse conceito, se gosto de filme pornô, ao invés de procurar libertação, opto em assistir e tudo bem. Não creio.

Acho muito legal a discussão. Mas, em minha visão, nem o texto nem os comentários foram imparciais.
A grande questão, se eu me perguntasse se é pecado ou não (considerando que todo pecado é coisa do diabo, o que já cabe outro interessante assunto - não que eu não entenda que ele muito se alegra e se utiliza do pecado, mas a questão é - a culpa sempre é dele ou é só dele?) seria: Praticar atos violentos ou assistir a violência, é pecado?
Eu diria: Sim. Quando você assiste com prazer uma "briga", uma agressão física ou verbal.
Ainda diria: Não. São atletas preparados, qualificados e respaldados por regras - mesmo que achemos que são ainda pouco rígidas. São profissionais no exercício de sua atividade, o entretenimento. Se alguns agem com ódio, isso não configura que todos assim o façam. Em outras situações da vida, sendo esporte ou não, alguns reagem com extrema competitividade e partem para a briga, as vezes de forma literal, outros já compreendem a mesma situação com naturalidade, sem ódio, sem rivalidade.
Mesmo assim, se eu começar a compreender de forma diferente, cabe a mim não mais assistir. Mas, que ninguém julgue o outro por aquilo que pratica.

Fabio de Borba disse...

O grande problema do homem atualmente é justamente não espiritualizar tudo, esquecer que é trinitário, com corpo, alma, mas, também, com espírito; esquecer que as maiores batalhas do seu dia-a-dia são travadas, ganhas ou perdidas no mundo espiritual, 24h por dia. Quanto ao que é do diabo ou não, para identificar certinho, basta lembrar o que realmente satanás quer: distanciar o homem de Deus. No momento que você faz algo assim, que alimenta mais seus instintos carnais que os espirituais para Deus, ou espirituais malignos e não os espirituais para Deus; isso pode ser, sim, considerada coisa de satanás, ele pode não ter criado, mas se utiliza disso para nos distanciar de Deus. Veja um exemplo, um pastor me perguntou se eu condenava o Departamento de Esportes nas igrejas, eu respondi que SIM, se este departamento tivesse mais inscritos que o de Interseção ou de Evangelismo. Buscai primeiro o Reino de Deus e sua Justiça... Negue-se a si mesmo...

Amigo disse...

Salmo 11,5: O Senhor prova o justo; porém ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua alma.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only