sábado, setembro 19, 2009

A televisão, o sexo explícito, os números do pecado e a salvação em Cristo

Por Renato Vargens

As operadoras de TV a cabo divulgaram recentemente alguns dados acerca do acesso dos assinantes de TV por assinatura aos canais que exibem sexo explicito. Os dados são preocupantes. Segundo a pesquisa, onde foram ouvidas 1.074 pessoas, os que assistem esse tipo de “programa”, são homens (74%), casados (76%), têm curso superior ou pós-graduação (63%), vivem bem (57% são da classe A, e 31%, da B) e já passaram dos 31 anos de idade (76%). Segundo dados, esses canais estão presentes em 200 mil lares.

Outros dados surpreendentes da pesquisa: 54% dos casados são casados há mais de dez anos; 70% dos assinantes têm filhos, e, desses, 57% possuem filhos com mais de 18 anos. Metade dos assinantes desses canais tem o hábito de assistir ao canal com a mulher ou o marido. A outra metade, que vê sozinha, é na maioria homem (60%). 47% assistem esses canais no quarto, 38% na sala de estar e, pasmem, 3% dos assinantes têm ponto do quarto dos filhos.

São dados concretos (sem contar com os acessos à sites pornográficos na internet, vídeos, revistas e shows ao vivo) que dão dimensão acerca de um câncer que está instalado em milhares de pessoas, famílias e casais.

Caro leitor, infelizmente a indústria do sexo movimenta milhões de dólares no mundo, inteiro escravizando um número incontável de pessoas que vivem na e da prostituição. Sem sombra de dúvidas a pesquisa acima retrata o estado de perversão do ser humano quanto a sexualidade.

Ora, as Escrituras são absolutamente claras em afirmar que independente de cor, raça, sexo e nacionalidade, nascemos em um estado de pecaminosidade, culpa, e morte espiritual. O ensino cristão é de que não existe um homem neste planeta que possa considerar-se justo pelos seus próprios méritos. Na verdade, a Bíblia afirma que “todos pecaram, e que todos estão destituídos da graça de Deus.” (Rm 3:23), diz também “que o salário do pecado é a morte” (Rm 6:23), e que quem peca, “transgride a lei” (I Jo 3:04), e que o pecado faz separação entre os homens e Deus. (Is 59:02)

A Bíblia diagnostica o pecado como uma deformidade universal da natureza humana, deformidade que se manifesta em detalhes na vida de cada indivíduo. A doutrina reformada ensina que o homem é totalmente depravado e que necessita desesperadamente de salvação. O Apostolo Paulo ao escrever a igreja de Éfeso afirmou: "estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais" (Efésios 2:1-3). Ora, segundo o ensino paulino toda pessoa não regenerada pelo Espírito Santo de Deus está espiritualmente morta, fazendo a vontade da carne, do mundo, além de viver uma vida absolutamente escravizada por Satanás.

Em outras palavras, isso significa que cada um de nós nasceu como um completo pecador. Nossa essência é pecadora, todo nosso ser é pecador, nossa mente, emoções, desejos, e até mesmo nossa constituição física está corrompida, controlada, e desfigurada pelo pecado e seus efeitos. Ninguém escapa desse veredicto. Nós somos totalmente depravados. Efésios 2:1 resume a doutrina da depravação total ao afirmar que os homens estão mortos em delitos e pecados. À luz desta verdade sou obrigado a confessar que a condição humana não poderia ser pior. Entretanto, Deus sendo rico em misericórdia por causa do grande amor com que nos amou nos deu vida em Jesus salvando-nos da ira vindoura e libertando-nos da escravidão do pecado.

Por Cristo e em Cristo não somos mais escravos da prostituição!

Louvado seja o Senhor que nos salvou do pecado, dando-nos vida, libertando-nos do diabo e livrando-nos do juízo eterno! A Ele toda nossa gratidão!

Pense nisso!

Renato Vargens
Rogerio Rocha disse...

Veja quem são os donos da International Bible Society nos EUA. QUE FAZ A EDIÇAO E IMPRESSÃO DA BILBIA NVI TNVI.

O MESMOS QUE DESTRIBUI SINAL DE CANAIS PORNOGRAFICOS, ENTRE OUTROS.

"A corporação Zondervan, que costumava ser uma respeitada editora cristã de Grand Rapids, Michigan, tornou-se uma companhia pública via uma oferta inicial de ações há uns 15 anos atrás [1978?]. Isto foi em torno da mesma época em que a Bíblia NIV foi publicada por um grupo em Nova York chamado de Sociedade Bíblica Internacional, que financiou o projeto. Eles então deram à Zondervan Corp., os direitos exclusivos da edição/publicação da versão NIV da Bíblia. Após a oferta inicial, o preço das ações subiu moderadamente, porém, mais tarde o preço caiu abruptamente e muitos investidores perderam dinheiro. Em 1985, um investidor entrou com um processo judicial onde disse que ele foi induzido a comprar as ações Zondervan por causa de declarações falsas que a companhia fez à Comissão de Bolsa de Títulos Públicos e Valores (SEC). Em 1989, isto foi bem difundido pela imprensa: 'Corp. Zondervan de Grand Rapids, Michigan, alcançou um acordo fora do tribunal de $3.57 milhões com investidores que contestavam sua perda de dinheiro quando irregularidades foram encontradas nos registros/livros/arquivos financeiros da editora religiosa.'" 17

Em 1988, a Zondervan, sofrendo com a queda de vendas, estava em apuros financeiros como conseqüência de ter expandido muito rapidamente no início dos anos 80. Em julho de 1985, The Wall Street Journal relatou:

"Em 1978, a companhia introduziu a versão New International Version da Bíblia, a qual é a líder de mercado na venda de Bíblias. Nos dois últimos anos, muitos investidores compraram e venderam ações da Zondervan, espalhando especulação que a companhia tinha achado um comprador. Em maio, um grupo investidor tinha feito uma oferta de $ 10.50 por ação, mas os dois lados não chegaram a um acordo."



Então, um agressivo magnata da mídia chamado Rupert Murdoch (dono da Fox television), comprou a Zondervan por 56,7 milhões de dólares, ou seja, $13.50 dólares por ação. A cotação da Zondervan subiu $4,25 dólares por ação com o anúncio. Murdoch, um cidadão do mundo internacional, começou na Austrália, via sua companhia, a News Corp. Nos anos recentes, Murdoch construiu um Mega império da mídia, com faturamento de 10 bilhões de dólares por ano (dado desatualizado). A Zondervan Corp. se tornou, então, a sua subsidiária, adquirida pela publicadora Harper Collins (a mesma companhia que publica a "Satanic Bible" e "Satanic Rituals"), E A NVI TNVI.


Esse homem já citado, dono da Bíblia NIV, Rupert Murdoch recentemente fêz uma "pequena" oferta de 10 milhões de dólares (!) adivinha para quem... Para a construção da nova catedral católica em Los Angeles, Califórnia. Parte do dinheiro, é claro, pode ter sido retirado dos lucros da venda na NIV, comprada por ingênuos crentes "fundamentalistas"... Murdoch é dono dessa vasta rede da mídia mencionada, incluindo cinema, TV, a Fox Television, 20th Century Fox Films, Direct TV (com seus canais de pornografia...) London Times, o jornal New York Post, a Harper Collins e é claro, a Zondervan. O fato que suas estações de TV e produções de filmes indecorosos, não impediu o cardeal de Los Angeles, Roger Mahony, de ungí-lo juntamente com sua esposa (agora já é "ex", depois de ser trocada por outra de metade da idade) como membros da Ordem Pontifícia de São Gregório, o Grande, em janeiro de 1998. Esse título de cavalheiro foi concedido da parte do Papa que é dado a pessoas de "caráter imaculado" e que têm "promovido os interesses da sociedade, da Igreja [Católica] e da Santa Sé [Vaticano]."

Quando se diz que a Bíblia NVI / NIV é uma Bíblia católica, os fundamentalistas que não sabem nada desses fatos, não pesquisam nada, e só vão na onda do que os outros dizem, fazem cara feia e dizem que é um exagero. Está aí para quem quiser ver, a prova incontestável de um homem que é dono da NIV e que doa 10 milhões de dólares de bandeja para o Papa.

Anônimo disse...

o que faremos? e o que ensinaremos aos proximos a nos?

so consigo pensar em continuar lendo a palavra e tentando ser fiel a ela vivendo misturado com quem nao compartilha ou seja a maioria , o que é uma dificuldade cultural e pessoal e mesmo que caia as vezes ,nao desistir e falar o que é certo ao outros.. nem queeu nao esteja conseguindo praticar mas falar o correto e pedir graças a Deus.

Dougllas knnor disse...

Isso e como uma ferida , se não tratarmos se torna uma úlcera...

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only