quarta-feira, julho 08, 2009

Xi! O arroz queimou.

Por Renato Vargens

Nos finais de semana eu sou o responsável por fazer o almoço em minha casa. Certo dia enquanto cozinhava me distraí olhando a televisão. De repente, ouvi a minha esposa gritando: “Renato, a cozinha está pegando fogo!” Saí que nem um louco e quando lá cheguei, percebi que a panela com arroz estava completamente queimada, isso sem falar no cheiro insuportável que tomou conta da casa. Graças a Deus as conseqüências da minha distração não foram piores.
A experiência em questão me faz lembrar inúmeros irmãos que ao longo da caminhada deixaram de orar e vigiar sendo ludibriados pelo adversário de nossas almas. Tais pessoas, sem que tenham percebido tiraram os seus olhos do Senhor e do serviço cristão, focando em situações absolutamente inexpressivas.
Como você sabe, eu não sou adepto do neomaniqueismo, nem tampouco do “endeusamento do capeta”, até porque, creio num Deus Soberano que reina e governa sobre todas as coisas e que tem domínio sobre tudo e todos. Apesar disto, a Bíblia nos ensina que devemos ficar atentos as astutas ciladas do diabo, simplesmente pelo fato de que o nosso adversário é extremamente ardiloso.
Por acaso você já se deu conta de que o inimigo das nossas almas usa de subterfúgios para desviar nossa atenção do foco? Pois é, ele age exatamente assim, e quando menos percebemos o arroz queimou.
Caro leitor, a luz desta pequena história que tal orar e vigiar? Lembre-se que Satanás deseja afastá-lo do alvo prejudicando-o substancialmente. Vale a pena ressaltar que o gosto de comida queimada é horrível e o cheiro, esse então, é insuportável.
Pense nisso!

Renato Vargens
GILBERT RAPOSO disse...

Lento, gradual, mas certeiro.
Usar o fogo baixo, é melhor.
Adotei essa técnica para minha vida pessoal, e na espiritual também, tomo como exemplo a construção de uma casa que duraria 3 meses, mas o mestre de obras quizesse faze-la em 15 dias, não preciso nem dizer que não moraria nesta casa, as coisas estão chegando a medida e no tempo que tem que vir, não tenho pressa, tenho vontade de servir, o próprio Jesus teve o seu tempo para começar seu ministério, a maior intensão de um competidor esportivo é ganhar, mas se não conseguir o primeiro lugar, sua meta é chegar até o final.
Pensem nisso, Gilbert Raposo um aprendiz em Cristo Jesus.

augusto elias disse...

É verdade,o inimigo usa meios para nos afastar da comunhã,até mesmo por uma simples divergência em assuntos do dia a dia.Precisamos orar para que as setas do inimigo não nos toque.
QUE DEUS NOS GUARDE!!!

Ene disse...

Amém! Recebo como um alerta pra minha vida.
Repare que quando começamos a apresentar várias insatisfações com a vida cristã ou mesmo com os irmãos e a igreja local, geralmente estamos falhando na nossa vida de oração. Vemos menos Jesus e mais os problemas. É satanás nos tirando do foco como o irmão disse. Temos que vigiar para manter nossos olhos em Jesus e isso através da oração, leitura bíblica e adoração a Deus.
Ótima msg. Que o Senhor Deus continue a te abençoar.

Dougllas knnor disse...

Isso acontece quando menos esperamos e so percebemos quando o cheiro do "arroz queimado sobe"!!!
por isso temos q sempre esta alertas !
paz!!

favourite category

...
ministério pastoral

Whatsapp Button works on Mobile Device only