quinta-feira, julho 04, 2013

O sincretismo e a macumba "evangélica"

Por Renato Vargens

A Igreja brasileira tem sido influenciada tanto pelo secularismo como pelo misticismo. Na verdade, o adversário das nossas almas é astuto e de forma incisiva tem atacado a igreja do Senhor.

Pois bem, para nossa tristeza o comportamento de algumas das igrejas chamadas "evangélicas", cada vez mais tem se aproximado dos rituais espíritas. Lamentavelmente, em alguns dos denominados templos evangélicos é comum encontrar inúmeras aberrações teológicas.  Tais igrejas, de forma sincrética tem usado em seus cultos sal grosso para espantar mal olhado, fazem a terapia do amor que trás a pessoa amada em sete dias, acreditam em videntes espirituais, distribuem balas consagradas para “abençoar” crianças, frequentam reuniões do descarrego, elaboram despachos gospel, bebem a garrafada do tempo dos apóstolos, ungem com óleo  objetos inanimados, quebram  maldições hereditárias, expulsam encostos, fazem atos proféticos, e muito mais.

Prezado amigo, infelizmente a teologia de alguns destes denominados  evangélicos está tão miscigenadas que um desavisado qualquer ao entrar em um dos seus cultos poderá pensar que entrou no centro de macumba.  (veja o vídeo abaixo) Ouso afirmar que o sistema comportamental e doutrinário de algumas das igrejas evangélicas se deve em parte ao famigerado sincretismo religioso, o que nos leva a entender que mais do que nunca, precisamos em nosso país resgatar os valores da Reforma Protestante, retornando a Bíblia, fazendo dela a nossa única regra de fé.

Isto posto, afirmo categoricamente que em hipótese alguma experiências mágicas esquizofrênicas, como superstições inequívocas e burrificadas devem nortear o comportamento de nossas igrejas, até porque, somos e fomos chamados pelo Senhor a vivermos um cristianismo equilibrado, racional, apaixonante e apaixonado por aquele que por sua infinita graça e misericórdia nos salvou.

Diante disso acredito que mais do que nunca precisamos tomar algumas posturas imediatas tais como:

1- Fazer das Escrituras nossa única e exclusiva regra de fé.
2- Treinar e capacitar melhor os nossos pastores.
3- Resgatar a importância do estudo bíblico e do ensino nas Igrejas Locais.
4- Fortalecer a Escola Bíblica

Que Deus tenha misericórdia do seu povo e nos leve a um genuíno arrependimento.

Renato Vargens
Lane Reis disse...

Isso chega a ser uma blasfêmia. Bizarro

Olá! Eu sou a Sâmia! disse...

Hein? O azeite das lâmpadas significa o espírito do amor? ...sem palavras. Conheço uma moça que não perdia um terapia do amor,esperando um namorado...

Olá! Eu sou a Sâmia! disse...

...sem palavras. Conheço uma moça que não perdia um terapia do amor. Concordo com a Lane Reis. Bizarro.

Olá! Eu sou a Sâmia! disse...

Ah e outra coisa, que história é essa de que o azeite na lâmpada das virgens significava o espírito do amor? Gente que ensinamento errado!

Diógenes Spartalis disse...

É como disse Paulos aos Gálatas: Anátema.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only