quinta-feira, agosto 25, 2011

10 dicas de um diabão a um diabinho para desvirtuar um pastor

Odiado Cramulhão Encardido Junior,

Desejo amargamente que você esteja experimentando todo tipo de sofrimento. 

Escrevo-lhe essa missiva para lhe orientar quanto a melhor maneira de fazer com que os filhos do adversário produzam cultos sofriveis e despreziveis. Para isto quero lhe dar 10 dicas:

1) Não permita jamais que as Escituras ganhe destaque naquilo que chamam de culto.

2) Faça-os acreditar que a melhor maneira de atrair a multidão é produzindo cultos lotados de entretenimento. 

3) Induza-os ao maniqueismo. Faça com que eles falem mais nas obras do nosso pai das trevas do que daquele que morreu na cruz.

4)  Tire-os do foco. Não permita com que preguem o evangelho. Faça-os pregar sobre vitórias, dinheiro e prosperidade.

5) Inspire-os a compor canções antropocêntricas e cheias de distorções teológicas. Isso será fundamental ao fracasso de sua missão.

6) Faça-os acreditar que são maiores do que pensam. Instigue os pastores a se transformarem em apóstolos, paipóstos e patriarcas da fé.

7) Leve-os a desprezar a pregação expositiva. Induza-os a pregar tematicamente mensagens de bençãos,  prosperidade e auto-ajuda.

8) Instigue os pastores a abandorarem o estudo das Escrituras e a se aperfeiçoarem na psicologia e psicanálise.

9) Faça-os experimentarem novas experiências místicas, instigando-os a valorizar  o que sentem abandonando assim a Palavra do adversário.

10) Destrua a vontade desse pessoal em estudar a Bíblia. Leve-os a acreditar que o estudo bíblico não é relevante. Instigue-os a acharem que o estudo das Escrituras é desnecessário,  preferindo dedicar seu tempo a  famigerada música gospel.

Espero que cumpra com esmero minhas recomendações.

Termino esta carta, desejando todo tipo de maldade,

Com ódio,

Seu tio diabão.


Nota explicativa:

 Há alguns anos, o conhecido autor evangélico C. S. Lewis, professor da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, escreveu uma série de artigos sob o título: "The Screwtape Letters" , ou seja, "Cartas do Inferno" , Edições Vida Nova SP, e os publicou no jornal "Guardian", conhecido órgão da imprensa britânica, lá pelos idos de 1940. Depois, essas cartas foram reunidas em um livro com o mesmo título, que se tornou a obra mais popular desse eminente escritor de temas cristãos. Nessas cartas, o autor imagina uma série de conselhos que Roldão, experiente oficial da hierarquia diabólica, envia a seu sobrinho Lusbim, um diabo neófito que recebeu a incumbência de corromper a fé de um homem que se tornara cristão. Visto que, daquela época para cá, tem-se multiplicado as artimanhas satânicas, é lícito imaginar mais alguns terríveis conselhos enviados pelo sinistro oficial ao seu infernal emissário, em plena ação diabólica para desviar os fiéis do caminho estreito. Usando os mesmos personagens, apenas mudamos os nomes, e tomando emprestado o gênero literário do autor mencionado, aqui apresentamos aos amados leitores uma nova carta imaginária, vinda dos abismos infernais.


Daniela Nogueira disse...

Uau!!! O melhor que vc já postou da série até hoje!! Gostei demais!!

PR. SILAS G. BARBOSA disse...

Quando nós pregamos o evangelho das boas novas, com certeza o Senhor Deus confirma com sinais.
O evangelho do Reino de Deus para todo aquele que crê: salva, cura, liberta de toda maldição, e o homem pode tomar posse de todas as promessas que o Senhor tem para seus filhos.

A grande polemica é que alguns estão comercializando o poder de Deus, vendendo bênçãos, inventores de doutrinas. O que nós não podemos fazer por causa deste maus profetas é não praticarmos as obras que Jesus e os discípulos praticaram, e quais são essas obras?
Mt 11.1-6; E ACONTECEU que, acabando Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles.
2 E João, ouvindo no cárcere falar dos feitos de Cristo, enviou dois dos seus discípulos,
3 A dizer-lhe: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?
4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide, e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes:
5 Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho.
6 E bem-aventurado é aquele que não se escandalizar em mim
VOCÊ PODE LER O ESTUDO COMPLETO NESTE LINK - http://shortText.com/z4lcTx

Anônimo disse...

Vcs calvinistas se julgam os sabichões e os verdadeiros crentes que fazem o verdadeiro culto a Deus. Porém, pergunto qual a influiência de vcs na sociedade? Vcs são os certinhos, os bambambans do cristianismo, mas cadê a influência de vcs na sociedade?

Vá plantar batatas fariseu hipócrita. Fale menos e aja mais!

Anônimo disse...

Essa pessoa ai de cima anônima, além de cego espiritual e ignorante bíblico é covarde. Que feio mandar um irmão na fé plantar batatas, ops.. será que você é convertido mesmo, lavado e remido no sangue do Cordeiro!!!

Luis

Anônimo disse...

Pastor,

Com todo respeito, mas tenho um certo pé atrás com o autor em questão, pois o mesmo assim com a Rebeca brown e outros tem um lado ocultista em seus livros muito forte.
http://zenobiofonseca.blogspot.com/2008/05/h-um-certo-tempo-venho-me-sentido.html

Luís

João Eduardo disse...

Obrigado pela publicação, vou compartilhar para continuarmos o nosso HISTÓRICO trabalho, iniciado por cristãos desde a origem da Igreja de Cristo, na propagação do Evangelho. Somente assim, CONTINUAREMOS influenciando a sociedade com a Verdade de Cristo, tal como os verdadeiros Apóstolos (do 1º século) fizeram, tal como os Pais da Igreja fizeram, tal como os Reformadores fizeram e assim nós, a atual geração da Igreja, temos o privilégio de fazer. A Deus a Glória porque é Ele quem mantém a Obra!

Anônimo disse...

Luiz percebi que sua habilidade é difamar as pessoas. Fique sabendo q vc ñ tem moral, bagagem teológica e filosófica e nem experiência no campo social para dialogar comigo. Falo com propriedade meu querido.

Minha crítica não é contra o texto em sí, mas contra esta hipocrisia de sempre ver o defeito no outro, sempre o outro é o errado, é o demônio. Vcs calvinistas são arrogantes e nunca tiram a trave do próprio olho antes de falar do cisco nos olhos dos outros.

Quanto a influência na sociedade vcs são uma piada. Vcs são de guetos, gostam de viver dentro de saleiros e não dão sabor nenhum a esta terra. O $ilas Malafaia em poucos anos na tv "influênciou" mais a sociedade do q vcs em 200 anos de Brasil.

Atenciosamente
Sr. Anônimo

Renato Vargens disse...

Sr. Anônimo,

Se vc é tão bom porque não se identifica? É fácil falar escondido no anonimato, não é verdade?

Isso pra mim tem outro nome: Covardia!

Renato Vargens

VGC disse...

Olá Pr Renato.
Estranhamente, fui o primeiro a comentar o texto.
Respeitei os termos colocados, mas não foi publicado. O que me causou mais estranheza foi ver comentários posteriores que atacam pessoas e posições, publicados.
Aconteceu algo? Ou será que simplesmente não apareceu pela quantidade aqui mostrada?

Eliezer disse...

Citar C. S. Lewis não me pareceu ser uma boa apesar dele ter sido um apologeta cristão, teologo, etc., ele tambem era autor de algumas coisas que não combinam com o cristianismo, vide por exemplo As Cronicas de Narnia!!

Alexandre de Oliveira disse...

Este foi um dos melhores textos que já li até hoje na minha vida!

Está de parabéns o Pr. Renato Vargens! Retratou o que tem acontecido em muitas igrejas evangélicas na atualidade.

O texto é de uma genialidade comparável à de C.S.Lewis, um dos meus autores favoritos.

E quem já leu alguma coisa de C.S.Lewis e está criticando É PORQUE NÃO ENTENDEU NADA!

No mais, que Deus abençoe a todos nós e sempre nos faça enxergar a Sua verdade!

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only