quinta-feira, junho 04, 2009

Virou macumba

Renato Vargens

O comportamento de algumas das igrejas chamadas evangélicas, cada vez mais se aproxima dos rituais espíritas. Óleo ungido para arrumar namorado, reteté de Jeová, sal grosso para espantar mal olhado, terapia do amor que trás a pessoa amada em sete dias, videntes espirituais, balas consagradas para “abençoar” crianças, culto do descarrego, despacho gospel, garrafada do tempo dos apóstolos, unção com óleo de objetos inanimados, quebra das maldições hereditárias, encostos, atos proféticos e muito mais.

Pois é, do jeito que a coisa anda daqui a pouco ouviremos em nossos cultos expressões como “Eparrei Jeová” ou "em nome de missifio". Ora, vamos combinar uma coisa? Infelizmente algumas das liturgias evangélicas estão tão miscigenadas que um desavisado qualquer ao entrar em um de seus cultos pode pensar que entrou no centro de macumba. Ouso afirmar que o sistema comportamental e doutrinário do neopentecostalismo brasileiro se deve em parte ao famigerado sincretismo religioso. O que nos leva a entender que mais do que nunca, precisamos em nosso país resgatar os valores da Reforma Protestante, retornando a Bíblia, fazendo dela a nossa única regra de fé.
Isto posto, afirmo categoricamente que em hipótese alguma experiências mágicas esquizofrênicas, como supertições inequívocas e burrificadas devem nortear o comportamento de nossas igrejas, até porque, somos e fomos chamados pelo Senhor a vivermos um cristianismo equilibrado, racional, apaixonante e apaixonado por aquele que por sua infinita graça e misericórdia nos salvou.
Como inúmeras vezes afirmei neste blog, confesso que estou absolutamente perplexo e preocupado com os rumos da igreja evangélica. Chego a conclusão de que mais do que nunca a igreja brasileira precisa URGENTEMENTE de uma nova reforma.
Pois é, como costumava dizer o reformador João Calvino o verdadeiro conhecimento de Deus está na bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro. Em tempos difíceis como o nosso, precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento.

Soli Deo Gloria,

Renato Vargens
o observador disse...

A igreja evangélica está sendo destruída pelo mesmo espírito enganador que criou a famigerada ICAR.
É mais um sinal do fim dos tempos. Infelizmente o povo está sendo destruído por falta de conhecimento.
Não há nada de novo debaixo do sol, a história está se repetindo diante de nossos olhos.

Gilbert Raposo disse...

Pastor Renato, fui criado no meio disso tudo que foi citado, conheci
na vivencia, mas graças a DEUS tudo passou, não preciso de nada disso, principalmente dessa garrfada dos apostolos, em nome do SENHOR.
" E libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça " Rm 6:18
Glórias a DEUS !!!!!!!!
Gilbert Raposo, um aprendiz em Cristo Jesus.

Renato Vargens disse...

Prezados,

O pastor wagner de Araujo da Igreja Batista Boas Novas em São Paulo, escreveu um longo texto sobre o tema o qual compartilho abaixo:

http://www.jesussite.com.br/acervo.asp?Id=1396

abraços,

Renato Vargens

Renato Vargens disse...

IMPORTANTE:

Ao contrário do que muitos pensam não sou cessacionista. Creio nos dons do Espírito Santo e na manifestação sobrenatural do nosso Deus em diferentes situações. O que repudio é manipulação religiosa por parte de alguns, que usam do nome de Deus para auto-favorecimento.

abraços,

Renato Vargens

Anônimo disse...

Excelente!

Augusto Elias disse...

O problema é que não estão se alimentando com a saudável escritura,abandonando o princípio de Deus.Tudo que não provém de Deus é do maligno.Sei que o Espírito Santo faz com que tenhamos diversos dons,mas a mente que só quer obter vantagens através do Nome de Deus,como o senhor mesmo citou sobre a declaração do pastor Wagner,é que devemos nos opor.Um outro detalhe é a atenção redobrada que precisamos ter,satanás,se bobiarmos fica até perto de nós querendo cirandar com os irmãos brincando,desde "despacho gospel" a "unção do namoro".Que Deus possa interferir na mente desse povo!

José Márcio Lacerda disse...

CARO AMIGOS ESTA MATERIA E PIOR QUE JA VIR NA HISTORIA ,TRATAR DE MANISFESTAÇÕES DO DONS EM macumbaria e voces nao gostam de atuação ao espirito santo por que voce na vida crista e questao de escolhe a teologia e se aprofunda e outros a questao espiritual e se aprofunda a palavra pode matar mas o espirito santo te dar vida, se voce nao gostam nao criticar.

Renato Vargens disse...

José Márcio,

Parece que vc não entendeu o post. Sugiro que leia novamente incluindo o comentário que fiz a posteriore neste blog.

Renato Vargens

Jailson Freire disse...

Como já foi dito... Não há nada de novo nisso. Desde que me entendo por gente, já existia esse tipo de liturgia, se é que se possa chamar assim. A questão é: Há sinceridade nos corações que "buscam" a Deus com esse tipo de manifestações? Será que eles aprenderam assim ou apenas fazem sob influência de seus líderes que acreditam nesse formato de "culto". Será que são apenas pessoas que por pouca cultura ou nenhuma, são levadas a isso tendo em vista o meio que freqüenta.
Já ouvi dizer que o meio é fator determinante no comportamento do ser humano.
Por exemplo: Como convencer a um católico que aprendeu desde pequeno a adorar uma imagem, que se dobrar diante de uma imagem é algo do qual Deus abomina?
Parece simples, mas é mais complicado que parece. Se não for por graça divina provavelmente essa pessoa vai continuar a acender velas para jorginho e c&a.
Sendo assim, penso que criticar pode ser não apenas um ato de "pouco amor" e paciência com nossos irmãozinhos que aprenderam que para estar "cheio do espírito" é necessário todo tipo de manifestação estranhas a nós "donos da verdade".

ps.: Só pra deixar registrado, não sou o "o observado".

Silvia Bordadeira disse...

Cuidado com as generalizações. Faço parte de uma igreja neopentecostal e nunca vi nada disso. Por outro lado, tem uma igreja batista aqui perto de casa onde a pastora tem unção da sapatilha de fogo e vemos todo tipo de manifestações a la Unção de Toronto. No amor de Cristo, Silvia

Dougllas knnor disse...

nosso Deus não precisa de surpertições ou simpátias para operar ,isso nada mais e do que igrejas sem estudo teologico ou " lobo na pele de ovelha"!!!

A paz!

Anônimo disse...

é um verdadeiro absurdo o que estamos vendo no mundo evangélico, será que podemos afirma rque somos de fato protestantes????? protestamos contra quem, se a cada dia estamos mais parecendo com o mundo?

pr marcos lopez - http://sites.google.com/site/pensadorescristaos/Home

tais ac filha do rei disse...

muito boa essa sua mensagem sobre as igrejas que andam se modernizando tanto que estao ndestruindo o poder de DEUS e fazendo da igreja um novo terero de macumba

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only