segunda-feira, junho 08, 2009

Gospel Total Flex. Combustível para a apostasia.

Renato Vargens

Não é necessário possuirmos dons especiais para afirmarmos que vivemos dias de profunda apostasia. Isto se percebe nitidamente nos ensinos proferidos por parte da igreja evangélica que teima em propalar um cristianismo absolutamente diferente do pregado pelos apóstolos de Cristo.

Estima-se que nos últimos anos mais de trinta milhões de brasileiros tenham entrado e saído de nossas igrejas e que boa parte destes, ao sair dos nossos rincões, tornaram-se gnósticos. Ora, se as coisas continuarem deste jeito, tenho a impressão que em pouco tempo os apostadas se multiplicarão a olhos vistos levando-nos a um estado de inquietação e perplexidade.

Infelizmente o combustível usado pelos adeptos de uma teologia relativista tem aumentado significativamente a combustão de alguns comportamentos evangélicos, levando um significativo número de pessoas a um progressivo esfriamento espiritual.

Creio veementemente que a apostasia destes dias se deve a uma somatória de valores. Na verdade, a junção entre o relativismo, a teologia prosperidade, da confissão positiva, do gospel bussiness e do liberalismo teológico formam um kit combustível capaz de explodir qualquer coisa.

Caro leitor, em tempos difíceis como o nosso, mais do que nunca precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento. Sem sombra de dúvidas precisamos desesperadamente de uma nova reforma, por que caso contrário a vaca irá para o brejo.

Soli Deo Gloria,

Renato Vargens
Anônimo disse...

Vai de encontro a um texto que eu escrevi num blog de um amigo meu onde eu falava de uma "geração light", composta por ditos cristãos que resumem toda a vivência deles como resgatados do Senhor em lançar uns tantos "améns" e "aleluias" por tudo e por nada, ouvem algumas mensagens desfocadas e de repente se tornam em especialistas da "espiritualidade". Cantam canções sem nexo, letras sem estrutura lírica, enfim tudo na base da superficialidade. Como o Pastor Renato, eu oro todos os dias para que, começando em mim, tenhamos pessoas firmes que compreendem porque razão se chamam a si proprias de cristãs, pessoas que estão assentes na Bíblia e que sejam convictas de que estão no caminho certo. Que saibam onde estão e para onde vão. Deus lhe abençoe! João Gomes

Pr Claudiney disse...

Pr Renato.

Mais uma vez combatendo algo que é muito comum em nossos dias: A FALSA EXPERIÊNCIA COM DEUS. Muita gente hoje se diz evangélica, mas quanto de cristianismo e quanto de outras essências há em seus tanques espirituais, só Deus sabe! Um grande problema além do sempre debatido ( teologia da prosperidade ), é o problema da teologia liberal. há pessoas que não se importam mais com o abandono dos vícios, com a vida sexual regrada, com as diversões insensatas e acham tudo normal. Qual a diferença entre a Igreja e o mundo? é APENAS A SUA RELIGIOSIDADE PROTESTANTE EVANGÉLICA?
EM CRISTO
PR CLAUDINEY

o observador disse...

A vaca certamente irá para o brejo, as escrituras profetizam que antes virá a apostasia e depois o iníquo.
Estamos agora na primeira fase. Devemos nos alegrar porque o dia da volta do Senhor está próximo.

favourite category

...
test section describtion

Whatsapp Button works on Mobile Device only