12 características de um pregador que não deve ser ouvido



Há pouco eu escrevi um texto onde tratei de 12 qualidades de um pregador que deve ser ouvido (aqui). Hoje, visando ajudar àqueles que me leem a descobrirem os tipos de pregadores sérios, resolvi escrever doze características de um pregador que não deve ser ouvido:

1- Pregadores que não creem na inerrância das Escrituras, nem tampouco que ela é a infalível Palavra de Deus.
2- Pregadores que distorcem as verdades bíblicas para tirar dinheiro do povo.
3- Pregadores que pregam autoajuda.
4- Pregadores cujas mensagens são antropocêntricas e visam exclusivamente a satisfação humana.
5- Pregadores que repetem jargões de cinco em cinco minutos.
6- Pregadores que são desprovidos de piedade, santidade e que possuem um linguajar chulo.
7- Pregadores que preferem ser politicamente corretos em seus sermões a serem fiéis.
8- Pregadores que não dominam as doutrinas fundamentais das Escrituras.
9- Pregadores que não são aptos para ensinar.
10-  Pregadores arrogantes em suas posturas, falas e exposição.
11- Pregadores que falam mais de si mesmos, de suas conquistas, do que de Cristo e seu Reino.
12- Pregadores que se preocupam mais com a glória do seu nome, que a glória de Deus.

Pense nisso!

Renato Vargens

0 comentários: