Sobre a chacina no presídio de Manaus e a culpa do Estado


O homem é fruto do meio, já dizia Rousseau, e se o meio tem feito dele um delinquente, diz o Estado brasileiro, a prisão poderá recuperá-lo.

Ledo engano, o sistema prisional brasileiro não recupera praticamente ninguém. Na verdade o Estado tem sido omisso em seu papel contribuindo com assim com a multiplicação da violência nas cadeias e presídios Brasil à fora. Alias, afirmo sem titubeios que O Estado é o maior culpado pela chacina de Manaus, e dou os motivos porque penso assim:

1-) O Estado transformou presídios em depósitos humanos onde a super lotação é marca inquestionável.

2-) O Estado permitiu e fez vista grossa e em alguns casos foi conivente com o surgimento dos comandos paralelos.

3-) O Estado deixou de usar a Espada (Romanos 13:04) omitindo-se no papel de PUNIR com severidade aqueles que cometeram crimes hediondos ou que demonstram por suas atitudes serem irrecuperáveis.

4-) O Estado fracassou por que se silenciou diante do caos social existente nos bolsões de pobreza e miséria no Brasil.

5-) O Estado fracassou na missão dada por Deus de REFREAR o mal, proteger o cidadão, bem como punir o perverso.

Pense nisso,

Renato Vargens

2 comentários:

Boa noite querido!
Graça e Paz!
Concordo plenamente, o estado tem total culpa por tristes episódios assim acontecerem.
O descaso é total e a superlotação e insustentável.
Realmente lastimável.

5 de janeiro de 2017 00:30 comment-delete

Pastor apenas uma dúvida. Podemos asseverar que exista alguém irrecuperável?

5 de janeiro de 2017 22:55 comment-delete