Absurdo! Prenderam injustamente o filho do pastor Antônio Carlos Costa presidente do Rio de Paz em manifestação no Rio de Janeiro

Por Renato Vargens

Fiquei sabendo que o Mateus filho do pastor Antônio Carlos Costa, pastor presbiteriano e presidente do Rio de Paz foi preso COVARDEMENTE pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. 

Acabei de conversar com Antônio que me relatou que estava com o filho, longe da baderna e da destruição feita por alguns e que sem que desse conta um policial do Batalhão de Choque pegou o menino e sem nenhum tipo de pergunta o jogou dentro de uma caçamba de camburão. 

Antônio vendo o ato descabido e arbitrário por parte da polícia insistentemente perguntou ao agente do estado o que era aquilo e o policial sequer  respondia. Para piorar a situação deixaram o menino preso dentro do camburão por quase nove horas com várias pessoas num espaço minusculo. Se não bastasse isso, levaram o rapaz para a delegacia e MENTINDO ficharam o garoto atribuindo a ele o crime de formação de quadrilha. Além disso, para não ver o seu filho preso em Bangu, Antônio teve que pagar uma fiança de três mil reais para liberação do menino.

Caro leitor, conheço o Mateus e sem que é Antônio e afirmar que o rapaz é um baderneiro é um absurdo sem precedentes. Vale a pena ressaltar que tanto Antônio quanto Mateus não participaram em nenhum momento da destruição no centro da cidade.

Isto posto, manifesto meu repúdio a ação descabida por parte da policia que de forma arbitrária levou para a cadeia um cidadão de bem.

Sinceramente espero que o governo do Estado se posicione diante desta atitude repulsiva.

Renato Vargens

8 comentários:

Graças a Deus que ele vai responder somente um processo. Com certeza estamos orando por ele. As cicatrizes são o espelho da luta. Os humilhados serão exaltados... "vamo, que vamo Brasil!!!! Rumo ao hexa. Campeão na fome, educação, saúde, transporte público, moradia e agora políticos honestos!!!!

18 de junho de 2013 12:17 comment-delete

Prenderam vários do mesmo jeito,sem motivo algum enquato os verdareiros vândalos nem identificados foram. Engraçado voces se preocurarem exclusivamente com o filho do pastor só por ser filho do pastor rsrs. Parem com esse chorume,se humanizem e ao menos se revoltem e peçam justiça por todos os injustiçados.

18 de junho de 2013 14:00 comment-delete

Gabriela,

Não se trata de uma preocupação com o filho do pastor, se vc pensa assim está equivocada. Se houveram outras pessoas presas de forma equivocada manifesto também minha indignação e repulsa. Agora, vamos combinar uma coisa? Com que critério vc afirma que nós não estamos imbuídos em grita por justiça pelos injustiçados? Por favor, antes de emitir opiniões sem sentido procure pensar e refletir naquilo que fala, talvez agindo assim você evitará emitir bobagens.

E isso!

Renato Vargens

18 de junho de 2013 14:06 comment-delete

Pastor Renato! fica o meu pesar pelo ocorrido! O seu bom filho vai levar isso com ele, como marca maior de poder estar lutando pela justiça e causa social de nosso Brasil!

Eu mesmo tenho chamado a atenção para a necessidade de todas aquelas mecanismos, que de uma forma ou de outra detenham poder sob a formação de opiniões e são mecanismos ideologizantes de massa, façam a sua parte,no sentido de ajudar a esclarecer o cidadão, para que este aprenda a pensar e escolher melhor os seus mandatários!

O que o mestre Jesus mais fez foi uma ação contundente mesmo que pacifista, no sentido de que o indivíduo se despertasse e assumisse seu próprio caminho cavando por conta própria o seu livre despertar e assentou a sua Igreja, foi nesse sentido, para que houvesse a consubstanciação de sua promessa, de sorte que homem fosse livre, e trabalhasse para a obra de Deus aqui na Terra, para se implantar aqui critérios que fôssemos sem exceção tratados como uma grande fraternidade, irmanados na provedora energia do Amor!!!

O modelo de gestão do governo ora empossado não tem nada disso e sim o contrário, donde percebe-se esquemas bem montados para idiotizar e confundir a consciência nacional com seus modelos de clientelismos assistencialistas, com propósitos claramente norteados, para se perpetuarem no Poder, esbanjando a riqueza de nosso "Celeiro do Mundo", sob nossas barbas!

É hora da Igreja de Cristo mostrar e fazer como o mestre faria, que nesta hora sabemos que o mesmo mostraria toda sua energia como bem o Fez, para evangelizar os vendilhões do templo!

Sou Católico e faço esta mesma crítica à minha Igreja...A Igreja somos nós e a hora é de pegarmos juntos, em prol da preservação dos ideais democráticos que preceituam, que todo poder deve ser advindo do povo para o povo!

Temos de exigir respeito à nossa Bandeira e a nossa constituição que é cidadã e contempla os ideais cristãos! Nosso governo atual não está respeitando aquilo que nossa gente tem de maior valor!

Vamos denunciar o ANARQUISMO da Esquerda ditatorial, mostrando que isso não queremos e a isso repudiamos com toda nossa força, por uma questão de direito e de obrigação cívica! Luzes!

18 de junho de 2013 14:43 comment-delete

É... a polícia precisa mostrar serviço ué! aff...

18 de junho de 2013 15:15 comment-delete

Orem, mas vão para as ruas também!

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça!

18 de junho de 2013 15:38 comment-delete

Os policiais que agiram desta forma devem ser identificados e responderem por seus atos. Mas se nem a grande "maioria pacífica" consegue identificar e controlar a "ínfima minoria" de vândalos, imagine os policiais no meio daquilo tudo.

19 de junho de 2013 00:08 comment-delete

Isto é um absurdo!!! O estado precisa responder a estes excessos e a repressão descabida. #vamosparaasruas

19 de junho de 2013 14:46 comment-delete