O Deus da providência

Por Renato Vargens

Outro dia um querido irmão em Cristo me escreveu dizendo: "Pastor tenho andado extremamente preocupado com as minhas contas. Tenho tantas dívidas que não sei o que será da minha vida. Minha vontade é sumir do mapa, o que eu faço diante dessa ansiedade que corrói a alma? "

Pois é, nós temos um Pai Celestial que é bom e que cuida de cada uma das nossas necessidades. Todavia, por motivos diversos, não são poucas as vezes que nos sentimos inquietos diante dos desafios que a vida nos impõe. Lamentavelmente são em situações deste nipe que damos vazão a ansiedade permitindo com que ela mine a nossa fé em Deus. 

Caro leitor, no Sermão do Monte, Jesus afirmou que não deveríamos ficar ansiosos pela  vida. O ensino bíblico é que deveríamos confiar no suprimento do Senhor quanto às necessidades básicas, tais como alimentos, roupas e saúde. Temos um Pai celestial, disse Jesus, que sabe aquilo de que precisamos e irá suprir todas as nossas necessidades. Em suas epistolas, tanto Pedro como Paulo repetiram esta conclusão: “Não andeis ansiosos de coisa alguma” (Fl 4:06; I Pd 5:07) em lugar disso, devemos lançar diante de Deus as nossas petições, mediante orações, súplicas e ações de graça, esperando assim, experimentar a paz de Deus que excede a todo entendimento. 

Além destes textos, as Escrituras estão repletas de versículos que nos incentivam a confiar na providência do Senhor. 

"Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso. Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas."
Mateus 6:30-33

"E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda boa obra; conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre. Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, e pão para comer, também dará e multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça." 2 Coríntios 9:8-10

Isto posto, confie no Senhor lançando sobre ele a sua ansiedade, pois com certeza Ele tem cuidado de cada um de nós.

Pense nisso,

Renato Vargens


1 comentários:

Muito bom começar a quarta-feira com uma reflexão como esta.

Que todos venhamos a lançar sobre ele toda a nossa ansiedade.

Que o Senhor continue te abençoando reverendo!

Naquele que vive e reina,

Esdras Amorim

28 de novembro de 2012 09:58 comment-delete